Acesse – Novinha do face gozando batendo siririca

40 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , ,

visualizações

40 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , ,

Acesse – Novinha do face gozando batendo siririca

Acesse – Novinha do face gozando batendo siririca

– hoje eu não perdoo, teu cuzinho é meu, tua boca é minha1Terminou a frase batendo em um dos meu peitos a essa altura completamente roxos, me contorci de dor, quando abri a boca para soltar um gemido fraco ele enfiou o seu pau até a minha garganta.

Foi então que o tamanho da encrenca veio à luz:-Tá certo papai, não seja fingido…sempre soube que você é um pegador de novinhas e agora é a minha vez.

""Bem , trabalhava em uma empresa de tecnologia , era Gerente de Manutenção e Suporte , tinha um bela mulher ,morena uns 20 anos uma bunda arrebitada maravilhosa e muito gostosa por sinal , não era linda, mas tinha um charme que me excitava , ela era secretária da diretoria , certo dia ela me disse que queria beber comigo alguns drink´s , descobri no outro dia que ela não bebia , passaram-se 1 ano e meio , eu saí da empresa e antes de sair deixei um cartão da outra empresa comela , pois bem , uma semana depois recebi um recado da secretária que uma mulher chamada Rosana tinha me ligado e pediu para que eu retornasse a ligação , liguei no outro dia , ela atendeu e me falou que nem deu tempo de se despedir , então marquei um dia ( 2 semanas depois ) para ela conhecer a nova empresa que eu estava trabalhando , como o expediente acabava 17:30 , marquei as 18:00 , pois estava de plantão sozinho até as 22:00 , ela chegou , ao abrir a porta senti um perfume afrodizíaco estonteante , fiquei com uma vontade incrível de beijar aqueles lábios carnudos , começamos e conversar no sofá do corredor ao lado da sala da diretoria , papo vai , papo vem , começamos um beijo de língua bem quente , meu pau já estava duríssimoela , abri o zíper da calça e coloquei minha pica para fora, ela começou a acariciar a cabeça e tocando uma punheta , comecei abaixando a cabeça dela até chegar na minha pica , ela ficou dando beijinhos na cabeça da pica e acariciando as minhas bolas , começou a chupar meu pau com um vontade e tanto , estávamos sentados , ela estava de saia , levantei a saia e meti meu dedo na buceta dela afastando a calcinha que já estava toda melada , comecei uma siririca , notei que estava muito apertado , ela sussurrou no meu ouvido ” sou virgem ” eu já estava querendo meter a pica e parei com a siririca e falai para ela se ela se importava em deixar eu meter no cuzinho dela , para emu espanto ela falou que queria mesmo que eu tirasse o cabaço dela , ela sabia que eu era casado , mas enfatizou que eu é que tiraria o cabaço dela , só depois ela pensaria em me dar ou não o cuzinho virgem tb , fomos para o chão ficamos inteiramente nus e começamos um 69 maravilhoso ,gozei na boca dela 2 vezes e ela várias com minha língua na buceta e com uma siririca deliciosa que toquei nela , depois desse maratona de sexo oral , nos arrumamos e deixei ela em casa e marcamos uma foda em um Motel para que eu tirasse o cabaço … isso eu conto depois , me aguardem rsrs …"continuaO boxe era comprido o bastante para nós dois, mas não era tão largo. Quando o filme estava acabando eu levantei do sofá, com o pau visivelmente estufado no short e disse que agora era minha vez de escolher o filme, eu coloquei um filme de ménage e começamos a assistir novamente, Patrícia soltou a mão de minha esposa e se reclinou no sofá, ficando meio que de frente pra nós, ela ficou com os joelhos dobrados e as pernas abertas e dava pra ver sua calcinha branca por baixo do baby doll que ela usava, o filme que eu coloquei não tinha muita cena de história e já começou com um cara e duas mulheres se pegando e tirando a roupa, minha esposa logo pos a mão na perna de Patrícia e pôs a outra mão em minha coxa, e com o dedo mindinho ela começou a alisar meu pau por cima da bermuda, eu não agüentei mais e coloquei a mão dela dentro de minha bermuda e ela apertou meu pau com força, mas não dava pra fazer movimentos dentro da bermuda, eu então resolvi tirar a bermuda e fiquei só de cueca, tirei meu pau pra fora da cueca e segurando a mão dela comecei a me masturbar, minha esposa então começou a me masturbar e a olhar o filme, sem olhar pra Patrícia, eu olhei pra ela e vi que ela estava olhando pra cena de minha esposa me masturbando e agora era ela que estava acariciando a boceta, passando os dedos por dentro do baby doll e por cima de sua