Casada Gozou Na Siririca Mandou Ver Como Ela Ficou Molhada Pensando Em Mim

visualizações

6 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , ,

Casada Gozou Na Siririca Mandou Ver Como Ela Ficou Molhada Pensando Em Mim

Casada Gozou Na Siririca Mandou Ver Como Ela Ficou Molhada Pensando Em Mim

Eu tomando banho, fiquei pensando na Rose e logo meu pau ficou duro.

ela estava de vestido e já tinha tirado a calcinha , se encostou na lateral do carro , abriu as pernas e caí de língua na Buceta que estava totalmente raspadinha e toda melada , ela começou a gemer pedindo para que não parasse de chupar até que ela gozou , mais gozou muito mesmo ,peguei uns lenços de papel e nos limpamos , seguimos viagem e ela falando que ainda queria gozar hoje outras vezes , paramos na subida da Serra e comemos um pão com linguiça e café , chegando em Friburgo , fomos direto para o Hotel que já tinha reservado no Centro da Cidade , deixei ela lá e fui fazer o Serviço , almoçamos juntos , ela ficou passeando pela cidade e quando foi umas 16:00 , fui para o Hotel e ao chegar no quarto ela estava vendo tv totalmente nua , encostada no travesseiro na cabeceira da cama de pernas abertas com aquela visão maravilhosa da Buceta raspadinha dela , fui ao banheiro tomei um banho e voltei de pau duro , ela sentou na beira da cama e começou a mamar minha pica , coloquei um dos pés em cima da cama , segurei a cabeça dela e fiquei ajudando ela e mamar meu pau com aquela língua maliciosa dela , ela me deixava louco , pedi a ela para ficar de quatro , ela ficou de quatro com aquela bunda maravilhosa querendo ser fodida , então botei primeiro na buceta , enquanto metia o dedo no cuzinho dela para facilitar a penetração , ficamos assim por uns 2 minutos , tirei da buceta e coloquei a cabeça bem devagar no cuzinho apertadinho da minha cunhada , fui empurrando devagar até enterrar tudo , ela gemia e falava mete tudo , eu sou gulosa quero ele todinho no meu cuzinho , enquanto eu enterrava a pica no cuzinho dela , ela tocava uma siririca , gozamos praticamente juntos , tomamos um banho , fomos na cidade comer alguma coisa e 2 horas depois voltamos para o HOTEL , caímos na cama e metemos por quase uma hora , agora só na Buceta , acabamos de foder , eu estava com meu pau quase esfolando e ela com a Buceta toda ardida , foi uma das melhores trepadas que já dei , estou até de pau duro lembrando desse dia maravilhoso com a companhia da minha cunhada rsrs ….

e ele gozou deliciosamente na minha boca.

O cu dele ficou arrombado, um Ó cheio de porra.

Sempre havia me comportado como uma mulher casada correta, sempre tinha sido reservada e não dava oportunidade de aproximação de outro homem que não o meu marido, e lá estava eu apreciando esta coisa diferente que me acontecia agora.

Ela logo me mandou uma msg dizendo que ia demorar pra chegar em casa pois ia sair pra brincar um pouco. Bom gente eu vou contar um pouco pra vses como foi a minha primeira vez,tudo começou quando eu tinha uns 15 pra 16 anos quando meus amigos resolveram fazer uma festa surpresa pra mim, é tinha uma menina da minha escola q sempre foi o meu sonho de consumo,loirinha,dá minha idade tbm, mas dps de ver q ela era uma das convidadas meu aniversário ficou melhor ainda, diante de umas doses aqui outra ali, ficamos chapados e eu pedi pra ficar com ela, no entanto quanto eu e quanto ela eramos virgens,já muito loucos, fomos pra fora da festa pra termos mais privacidade, mais a vontade comecei a beijar ela, dar chupoes, e percebi q o negócio tava ficando quente, ela tava com uma saia e resolvi colocar a mão na sua buceta no momento por cima da sua calcinha, percebi q ela nao esboço nenhuma reação, e fui mais fundo, coloquei a sua calcinha mais pro lado e devargazinho fui enfiando meu dedo na sua buceta, ela se contorcia de tanto tesão, gemendo baixinho e como a sua bucetinha ja molhada ela flo q queria ir pra as alturas, com um pouco de vergonha ela foi pegando no meu pau q naquele momento já estava duro, tava mto bom qnd ela me flo q queria conhecer o meu quarto, como estavamos na festa resolvi subir em casa q é poucas quadras da onde estavamos, quando chegamos no meu quarto comecamos a nos bjar, e o clima começou a surgir novamente e int falei pra ela tira a roupa, sem pensar duas vezes ela tirou, seios médios, um rabo de dar inveja pra qualquer menina da nossa idade, quando ela tirou a calcinha q já estava molhada, aquela buceta rosinha esperando a minha rola arrombar, ela tirou o meu pau pra fora e começou a mamar mesmo sem experiência, tava mto bom, aliás ela era sonho de consumo de mtos mlks na escola,assim q ela parou de me mamar eu fui comecei a chupar ela, ela não tava aguentando mais de tanto tesão, prestes a gozar, senti um líquido quente descendo pra minha boca e naquilo senti o sabor puro da sua buceta q chegava a piscar de tanta vontade de ter uma pica dura pra dentro dela, qnd eu coloquei só cabecinha ela já sentiu q poderia uma das melhores noites já q eramos virgens, ela sentou no meu colo fazendo com q o meu pau entrasse pra dentro dela, começamos devagarinho e fui aumentando a velocidade, e no vai e vem senti q iria gozar, nunca tinha sentido nd igual, quando a porra já tava pra sair ela comecou a punhetalo direção da sua boca, gozei e ela engoliu td foi mto bom, tivemos outras oportunidades de se pegar já com mais experiência– Rebola Nina, rebola que eu gosto assim.