Caiu Na Net Video Amador Ninfeta Boqueteira Gozando No Pau Dele Tarado De Porto Seguro – Bh

Caiu Na Net Video Amador Ninfeta Boqueteira Gozando No Pau Dele Tarado De Porto Seguro – Bh

Caiu Na Net Video Amador Ninfeta Boqueteira Gozando No Pau Dele Tarado De Porto Seguro – Bh

Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal. Paramos em um posto, ela pediu que tirasse a calça e foi me chupando ate chegar ao aeroporto. Adoro também! Ele chupa divinamente!Quando eu já estava quase desfalecendo de tanto gemer, ele virou meu corpo, tirou a roupa, ajoelhou atrás de mim… e lá veio a pica dele entrando, ele põe devagar, devagar… até entrar tudo, aí começa a bombar e eu começo a ficar desnorteada, não falo coisa com coisa, resmungo, xingo, gemo…Vendo que eu estava quase gozando, ele deitou e me pôs sentada na pica. O rostinho lindo de uma ninfeta, a pele branquinha muito bem cuidada, um pescocinho certamente muito cheiroso e um corpinho que deve ser todo durinho, coxas, bunda e peitinhos. Certo dia minha esposa estava tomando banho e deixou seu celular de vacilo, peguei o celular e me deparei com um vídeo dela fodendo com outro homem e mensagens no Whatsapp que demostrava que ela era uma puta e estava ganhando dinheiro assim.

Ela era desde cedo uma boqueteira de mão cheia.

Aí eu fiquei loco, mas ainda inseguro se devia interagir.

Estava de bobeira em casa uma certa tarde de chuva, sem nada para fazer e para completar a luz havia acabado, quando meu amigo o coroa de outros contos, me ligou perguntando se eu estava em casa e se poderia falar com ele na portaria, disse que sim e fui espera-lo, quando ele chegou estava trazendo seu PC para eu dar uma olhada pois estava lento, quando me viu, só de shorte de nylon, aqueles que a cueca é junto, e sem camisa, ele esqueceu o que tinha ido fazer e pediu para eu entrar no carro, dizendo que já estava com tesão só de olhar para mim, entrei no carona e como ele havia estacionado bem em baixo de uma amendoeira onde não dava para ninguém nos ver, eu sentei e fiz de uma forma que ele pudesse ver que estou sem cuecas, o coroa ficou tarado, colocou minha mão por cima de sua calça para sentir a pressão do caralho, falei que devia estar cheio de leite a ponto de explodir, ele então pediu para eu fechar a porta que nós iriamos dar uma volta até o Aeroporto, que ele sabia de um caminho que muita gente não sabe, ele então foi na direção do aeroporto e entro numa rua bem estreita que dava para o matagal, colocou o pau para fota e pediu para eu pegar, então eu apertei, alisei e fui me abaixando dando beijos e lambidas na cabeça do seu caralho, e fui colocando por inteiro na boca só ouvindo seus gemidos!"Para quem ainda não leu meu outro conto “Comi a Mulher do Meu Amigo”, sugiro que leia antes, pois esse é uma continuação.