Casada linda e gostosa gozando no pauzudo 24cm enquanto marido assisti e filma

visualizações

5 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , , ,

Casada linda e gostosa gozando no pauzudo 24cm enquanto marido assisti e filma

Casada linda e gostosa gozando no pauzudo 24cm enquanto marido assisti e filma

E ele respondeu dizendo que foi um prazer,que tinha adorado meu pauzão,disse que gostaria de chupar ele todinho,mesmo eu não sendo gay pois ele já havia feito isso em vários caras héteros,falou que sentia prazer em ver os machos gozando e sentindo prazer e eu disse que gostava mesmo de mulher mas também curtia bater uma bronha sozinho,que deixei ele brincar com meu pau porque insistiu.

Eu pedia e gritava pra ele socar mais fundo e foi o que ele fez, gemendo e delirando, ele respirou fundo agarrou na minha virilha e me puxou com toda força, seu pau bateu no fundo do meu cu, ai ele deu uma gozada bem gostosa, dentro do meu cuzinho, com aquele pau grande e grosso latejando no meu cu, eu vi estrelas de todas as cores e de todos os tamanhos, mais foi incrível, foi um prazer do outro mundo, com o cu cheio de porra, eu me senti realizada e amada.

ola sou joao carlos tenho 42 anos casado ha 20 anos com uma mulher conservadora nunca tivemos lua de mel entam com os filhos criados resolvemos sair de viagem para uma chacara no interior de sao paulo saimos na sexta feira a noite e chegamos de manha cansados o caseiro e sua esposa nos receberam bem eram um casal de mais ou menos 50 anos a esposa era mais nova uns 40 anos logo ela se enturmou com a minha mulher eu e o sr antonio o caseiro nao somos de muita conversa tambem ficamos bem eu sai com minha esposa a cavalo pelo mato fomos ate uma cachoeira comecei a beijar ela logo estava transando eu sempre tive tesao por ela mais aquele lugar me deixou com mais esquecemos do tempo e veio o sr antonio ver oque aconteceu quase vio a gente sem roupa fomos para a casa dormimos um pouco a noite resolvemos sar e ir ate a casa do caseiro ja que nao tinha ninquem conhecido por perto ao chegar la eles estavam transando com a porta aberta o sr antonio estava comendo o cuzinho da esposa ficamos olhando um pouco e voltamos pra casa minha mulher es tava molhadinha e eu de pau duro comi ela na varanda tentei comer o cu dela mais nao deixou disse que tinha medo de doer nao insisti e dormimos de manha a esposa do caseiro veio buscar minha esposa para nadar no lago eu fiquei descansando depois fui tambem escutei uns gritos e me abaixei e vi minha mulher de quatro e seu antonio comendo ela a esposa dele armou tudo nao tive reacao fiquei olhando de pau duro o cara tem um pau duas vezes maior que o meu ela nunca gritou e gemeu daquele jeito comigo me senti um trapo fiz de conta que nem vi quando voltaram eu disse que iriamos embora no outro dia pois tinha negocios pra resolver ela concordou a noite tentei comer ela mais ela nao quiz sai pra fora e camihei ate o lago sr antonio veio atraz e ficamos conversando sem deixar ele saber que eu vi tudo pois estava humilhado eu senti tesao ao lembrar da cena ele me pediu para ver meu pau estranhei mais