Caiu na net video morena perfeita tocando siririca em publico corninho goiânia – goiás

29 seg

Categoria:

Tag: ,

visualizações

29 seg

Categoria:

Tag: ,

Caiu na net video morena perfeita tocando siririca em publico corninho goiânia – goiás

Caiu na net video morena perfeita tocando siririca em publico corninho goiânia – goiás

eu conheci ele no colegioO nome dele e bruno ele e alto branco olhos mel cabelo liso e safado d+ des doano passado eu e ele tinha um clima ficava trocando olhares conversando d vz enquando o problema q ele e popular no colegoo eu era mt timida pensava q ele tava d zuação cmg n queria nd nosso relacionamento era assim ele chegava na sala de aula eu chegava primeiro que ele como chegar ele falava comigo normal aí eu também falando com ele porque nos chegavamos primeira sala acho que a gente fazia de propósito pra gente poder conversar pouco nós se gostanos ele tava falando comigo tá disse que gostava de mim eu pensando que era só zueira porque eu era muito tímida ficava dando fora não sabia o que tava perdendo… aí chegava os amigos dele na sala depois eu falava pra ele descansar que eu não queria ninguém pegou no meu pé Ele disse que queria comigo público eu disse não quero ele respeitou até o momento disse pra passar na casa dele esse dia pois da escola queríamos ter um trabalho mesmo pra fazer sobre a olimpieda disse q ia ver se queria ir Ele disse que ia me beijar na frente dos amigos dele se eu n fosse falei q eu ia tar lar abriu um sorrizo e os amigos dele oq vc ta fazendoeu disse não conta nada sobre isso ele disse resposta do dever de matemática e disse pra minha que ia fazer o trabalho na casa de uma amiga depois da aula eu esperei todos ir embora esperei na bliblioteca deixei um bilete cm turma amiga pra entregar a ele ele foi atras d mim ele disse vamos eu disse esse alguma que você ainda tiver por aqui já foram todos embora eu fiquei cm um pouco d medomas fui queria saber até aonde ele iria fomos pra casa dele a mãe dele estava no salão de beleza o pai trabalhando até a noite e o irmão do futebol ele fica em casasozinho todos os dias ele me convidou entrei ele perguntou porque que? eu ficava fingindo não conhecer na escola sim sim sim mas somos muito diferentes ele disse mas não tem importância Eu gosto do seu jeito de me dar fora e tal se quiser continuar comigo assim eu continuo eu não tenho vergonha de você mas às vezes quando parece que você tem vergonha de mim eu disse eu não no bairro vai ficar todo mundo pegando no meu pé depois você sabe que ele já me zoam bastante mas eu te defendo vc sabe eu disse não quero que ninguém saiba disso ele tdbm ele disse vamos aproveitar esse tempo e melhor n eu disse vem so um pucoquinho ele me abraçou disse n me negue isso n so quero fazer carinho te amar vai me beijou e me deu a mão me levou pro quarto dele na porta começou a me beijar me agarrar disse pra ele parar disse q era virgen ainda ele disse calma amor eu disse tranca a porta pf ele tudo bm perguntei se tinha camisinha elr disse tm eu tava cm medo ele relaxa vai eu se não é pra ele contar pra ninguém ele calma vai ficar entre nos ele me beijou denovo me levou pra cama sentada ele tirou minha blusa viu meu sutiã preto ebeijou o meus peitos ainda cm o sutiã depois tirou ele beijou no pescoso depois tirou minha saia pegou a minas coxas e massageou n qiis w ele brijasse la rm baixo comecei a me repiar quando ele me beijou na coxa eu levantei a cabeça dele e beijei titei a blusa dele e depois a calsadele e a cueca me assustei quando vi aquilo inorme ele pegou a camisinha botou ela rapido tirou minha calsimha enviou cm força nessa doeu mt eu gritei nessa hora ele me beijou ficou um tempo parado saiu sangue ele nm limpou me deitpu foi indo bombeando cm força eu gemia mt dava mas tesao a ele ficava disse pra ele tava duendo ele disse q a dor depois parava continuor na pegaçao mal tempao tava doendo pra caralho mas era mt bm eu arranhei ele de tanto tesao ele fozou indo cm mas força em mim no final ele começou cm as acarisias mas beijo e foi mas de vagar disse q na proxima vz n iris duer depois durmimos agarrados e depois disso bateram na porta era io irmao minha sorte e que ele n me conhece me viu nua na cama do irmao dele ele me apresentou como namorada do irmao fiquei cm vergonha