Batendo Uma Siririca No Motel

45 seg

Categoria:

Tag: , , ,

visualizações

45 seg

Categoria:

Tag: , , ,

Batendo Uma Siririca No Motel

Batendo Uma Siririca No Motel

Aos poucos a dor foi transformando-se em um agradável calorzinho, na medida em que fui relaxando ficou gostoso e eu comecei a sentir sensações novas, era a mesma sensação dez vezes maior que minhas solitárias siriricas, assim sem controle dei um longo gemido e papai voltou a carga.

Sem nem ao menos trocar uma palavra e em uma fração de segundos ele me puxa para mais perto e me beija, perco os sentidos, o senso de pudor e me jogo em seus braços, me entrego a esse beijo, a esse abraço, a esse maldito sentimento que insiste em sobreviver. – Pelos tamanhos que você tem comprado vc deve estar bem avançado.

Sim, meu marido é maravilhoso, muito romântico, bom de cama, bonito, fiel, simplesmente perfeito…Gabriel estava com o pau duro quando saiu de casa, e ao ver o volume dos seios naturais da tia de Isa em sua blusa sentiu seu pau ficar ainda mais duro. Ele me mandou entrar no carro e seguimos para o motel mais próximo.

Moro em um apartamento no interior de SP, junto com um colega de serviço. Foi quando o Ferreira falou:_Que é isso,cara?Somos adultos e isso foi apenas uma brincadeira… E ele retrucou:- Brincadeira,porque não foi na sua boca que ele passou a porra.

Quando fiquei em pé na frente do guarda ele me olhou espantado, pois além do tamanho e transparência do short, eu estava com maior mancha molhada na frente por causa da gosma que saiu do pau devido a punheta que eu estava batendo enquanto dirigia. "– Calma, você já está quase no ponto. Casados a 5 anos e cada vez mais unidos no amor e principalmente no sexo, tem peitinhos grande e rabão gostoso. Passei a frequentar mais vezes a casa do João, às vezes sem ele mesmo chamar.

Apesar de ter sido o momento da minha vida em que mais senti prazer, não valeu a pena, pois minha relação com minha mãe e meu primo nunca mais foi a mesma.