Caiu Na Net Video Amador De Mulata Tarada Comendo Delicia De Seu Colega De Escola Vazou No Whatsapp Video Caseiro

17 min

Categoria:

Tag: , , , ,

visualizações

17 min

Categoria:

Tag: , , , ,

Caiu Na Net Video Amador De Mulata Tarada Comendo Delicia De Seu Colega De Escola Vazou No Whatsapp Video Caseiro

Caiu Na Net Video Amador De Mulata Tarada Comendo Delicia De Seu Colega De Escola Vazou No Whatsapp Video Caseiro

Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal.

Tenho uma amiga do meu antigo trabalho e sempre nos falamos por Whatsapp, ela é magrinha peitos médios, bumbum impinadinho, sempre achei ela uma delicia. Bom, meus colegas sempre sismaram com meu professor, pois ele é negro e sempre diziam pra mim e pra minhas amigas que ele devia ter um pau gigante, eu sempre falava q não, q ele podia ser diferente e não ter o pau tão grande assim como eles falavam, mas eles insistiam e diziam q quem trepasse com ele não iria mais nem conseguir sentar direito kkkk… Mas bem, Eu e meu professor começamos a ficar mais “amigos” nesse ano, começamos a conversar, trocar mensagens e tals. A campainha toca e quando vou atender era um amigo dele da escola, rosto feio e corpo bonito meu pau endureceu na hora e os dois ficaram me olhando e eu confesso que fiquei sem graça saí e deixei eles conversando, fui pro quarto assistir um filme, o Gabriel entra no quarto e pergunta se o amigo dele o Fábio pode dormir em casa eu disse que se a mãe dele deixasse ele poderia sim, ele já tinha ligado e eu concordei, eles voltaram pra sala e ficaram jogando vídeo game, fiz pipoca no microondas e dei um pouco pra eles o Fábio olhou meu volume eu levantei de lado como se fosse coçar e deixei mostrar um pouco meu pau só pra ele ver e fui pro quarto, ao lado do quarto tem o banheiro e a porta do quarto sempre fica aberta, quando o Fábio passou pra ir no banheiro ele deu uma olhada no quarto, coloquei a mão dentro da cueca e fiquei até ele sair do banheiro, quando saiu olhou de novo e foi saindo bem devagar, meu pau quase saltou da cueca querendo sentir o calor da boca do Fábio, fui de novo na cozinha e de barraca armada até o Gabriel olhou meu pau sentei no sofá, eles estavam no chão, fiquei olhando eles jogarem…mas o que aconteceu fica pro próximo conto, comentem.

Que delícia parecia ser feito pra mim socou até me fazer gozar cheguei a perder as forças, mas ele falou que não havia acabado que queria me sentir de quatro, me virou entrou contudo e socou novamente até me arrancar gemidos e gritos de prazer, fiquei estasiada de tanto prazer,depois disso ele gozou muito e faziam 10 minutos que havia parado olhou pra e falou não acabou vamos começar de novo nunca senti tanto prazer com um homem. Marcela, Marlene e Marta, as três adolescentes tão queridas de todos e conhecidas na escola como o “MAR”, estava vivas e quando as ambulâncias que as traziam, chegaram ao hospital, uma enorme multidão se aglomerava, dando vivas e aplaudindo.

Vou contar pra vcs o que aconteceu…Como de costume aos finais de semana vou para meu sítio, pois adoro contato a natureza, banho de cachoeira, piscinas e fico extremamente a vontade no meu sítio uma vez que tenho bastante privacidade, lá tem apenas o caseiro que é casado e tem um filho, o caseiro sempre vejo mas a esposa e o filho raramente.

Deixei todos conversando lá em baixo e fui jogar um pouco de videogame no quarto. Fiquei de quatro e lá vieram eles, me comendo sem parar, um atrás do outro. Tudo começo quando agente foi passear em uma pracinha que tinha perto da minha vo quando vimos dois cachorros transando na época tínhamos 11 anos e não sabíamos o que era aquilo de pois fomos em bora eu lembrando da cena fomos brinca e perguntei se ela queria brinca de cachorrinho ela lógico aceito e logo fiquei em cima dela pra fazer igual ela disse mais vamos fazer igual o da pracinha tira a roupa ele tava colocando o negócio no outro e vc tem um parecido primo eu fui e subi nela e coloquei logo meu pinto na bunda dela ela disse que gostoso brinca disso ela viu meu pinto duro e disse vai primo eu fui e comecei a esfrega nela ela rebolava e tava bom e não gozava ainda mais mesmo assim fui ótimo lambi o rabinho dela aquela bunda pretinha pois ela é mulata bem gostosa e lambi sua buceta igual cachorro ela gemia e fico molhadinha em fim nossa vo nos chamos e tive que para mais teve mais nos próximos conto o que foi acontecendo durante esses anos""Ana Paula e Daniel se conheceram no colégio, começaram a ficar, de ficada em ficada, resolveram namorar sério, terminaram o colegial, entraram na faculdade. Na verdade, por mais tarada que ela fosse, ele próprio se surpreendera com a atitude liberal da sua namorada.