e me arrumei e fui em bora o irmao dele prometeu n contar nd sinti ciumes da parte do bruno fui em bora correndo ja tava tarde e o breno ajudou o bruno a arrumar a cs. O quarto estava vazio, tendo apenas um vídeo com uma TV e um computador aonde iríamos pesquisar. bom galera agr pra cortar um pouco o clima de incesto e tals quero falar sobre minha namorada a mesma do conto da suruba primeiramente quero dizer que a amo muito e que quero passar o resto da minha vida com ela a gente se conheceu no nono ano ela era aluna nova muito bonita morena olhos castanhos peitos médios pra idade que balançavam quando ela corria mas eu nunca tinha conseguido reparar na bunda dela pois ela sempre estava com um casaco na cintura tampando então nunca tinha conseguido reparar nos éramos relativamente amigos sempre conversávamos e tals mas um dia teve um trabalho na escola e ela teve que vestir uma roupa que não era da escola e ela colocou uma blusa xadrez e uma calça branca rapaz a bunda dela era gigante na hora fiquei muito excitado mas n fiz nada pq calça branca aumenta o quadril então fiquei normal quando ela voltou do banheiro com a calça da escola vi que era grande mesmo e fiquei ainda mais excitado mas logo depois ela colocou o casaco da cintura teve gente q falou com ela sobre isso aparente não era so eu que tinha prestado atenção uns dias depois rolou uma chuva mt forte eu já tinha ido pra aula e ela tb mas a escola tava vazia nos perguntamos pro porteiro se ia ter aula e ele falou que não nem os professores tinham vindo mas como a chuva tava muito forte não dava pra voltar pra casa então estávamos so eu e ela na sala e começamos a puxar um papo nos conversamos por muito tempo ate que ela falou de praia ai eu perguntei se ela costumava usar biquíni na praia ela falou q usava mas q tinha vergonha pois a bunda dela era muito grande eu falei pra ela que não tinha que ter vergonha muitas garotas queriam ter uma bunda daquelas ela riu e tirou o casaco da cintura virou de costas pra mim e me perguntou se eu não achava mt grande eu tava me segurando pra não pegar na bunda dela mas não peguei falei pra ela que a bunda dela era do tamanho muito bom nisso ela sentou na minha perna o que me deixou muito excitado aquela bunda na minha perna era a melhor coisa do mundo conversamos bastante com ela ali eu não prestava atenção apenas no corpo dela mas também no rosto sabe ele era tao linda e maravilhosa eu queria muito beijar ela mas não podia então em uma hora da conversa eu falei quem for seu seu namorado deve ter muita sorte de ter uma namorada com um bundao desses ela falou que não tinha namorado então mas queria ter eu perguntei que tal arranjar um agora então eu beijei ela foi com certeza o melhor beijo da minha vida ate aquele momento ela beijava tao bem era tudo tao bom ela ficou em cima de mim enquanto eu pegava na bunda dela e ela me beijava então desci um pouco sua calça e ela me perguntou se eu realmente queria fazer aquilo ali disse q faria aquilo com ela em qualquer lugar ela riu eu beijei sua nuca os cabelos longos e enrolados dela me deixavam tao excitado eu amava demais aquele momento então eu tirei a calcinha dela e peguei naquela bunda enorme era tao maravilhoso então ela me disse para tomar cuidado por que era a primeira vez dela eu disse que teria sim então ela teve que levantar pra eu tirar a calça quando vi aquela bunda enorme e deliciosa sem nada comecei a chupar ela se contorcia todinha eu não podia dizer quem estava gostando mais eu ou ela ainda estava com a blusa da escola eu peguei nos peitos dela e tirei seu sutiã ao mesmo tempo que chupava aquela bunda maravilhosa então ela teve um gozo anal nunca tinha visto uma garota ter um gozo anal antes dela então aproveitei e chupei o cu dela todinho depois coloquei ela de frente pra mim e chupe os peitos dela enquanto roçava meu pau na bunda dela então eu enfiei bem devagar na xana dela mas depois de um tempo começamos a foder sem limites ela gemia alto provavelmente o porteiro ouviu quando terminamos nem colocamos as roupas ficamos os dois pelados conversando e de vez enquanto nos beijávamos depois quando nossos pais chegaram e nos nos vestimos eu dei um selinho nela e fomos embora depois daquele dia viramos namorados e ate hj estou com ela e eu tb nunca a trai…Fim.

