Brasileira Rabuda Faz Sexo Anal Com Dotado

visualizações

4 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , , , , ,

Brasileira Rabuda Faz Sexo Anal Com Dotado

Brasileira Rabuda Faz Sexo Anal Com Dotado

Tenho ainda, muito tesão de tentar uma dupla penetração com minha irmãzinha, que já consentiu e também tem tesão com isso, por isso nos escrevam !chamando, chegando lá ele com estrema brutalidade me perguntou onde estavaOla internautas, aqui sou eu de novo, a Gabriela, vcs ja me conhecem do conto “Restaurante do prazer!” E como prometido estou aqui para contar a historia de como descobri a minha homosexualidade!!MINHA ESPOSA E PAUS ENORMES – IIboca na minha rola, lambendo toda a porra que ainda tinha e minha mulherJá no café, Roberto perguntou se toparíamos ir os 5 para o motel.

Ele puxou meu braço e colocou a minha mão em seu pênis. – Matheus, tá ai véi? – Alguém pergunta.

-Garoto, isso não baixa nunca? – Perguntou abraçando ele e o beijando.

Tenho 36 anos, e o meu gatinho de apenas 19, sou casada mas meu marido esta para o Japão a 03 anos, a trabalho (Sou Brasileira).

-Ahhhhhh – Foi tudo o que ele conseguiu dizer no momento, e assim que recuperou o fôlego me chamou novamente de puta e repetia sem parar :– Aí que delícia, vai rebola mais, sua puta rabuda, vai, vai, isso, rebola essa buceta no meu pau vai. Ela apenas rebolava devagar, apoiada na mesa com a cabeça baixa, sedenta por sentir aquele pauzão dentro dela.

Um dedo e já escorria lágrimas dos olhos da menina, ela estava ofegante tentando aguentar a dor como uma heroína:-Olha Mariangela, eu acho que não vai dar, eu sou bem dotado, arrombei tua prima que pelo visto já estava cansada de dar o rabo,você não está preparada…Ela ficou bem chateada, até um pouco envergonhada, choramingando ficou pedindo como criança:-Mas papai, eu quero…você sempre dá um jeito…pode forçar eu juro que aguento…não vou chorar nem gritar…É… a menina queria mesmo, mas não sou irresponsável além disso mesmo safadinha e querendo complicar minha vida é minha filha! Não pretendia estourar o cúzinho dela, não mesmo!-Olhe minha filha, vamos nos divertir.