Caiu Na Net Flagra Real Amador Brasileiro Namorada Casada Gostosa Tocando Siririca Em Publico Enquanto Seu Marido Corno Grava Vazou No Whatsapp Video Caseiro

5 min

Categoria:

Tag: ,

visualizações

5 min

Categoria:

Tag: ,

Caiu Na Net Flagra Real Amador Brasileiro Namorada Casada Gostosa Tocando Siririca Em Publico Enquanto Seu Marido Corno Grava Vazou No Whatsapp Video Caseiro

Caiu Na Net Flagra Real Amador Brasileiro Namorada Casada Gostosa Tocando Siririca Em Publico Enquanto Seu Marido Corno Grava Vazou No Whatsapp Video Caseiro

Tenho 23 anos, 1,74 m, 65 kg, cabelos pretos longos, tenho um corpo bem brasileiro, bunda grande, pernas grossas e boca carnuda.

Tudo aconteceu quando eu estava cuidando da casa do meu chefe, sempre que ele viajava nas férias eu cuidava da sua casa para tratar dos cães, no começo eu sempre ia sozinho, até no começo nunca pensei em nada relacionado a zoofilia, até um dia tudo mudou! Sem querer e movido pela curiosidade cliquei em um vídeo de zoo na net e fiquei vendo o cão lamber a buceta da mulher, fiquei maluco de tesão ao ver ela gozando na cara do cachorro, eu tinha que dar um jeito de um dia aquilo acontecer em minha vida, minha namorada na época se chamava Flavia, corpinho legal, seios fartos e uma buceta deliciosa, com o tempo comecei a falar do assunto com ela que no inicio achou nojento, o tempo passou e nos meses seguintes quando meu chefe viajou eu levei ela pra ir tomar conta da casa e dos animais comigo, foi lá que ela teve o primeiro contato com um labrador chamado “Ringo” lindo, branquinho, comecei a provocar ela na sala em que o cachorro estava deitado, deixando ela meladinha fiquei provocando muito, chupando, tive uma ideia! coloquei uma venda nela e e eu mesmo comecei a mamar no seu seio, depois chamei o Ringo que começou a sentir o cheiro dela até que foi lambendo muito a bucetinha dela sem parar, eu mamando no seio e o ringo na buceta, depois ela me chupando e o cão chupando ela, estava louco pra ver ele fodendo ela mas nao deu pq era um cão grande.

Na quinta-feira combinamos tudo e a noite na hora de malhar, só nós sabíamos o que poderia acontecer na próxima manhã e quanto delicioso seria! A noite o André estava morrendo de tesao só de imaginar a situação, estava imaginando um cara me pegando bem delicia do jeito que eu adoro!No dia seguinte, 6:30 da manhã lá estávamos nós sozinhos na academia! Eu já tinha colocado o áudio para gravar os sussurros pois meu gato iria adorar ouvir ruído depois e me comer de novo! Logo o Luiz veio me beijar, e foi me levando para a sala onde são feitas as avaliações físicas, onde tem uma mesinha e uma maca. Rsrs eu ate parecia uma guria que estava indo a primeira vez na ginecologista, entao ela comecou o exame me apaupando a barriga novamente e foi xegando ate minha xaninha e comecou a acariciar ela foi o que imaginei naquele momento, depois meteu o seu dedo médio bem devagar dentro de mim e eu mordia os labios pra nao gritar mais nao era de dor e sim de tesao, porq eu ja tava exitada quando entrei no consultorio só de imaginar aquela mulher meiga e deliciosa me tocando, e ela so olhava pra mim com uma cara que eu nao sabia se era de safada ou seria sei la, e ela continuava metendo o dedo e mexendo dentro de mim ai nao aguenteo e gritei pra ela nao parar que eu ia gozar, entao pra minha surpreza ela tirou a o dedo da minha buceta e abaixou e comecou a me xupar e o dedo ela enfiou todo no meu cu no inicio eu travei mais logo o prazer daquela lingua explorando minha buceta me relaxei e rebolava como uma louca querendo aquela lingua toda dentro de mim, e eu gozei tanto que quando ela parou eu vi a boka.

pediu para sentar disse ela que ia tomar banho depois de uns 15 minutos sai ela do banheiro enrolada na toalha não aguentei fiquei de pau duro na hora comecei a elogiar chamando ela de gostosa e linda ela começou a rir sem graça foi a hora que me levantei e fui pra cima dela comecei puxando ela pra cima do meu corpo ela sai mais queria ficar tentei que todos os modos realizar minha fatÁsia de fuder minha vizinha só que infelizmente só ficou no boquete gozei na sua cara e na sua boca todinha ela falou que não era certo tive que me mudar e perdi o contato.