– Ai… quis… quis…– Você me achou bem gostosa, não achou?– Sim… aaah… sim… siim… és perfeita…– Sou?, perguntou ela. Me desculpe eu não queria…"Somos um casal que se ama muito , casal jovem , cheio de sonhos e fantasias realizadas e outras ainda não realizadas , adoramos sair por aí , viajar e conhecer novas pessoas e lugares , adoramos Swing e Ménage feminino e masculino , atualmente a fantasia de ver minha loira com um amigo , é a que mais me realiza , tanto que ela me chama de “Corninho” e eu adoro , nada de humilhação extrema nem sadomazoquismo , etc mas a fantasia de uma terceira pessoa sempre nos faz bem , foi aí que aconteceu o fato que vou narrar pra vocês agora:Minha loira e eu estávamos viajando pra Goiás para participarmos de uma festa com muitos amigos casais e singles , o tesão estava a mil porque desde que falamos nessa festa , começamos a nos preparar com entusiasmo pois a festa prometia um fim de semana muito animado , no caminho paramos várias vezes em postos , restaurantes , etc… ela com um vestidinho branco muito bonito e um pouco curto que mostrava suas deliciosas curvas e seu bumbum gostoso quando se abaixava e um decote que deixava à vista seus deliciosos peitões que eu adoro mamar , hummmmmm , a loira é um tesão mesmo.

Uns no cuzinho, outros na buceta e outros apenas na boca, mas o único macho que amo mesmo é o meu corninho que fica feliz em me ver usando por outros homens. Primeiro foram beijinhos mais demorados, depois foi o lance de passar de uma cama para a outra e dormirem juntas, se beijando, se tocando, enfiando os dedos nas xotinhas… nada de muito especial, muitas garotas viveram essa situação também.

Com o dedo ele batia uma siririca e com a outra mão brincava nos biquinhos dos meus seios, e eu sugando aquele mastro. Aí ela disse: na verdade , proposta ele já fez , quero passar na volta é pra aceitar essa proposta dele mas não vou te contar o que é por enquanto , você vai ficar só imaginando o que o safado falou pra mim quando ficamos atrás da prateleira , rindo muito ela aumentou o volume do rádio e seguimos viagem naquela : Eu perguntando o que havia se passado na loja e ela dizia: aguarde corninho , aguarde seu safado , você vai saber na hora certa , não perde por esperar corninho safado !!Em breve conto para vocês como foi a festa deliciosa da qual participamos em Goiânia e como foi a volta , ao passarmos na cidade pra ela ver novamente o rapaz que deixou ela naquele fogo , hummmmmm , foi uma delícia de viagem , na ida e na volta , garanto!!Até breve.