Amanda gozando na siririca

7 min

Categoria:

Tag: ,

visualizações

7 min

Categoria:

Tag: ,

Amanda gozando na siririca

Amanda gozando na siririca

Coloquei ela de quatro na cama, e mandei empinar bem aquele rabo gostoso, comecei a colocar na buceta dela, bem devagar , puxando o cabelo e dando tapas na bunda dela, ela gozando e pedindo pra continuar, vi que ela estava toda molinha, mas mesmo assim comecei a colocar com força pra ela sentir tudo dentro,  meu pau estava igual à pedra, ela pediu pra sentar, logo gozou juntamente comigo, ela estava já cansadinha, mas me falou que ia me aproveitar ao máximo pra matar a saudade,  ela sentada em cima, e deitada sobre mim, meu pau continuava muito duro cheio de tesão,  ela ficava com ele dentro só rebolando devagar, estava tão excitada e louca pra gozar novamente,  falei no ouvido dela se ela queria tentar algo diferente, anal, pois nunca ela havia feito,  então virei ela se costas na cama, coloquei as pernas dela no meu ombro,  meu pau estava todo babado, comecei a colocar no cuzinho dela só a cabeça, e mastubando ela, ela foi aos céus, mas pediu pra ficar só brincando com a cabeça  no cuzinho dela porque ela não estava sentindo muita lubrificação,  então fiz, coloquei só a cabeça,  aquilo  me deixou muito excitado ela também logo gozou, mas pediu pra continuar, gemendo muito e pedindo pra eu comer ela e que era pra eu gozar dentro dela, logo gozei,  fiz questão de gozar tudinho dentro dela, e deixar ela toda cheia de porra. Amanda nem fazia ideia do que passava dentro da minha cabeça safada.

Não resistia à sua bunda, olhando sem muita visão, de lado e então puxei-a sem tirar o pau, colocando a de quatro e então ela ficou louca de tesão e disse: “Vem meu garanhão, monta sua eguinha, fode meu cuzinho, fode, fode” e soltava gritinhos de “aiiiii, que pica dura, que gostoso um pauzão no rabo, que delícia dar o cuzinho”, eu admirava a cena dela de quatro com meu pau entrando e saindo de sua cuzinho, a marquinha de biquíni parecia uma pequena setinha indicando o caminho da felicidade, eu apertava sua bunda dura e metia em seu rabinho, segurei ela pela cinturinha fina e encaixei-a em minha virilha, com o pau estocado até o fim em seu cuzinho, metia e sentia meu saco batendo em sua buceta, paralisei por uns segundos e iniciei movimentos de vai e vem como seu corpo, fazendo com que seu cuzinho deslizasse por toda a extensão do meu cacete e ela então começou a alisar a xoxotinha, tocando uma siririca gostosa, enfiava o dedo em sua buceta e apertava o clitóris, eu a levava pra frente e pra trás, pequenina e encaixada em meu pauzão pelo rabinho.