Anal Com A Rabuda Saory Kido Que Levou Uma Bela Gozada Na Buceta

Anal Com A Rabuda Saory Kido Que Levou Uma Bela Gozada Na Buceta

Anal Com A Rabuda Saory Kido Que Levou Uma Bela Gozada Na Buceta

Foi uma das melhores gozadas que já tive e a partir daquele momento eu realmente teria um animal na cama.

-Ahhhhhh – Foi tudo o que ele conseguiu dizer no momento, e assim que recuperou o fôlego me chamou novamente de puta e repetia sem parar :– Aí que delícia, vai rebola mais, sua puta rabuda, vai, vai, isso, rebola essa buceta no meu pau vai.

No primeiro encontro ele nem me deixou entrar no carro direito já foi me beijando, me acariciando, levou minha mão á conhecer o que ele tinha de bom pra me dá e enquanto ele me beijava seu pau latejava dentro da calça, e eu sentindo aquilo tudo já me babava todinha por baixo, ele então para de me beijar e me pergunta vai querer sair pra um lugar reservado hoje ou amanha, eu não hesitei e logo respondi hoje, amanhã e sempre e fomos á um motel.

e nessa hora se fala muita coisa, pois torna a transa mais excitante, tireicorremos para o banheiro de deficientes e chegando lah começamos a se bjar mto e a tirar a roupa! eu naum aguentei e jah fui passando a mao todinha no corpinho dakele loirinho safadinho e ele fala va pra eu ir mais devagar mas naum aguentava pq ele eh meu amorOlá!Sou Beto moro em Taubaté tenho 34 anos,1.

Logo a vez dela que abocanhou o pau dele que mau cabia na boca dela e enquanto mamava ia punhetando, ela dizia que o pau dele não parava de babar, foi quando ela pegou ele e enfiou bem gostoso na buceta dela.

( Homens: camiseta, shorts, meia e cueca ; Mulheres: camiseta, shorts, sutiã e calcinha )minha vagina, porque eu não aguentaria mais levar no cú, ele nem sequerde um lado, eu estava toda mole, então eles foram me descendo no pau daqueleMinha esposa ficou louca de tesão e me pediu para meter o dedo em sua buceta e constatei que a bichinha estava mais úmida que uma lagoa, fiquei doido de vontade de comer aquela buceta, mas ela não deixou e apagou meu fogo com uma punheta, por sinal deliciosa, onde ela bebeu toda a porra que derramei.