ele disse que queria me chupar vi ali a chance de me vingar sem jeito eu neguei mais ele pegou no meu pau e abocanhou tudo dizendo meu gostoso comi sua mulher mais queria era te dar naquele escuro via so o vulto dele me chupando entao senti meu pau endurecer ele lambia eu ja nao aguentava mais nunca tinha feito isso com homem ele se virou e eu comi o cuzinho dele ele senou em cima de mim e com a mao acariciava meus graos e passaca o dedo no meu cu eu estava gostando ele tentou me comer mais nunca dei e ele era pauzudo demais depois de um tempo resolvi experimentar ele cuspiu no pau e veio empurrando quando entrou a cabeca senti tanto tesao que me abri e ele pois tudo doeu muito mais ele nao parou ate colocar tudo eu estava quase gozando ele tirou e pediu pra chupar ele me chupava e esfregava o pau duro na minha cara entao eu bati uma pra ele e gozamos depois como se nada tivesse acontecido voltei pra casa abracei mimha esposa no outro dia despedimos deles e fomos embora nois nunca haviamos trido um au outro la fizemos tudo eu sabia dela e ela nao sabe do que eu fiz ate hoje nunca esqueci a cena dela com outro e me mastuebo de lembrar a transa minha e aquele cara que alem de comer minha esposa me comeu tambem. Eu ali, sem poder denunciar, apenas assistindo, o vi mudar de posição, metendo forte, gemendo alto e dizendo palavras desconexas. Gozamos juntos como se fosse uma deliciosa agonia, e eu juro que a ouvi gritar ( “Aiii, Raphael, meu amor!…), enquanto eu quase urrava de prazer. LA ACABOU DE PASSAR O CREME NO PAU DELE E LEVOU A MÁO COM O CREME POR TR[AS MAS DEMONSTROU EST[A TENDO DIFICULDADE PARA LUBRIFICA-LO, MENTIRA QUERIA QUE ALGUEM SE OFERECESSE PARA ESTA TAREFA, QUAL NÁO FOI SUA SURPRESA QUANDO A GAROTA MAIS JOVEM DO GRUPO SE ADIANTANDO DISSE, DEIXE QUE FA;O ISTO PARA VOCE, QUER QUE PONHA EM VOLTA OU DIRETAMENTE DENTRO DO ANUS, POE DENTRO COM O BIQUINHO VOCE SABE E SORRIU PARA A GAROTA QUE MUITO DISINIBIDA DEU A VOLTA MELISSA SE CURVOU UM PAOUCO PARA FACILITAR SUA ACÁO E A GAROTA COLOCANDO O BICO DO TUDO NO LINDO ANUS DA GAROTA FEZ UM PEQUENA PRESSÁO E UMA PARTE DO GEL PENETROU SEU CANAL PARA LUBRIFICA-LO BEM E FACILITAR A PENETRA;ÁO, O GRINGO SENTADO COM A VARA EM RISTE ESPERA SEU PREMIO, MELISSA ENTÁO VEIO PAROU DE COSTAS PARA ELE E FOI ARRIANDO A GOSTOSA BUNDA EM DIRECÁO AQUE POSTE, ELE SEGUROU O PAU E PREPAROU-SE PARA INVADIR AQUELE CUZINHO GOSTOSO, QUANDO NOVAMENTE MELISSA PEDIU A GAROTA PARA COLOCAR O PAU DO CARA NO SEU CU, FAZ ESSE FAVOR, COLOCA PRA MIM, ELA SE ABAIXOU DE FRENTE PRA GALERA SEM LIGAR QUE FICAR COM AS PERNAS ABERTAS MOSTRANDO UM LINDO PAR DE COXAS E UMA BUCETA MORENA TAMBEM MUITO BONITA PEGOU O MASTRO DO CARA E OLHANDO BEM ACERTOU A CABE;A NA ENTRADA DAQUELE CUZINHO GOSTOSO, MELISSA COME;OU FAZER PRESSÁO PARA BAIXO FAZENDO COM QUE A CABECA DESLIZASSE SEM PROBLEMA PARA DENTRO DELA, MAIS UMA VEZ PEDIU PARA QUE A MORENA A AJUDASSE, A MES ERA EXPERIENTE COLOCOU AS MA[OS SOBRE SEUS OMBROS E COME;O A FORCAR A GAROTA QUE SENTIA R3ALMENTE UMA DOR FORTE O CARA ERA MUITO GROSSO, FEZ UMA CARETA E DEU UM URRO QUANDO A GAROTA INESPERADAMENTE FEZ COM