Bônus Especial Pro Cliente Insatisfeito

Bônus Especial Pro Cliente Insatisfeito

Bônus Especial Pro Cliente Insatisfeito

Olá aqui é o carlos novamente com sempre fatos reais com saudades de mim galera? tenho alguns esclarecimentos bônus no final desse conto. No dia seguinte acordei cedo e ao recordar das cenas da madrugada fiquei tão excitada, que tive de me masturbar novamente.

Por enquanto, fico na punheta, lembrando aquela trepada, quando fui submisso a outro cara e não deixei de ser homem por causa disso.

– Quero te agradecer de um jeito todo especial, papai… vamos lá, quero inaugurar o apê com você. Do alto, Marcos olhava a bunda redonda e firme da Paty, marcada por um desenho branco apenas sob o que deveria ter sido um biquíni muito pequeno, dividida ao meio pelo seu cacete duro.

Mexendo mais um pouco seus braços, segura as nádegas pelas as mãos, apertando-as e acariciando-as. Depois de deixá-lo em casa me sentia sem sono e resolvi rodar pela madrugada.

Na terceira ou quarta estocada eu já estava gozando.

O cara bombava a moça, que tinha uma bunda perfeita, com muita força.

Como seria aquele homem?Será que teria um pau grande e grosso,como eu gosto?E também,puta merda,mas como minha cunhada pode deixar um gostosão daqueles tão insatisfeito no sexo?Coitado…"Me joguei na cama e ele caiu por cima de mim sem tirar o pau de dentro, ele me fodia com tanta força que eu ja estava com o rosto encostado na cabeceira da cama.

Eu ajudava, fodendo de leve sua garganta e agarrando seus cabelos loiros e curtinhos, sentindo sua baba descer pelo meu saco.

Eu ensinava a ele como fazer o movimento com a língua, a velocidade, a sensibilidade.

Isso estava funcionando bem, mas vendo as meninas entrarem e saírem dos carros dos cliente tocava fogo na minha buceta a ponto de pensar em mudar de emprego.

Ele foi tirando devagar, eu já ia intervir, porque não queria que ele parasse, mas antes sair a cabeça, ele deu uma estocada violenta e ela berrou mais ainda, com muita dor, retirou mais da metade do pau e deu outra e outra e outra, até que depois de um tempo, minha mãe não chorava mais, agora ela gritava de prazer.