calcinha, falei pra minha esposa se ela não queria fazer igual ao filme, pra Patrícia ver, ela me olhou com um sorriso safado e deitou de lado, virada pra patrícia e começou a chupar meu pau bem devagar, ela tirou o shortinho e enfiou a mão dentro da calcinha, e enquanto me chupava ficava esfregando os dedos na boceta, Patrícia estava enlouquecendo de tesão com aquela cena e começou a enfiar um dedo dentro da boceta enquanto nos assistia, qnd vi que iria gozar com aquela cena afastei a cabeça de minha esposa e falei pra ela que Patrícia também queria que ela fisesse igual ao filme, minha esposa chegou perto de Patrícia e lhe deu um beijo na boca, enquanto a beijava ela tirou o baby doll de Patrícia, deixando ela só de calcinha branca de rendinha, minha esposa então deitou patrícia no sofá e começou a lamber sua boceta por cima da calcinha, depois puxou a calcinha de lado e meteu a língua em seu clitóris, Patrícia começou a gemer cada vez mais forte e a apertar a cara de minha esposa contra sua boceta e em instantes acabou gozando e ficou acariciando os cabelos de minha esposa entre suas pernas, minha esposa então virou pra mim e disse, vem aqui brincar também amor, é sua vez de fazer ela gozar, minha esposa deitou do lado de Patrícia e eu fui pro meio de suas pernas, eu tirei sua calcinha e fiquei louco com aquela visão, Patrícia tinha um bocetinha rosada bem inchada e carnuda, com pelinhos pequenos e claros, eu comecei a chupar a boceta dela na hora e era bem cheirosa, com um gosto delicioso, minha esposa então mandou patrícia ficar de lado e disse que queria ver eu comendo aquela boceta de ladinho, pra ela ver meu pau entrar por trás de Patrícia, eu deitei de lado e com a mão ajeitei meu pau em sua boceta, e fui enfiando bem devagar pra minha esposa ver, enquanto isso minha esposa se masturbava e chupava os peitos macios de Patrícia, hora ela chupava um, hora o outro, hora ela enfiava a língua na boca de Patrícia, que começou a apertar um seio com força e depois abriu bem a perna e pediu pra eu ir mais rápido, minha esposa pegou a mão de patrícia e pôs em sua boceta, mandando ela a masturba-se, eu aumentei o ritmo das estocadas e não consegui me segurar, gozei dentro de sua boceta e sobre seu ventre, ela ficou se contorcendo de depois foi se acalmando, minha esposa então falou pra eu ir pro lado e entrou entre as pernas de patrícia e começou a chupar sua boceta novamente, limpando toda a porra que eu havia jogado ali…quando Patrícia estava limpinha novamente minha esposa disse que tinha uma surpresa e saiu do sofá, eu e Patrícia ficamos nos beijando e acariciando um ao outro, e minha esposa voltou com uma cinta que ela comprou pra usar em mim, ela virou pra Patrícia e disse que agora era a vez dela se o macho evoltou novamente pro sofá, mina esposa pediu pra que eu sentasse onde o sofá faz o L e abrisse bem as pernas, depois pediu que Patrícia ficasse de 4 entre minha pernas e começasse a me chupar, então, enquanto Patrícia tentava fazer meu pau crescer novamente em sua boca, minha esposa empinou bem a Bunda de Patrícia pra cima e começou e esfregar o penis de borracha em sua boceta, Patrícia começou a rebolar e a sugar meu pau com mais vontade e minha esposa foi enfiando o consolo cada vez mais fundo, até o final, depois começou a socar bem devagar e a dar tapinhas em sua bunda branca, meu pau já estava novamente duro como pedra e patrícia chupava e me olhava com cara de puta por trás de seus óculos, enquanto minha mulher socava cada vez mais forte em sua boceta, ela já não conseguia mais me chupar de tanto tesão que estava sentindo, então comecei a esfregar o pau em sua cara e a me masturbar, Patrícia começou a gritar pra minha esposa ir mais rápido e aquilo fez com que eu não me segurasse novamente e quando vi que ia gozar, peguei o pau e enfiei Na boca de Patrícia, ela sentiu o sêmen em sua boca e deixou que escorresse pelo meu pau, me olhando com cara de puta enquanto minha esposa continuava bombando cada vez mais rápido em sua boceta e chamando ela de sua putinha, até que Patrícia empinou bem a bunda e depois arriou no sofá exausta. – Seu idiota! Num sabe que caçar é proibido?!Depois de ler este conto, acesse o vídeo em:Depois de muitas conversas e várias discussões minha esposa passou a entender que também sentia falta de algo novo e mais quente, entretanto havia ao longo da vida adquirido padrões vitorianos de liberdade sexual, para entenderem até mesmo se tocar ela ainda não dominava e nem mesmo sentia o prazer de verdade que isso pode dar.