Caiu na net flagra real amador brasileiro gordinha tarada transando taradão carioca de porto seguro – bh

Caiu na net flagra real amador brasileiro gordinha tarada transando taradão carioca de porto seguro – bh

Caiu na net flagra real amador brasileiro gordinha tarada transando taradão carioca de porto seguro – bh

No domingo pela manhã acordo com o sol batendo em minha cama, e já não fazia tanto frio assim, olho ao meu lado e meu filho não está, ouço uma respiração ofegante vindo da sala, me levanto devagar e olho meio escondida e lá estava meu filho batendo uma deliciosa punheta, aquela visão me excitou na hora, pois sempre fui tarada por membros iguais ao dele, grossos e com uma grande cabeça vermelha. mais meu marido ensistiu muito e topei tirei tudo e não e por ser eu não mais sou mais meu corpo agrada a muitos sou morena cor de cuia como falam seios durinhos e uma cintura de dar inveja tenho um bundão bem empinhadinho pernas grossas mais continuando tirei a roupa fiquei peladinha toda depiladinha ficamos num conto na praia se arretando meu marido começo pelo meu pescoço e foi descendo e nisso percebi que já tinha um taradao espiando confesso que gostei de ver o cara ali nos olhando e se masturbando e continuei fiz de conta q não vi fui pra frente do meu marido e peguei no pênis dele que e uma delicia e fui da uma mamada com o rabo bem empinado pois sabia que o outro estava atraz olhando meu marido o avistou e o chamou pra participar e eu bem sem vergonha deixei ele pega na minha bunda e eu continuei a a babar no pau do meu marido enquanto o outro metia de na minha bucetinha q já estava lambuzada meu marido pego minha cabeça e forçava no pau dele depois me virou de costas pra ele e meteu no meu cuzinho enquanto o outro metia na minha buceta e chupava meus seios os dois estavam quase gozando e eu adorando ter os dois dentro de mim me ajoelhei aos pés deles e os dois gozaram com vontade nos meus peitos….

Vou descrevê-los: Jobson,40 anos,casado,moreno claro,bigode,uns 80kg,do interior de SP; Ferreira,Carioca,casado,42 anos,sério,estatura média,uns 82 kg,claro, e era de Curitiba;Anderson,Paraense,38 anos,casado,moreno-claro,uns 79 kg,não muito alto;Djalma,baiano, 42anos,negro,casado,uns 87 kg,um pouco acima do peso,muito machão e sempre se dizendo pegador e tarando as 5 mulheres gerentes;eu sou Gérson,42 anos,casado,tenho 82 kg,sou morenos claro e muito tímido,mas já estava me saindo bem com os novos amigos.

Uma das suas mãos vai até o botão do meu short para abri-lo, não queria que ele tirasse sua boca de onde estava mais fiqueide pé sobre o sofá com meu zíper de frente para seu rosto, suas mãos tiram ele e a calcinha ao mesmo tempo, ele coloca suas mãos por baixo das minhas pernas apertamminha bunda, levanto umas das pernas e coloco sobre seu ombro, sua boca fica próximo da minha buceta e começa a me chupar, sinto cada vez mais tesão, seguro sua cabeçacontra meu corpo desejando molhar todo seu rosto com minha úmida bucetinha.

Então começamos a nos beijar loucamente, ela tinha uma boca tão quente e ardente que era difícil de recusar um beijo seu! A adrenalina corria solta no meu sangue de tão perigoso que era os pais dela acordar e flagrar tudo, mas a sensação era maravilhosa.

Foi assim:Eu já estava me travestindo e “brincando de crossdresser” na internet há alguns anos… Sou gordinha, coxuda, lisinha e tenho abunda muito, muito grande… Adoro me montar com liga, meia 7/8 e calcinhas de fio… espartilho, salto alto e sainhas ousadas e ir “pescar” os bofes no bate-papo do uol e mostrar minha bundona no Skype.

Ela, que era a princesinha da casa, a criança, já estava transando.

Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal. A amiga não se importou com isso, pelo contrário, ficou ajudando, passando as mãos nas costas dela, nas bolas dele…Em seguida, foi a vez de a amiga ser comida.

Ele é o cara mais gostoso que eu já vi! Só de ver ele eu fiquei molhada no meio do lugar!!!Para a minha sorte, meu jeito brasileiro, 1,77 de altura, minha bunda grande e meu cabelo cacheado chamavam a atenção no meio de tanta mulher loira, magra e sem graça.