QUE O PAU ENTRASSE TODO EM SEU CUZINHO, ESTA PARA SURPRESA DA GALERA SE ABAIXOU E COME;O A LAMBER A BUCETA DA LOIRA QUE AGOERA J[A PULAVA TIRANDO E COLOCANDO A VARA NO C[U COME;OU A GEMER ALTO E A PEDIR MAIS PICA, AI QUE LOUCURA GENTE E FALA EM INGLES PARA O GRINGO FUDER MAIS MAIS MAIS, NISTO A MORENA FALOU ALGO EM SEU OUVIDO E ELA FEZ UM SINAL PARA O CARA DAR UM TEMPINHO E BALANCOU A CABECA EM SINAL DE POSITIVO, CLARO A MORENA HAVIA PERGUNTADO SE NÁO DEIXARIA SEU MARIDO FUDE-LA NA BUCETA ENQUANTO TOMAVA NO CU, FEZ SINAL PARA O MARIDO QUE PERMANECIA ASSISTINDO SUA MULHER CHUPAR AQUELA GATA ENQUANTO ESTA ERA ENRABADA POR AQUELE ENORME GARANHÁO, SUA MULHER COCHIOU ALGO EM SEU OUVIDO, TIROU SEU PAU PARA FORA E PARA ALEGRIA DA MELISSA NÁO ERA NADA NORMAL, GRANDE GROSSO E MUIO TORTO, A GAROTA COLOCOU NA BOCA CHUPOU UM POUCO E MANDOU QUE ELE SE APROXIMASSE, COLOCOU OS P[ES DA MELISSA SOBRE OS JOELOHOS DO RINGO QUE A COMIA DE FORMA QUE SUA COXAS FICARAM BEM ABERTAS E A BUCETA NUMA POSICÁO O[TIMA PRA RECEBER SEU MARIDO, NAQUELA PSICÁO O PAU ENTRARIA AT[E O SACO, COM AMÁO GUIOU O PAU COM A MÁO ESQUERDA ABRIU OS L[ABIOS MOLHADOS DA RACHA SEDENTA POR PAU ENCAIXOU ALI A CABEBECA E DEU UM TAPINHA NA BUNDA DO MARIDO QUE SE ENTERROU DE UMA S[O VEZ NAQUELA BUCETA MACIA E GULOSA, MELISSA DE UM BERRO DE PRAZER E COMECOU SEU BAILADO NOVAMENTE, AGORA COM DOIS BELOS PAUS ENTERRADOS NELA, NO AFAN DE GOZAR NÁO NOTOU QUE O CARA QUE COMIA SUA BUCETA NÁO USAVA CAMISINHA, S[O QUANDO SENTIU O CALOR DO PAU E AQUELE ALGO MAIS GOSTOSO SE DEU CONTA ERA TARDE, OS DOIS PARECEIAM DOIS TOUROS BRAVOS CADA UM CAVANDO DE UM LADO MELISSA GRITAVA, REVIRAVA OS OLHOS, SEU CU J[A NÁO DOIA MAIS O PAU DESLIZAVA COM CERTA FACILIDADE, NÁO ERA A PRIMEIRA DUPLA PENETRCÁO DELA MAIS ESTA ESTAVA MUITO GOSTOSA, DE REPENTE OS DOIS HOMENS COMECARAM A DAR GEMIDOS ALTOS E COMECARAM A GOZAR AO MESMO TEMPO, MELISSA TAMBEM NÁO SE CONTEVE, E FEZ SINAL PRA MORENA PRA SEGURAR SUA BOCA POIS SABIA QUE IRIA GRITAR DE PRAZER, A MORENA SE APROXIMOU R[APIDO E ENTENDENDO O RECADO EM VEZ DA MÁO COLOU SEUS L[ABIS AO DELA NUM LONGO BEIJO O QUE TRANSFORMOU OS GRITOS DA GAROTO EM SUSPIROS ABAFADOS, MELISSA GOZOU COMO NUNCA HAVIA GOZADO, O CARA DE TR[AS HAVIA GOZADO COMO UM CAVALO E MELISSA SENTARA SOBRE SEU PAU DEIXANDO-O BEM FUNDO EM SEU CUZINHO, QUAN TONA FRENTE POR CAUSA DO L[APSO DA CAMISINHA O CARA A ENCHERA, ESTAVA UMA VERDEIRA LAGOA DE LEITE QUENTE, O MARIDO DA MORENA RETIROU O PAU AINDA DURO E MELISSA COM AR DE REPROVACAO FALOU PRA MORENA? E A CAMISINHA DEVERIA TER USADO.

Em instantes ela estava pelada, sentindo meu pau roçando no meio de sua bundinha linda.

Bjs"Olá amigos leitores! Quem leu meu conto “A casada da internet” entendeu o quanto a rede mundial de computadores virou uma ferramenta na caça a sexo casual pra mim, e obtive bons frutos! O conto a seguir ocorreu em 2011 também, pouco tempo depois das fodas com a coroa casada (por sinal, retomei contato com ela e logo logo vai rolar mais rs). Inclusive já temo diversos vídeos de transas nossas,sendo eu com uma das duas ou as duas transando deliciosamente enquanto eu filmava.