Estávamos numa espécie de transe, de olhos fechados, e quando os abrimos, Thais também estava em uma maravilhosa siririca, roçando a bucetinha encharcada na quina da mesa.

Não sou um cara do tipo pegador, não gosto muito de sair, sou bastante caseiro.

Meu marido pouco se importou, como sempre. Fiquei com o pau lá dentro enquanto ela me lascava um beijo safado. Os danados comentavam as outras putas que tinham trazido ali, e de que eu era a primeira casada a estar ali.

Tudo começou quando eu pegava o transporte público de vitória, todo dia VC ver quase as mesmas pessoas e todo dia pegava o mesmo ônibus uma coroa baixinha usava óculos.

Ficamos imóveis, calados, ambos olhando para Vitor, esperando que ele acordasse e nos pegasse no flagra, porém para nossa sorte, nada aconteceu, nenhuma reação. Alguns dias depois minha campainha toca, vou atender e era a namorada do meu amigo, que para minha surpresa estava sozinha.

Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal.

passamos um tempo conversando e ela começou a chorar e deitou no meu colo, mas o cacete ja estava duro desde a hora que entramos, ela sentiu aquilo na bochecha mas nao se importou, e continuou deitada chorando, foi onde comecei as investidas e ela no começo nao queria mas depois começou a aceitar, quando ela parou de chorar, ela me atacou com um verdadeiro beijo, erao que eu mais queria fiquei surpreso e dei um beijo de resposta e comecei a acariciar seu corpo, fui tirando a sua roupa e vi um belo corpo, que coisa mais linda, tirei seu sutien ela tinha um peitinho bem lindo nem grande e nem pequeno que ja cai de boca, ela toda molhadinha quando passei a mão na sua perna fui descendo devagarzinho e ela se contorcendo e gemendo bem baixinho, quando fui tirando a calcinha dela ou melhor o fiozinho que ela estava que visão que eu tive, bem depiladinha, toda lisinha e aquele grelinho rosadinho… eu juro que pirei… cai de boca e que delicia de melzinho que ela tinha, virgem, falei pra ela que seria meu presente, ela disse que sim pois o CORNO não tinha capacidade pra ter ela virgem… ai que eu pirei de vez… comecei a ensinar ela a chupar, no começo ela deu uma mordidinha mas foi aprendendo, fizemos uma posição 69 e ela adorou, gemia muito, tirei a virgindade dela na posição papai e mamae, ela gemeu alto e me arranhou quando deu a ultima fisgadinha da virgindade e pediu pra parar esperei um pouco ela se acostumar, ela começou a rebolar e começamos nao deu 3 minutos ela gozou, coloquei ela de quatro e continuamos e a safada adorando, pedi pra ela deixar eu comer seu cuzinho ela disse que outro dia, mas insisti e ela deixou, pensa que tesão de menina, gozei dentro dela, ela ficou muito brava , mas falei que compraria o remedio pra ela, acabamos e desfalecemos acordamos por volta das 8 da manhã,tomamos um banho mais uma foda rapida e levei ela pra casa dela… mandou mensagem que nao falariamos que ela nao deveria ter feito isso, passado dois dias mandou mensagem novamente que estava com muita vontade de foder comigo de novo… proximo conto eu continuo"Os leitores e leitoras já tomaram conhecimento de duas colegas/amigas nossas do tempo de faculdade, Márcia e Marisa, as primeiras bissexuais que conheci.

Nas primeiras ligações estava tudo profissional, até cair no whatsapp…Quando ele add ela no whatsapp viu a foto dela que e uma foto que ela esta com a parte de cima do bikini na praia, ele elogiou ela e logo em seguida perguntou se ela era casada.