Casada Tocando Siririca Gozando Buceta Melada

3 min

Categoria:

Tag: , , , ,

visualizações

3 min

Categoria:

Tag: , , , ,

Casada Tocando Siririca Gozando Buceta Melada

Casada Tocando Siririca Gozando Buceta Melada

E achei uma pegadora, ( mulher quer foder a sua mulher na sua frente), achei, liguei e marcamos pro dia seguinte,Na hora marcada ela chegou, Marcia , baixinha ,coxuda, seios pequenos e firmes ,bunduda e de cintura fina como a AnaTomamos umas cervejas e acertamos os termos, eu só comeria a Ana mas a Marcia tinha liberdade pro que quisesse, fomos pro quarto e de pronto tiramos as roupas,sentei nu numa cadeira e fiquei punhetando assistindo as duas de calcinha na minha cama, a Marcia começou a acariciar a Ana que estava ainda meio tímida com a nova experiência mas começou logo a se soltar,um beijo molhado e quente abriu as portas do tezão, sem muito esperar uma tirou a calcinha da outra bem devagar a Ana ficou deitada enquanto a Marcia beijava o corpo gostoso de minha gata, beijava seus firmes seios com delicadeza mas com vontade a Ana se contorcia de tezão sentindo seus dedos deslizarem por sua boceta melada, olhava admirado aquelas duas bundas gostosas se contorcendo na minha frente quando a Marcia caiu de boca na buceta do meu amor, um gemido mais forte de prazer se ouviu meu amor me olhou e me chamou, dei minha pica pra ela mamar gostoso como sempre faz enquanto ela era chupada na buceta pela Marcia, Marcia pegou minha mão e pos em sua buceta e enfiei meus dedos na puta que gemia , fui mamar a buceta da minha gata e a Marcia foi me mamar e punhetar , o que era pra ser só as duas virou um ménage , Ana sentou na minha pica e a Marcia na minha cara e as duas se beijavam e bolinavam os seios uma da outra enquanto eu fodia uma e chupava a outra, trocamos de posição de novo, deitado na cama com as duas me chupando e elas com as pernas entrelaçadas roçando as bucetas, que delicia viver isso, fui conduzindo e colequei as duas numa delicia de 69 loucura de chupada vigorosa entre as duas , línguas , dedos, e bucetas meladas, e a Ana explodiu, vou gozar, urrou já se derramando num gozo longo e gemido, a Marcia falou enfia esta pica em mim e enfiei, fodia aquela buceta ao mesmo tempo que minha esposa mamava a puta, vez em quando minha gata tirava meu pau da buceta da Marcia e me chupava pra depois por de novo na buceta da vadia, Marcia enfim anunciou seu gozo esporrento, urrou de prazer e se derramou na cara da minha gata, as duas já meio cansadas da pegada que elas se imporam ficaram de quatro na cama lado a lado e olhando pra trás minha Ana disse: vem da tua porra pra gente vem!Meti na minha gata primeiro e meti os dedos na Marcia que estava com a buceta melada e inxada , meus dedos deslizavam na buceta de uma e minha pica na buceta da outra e comecei a revezar, passei a fuder a Marcia e meter os dedos na Ana,Quando achei que já estava chegando ao fim da nossa putaria minha gata olhou pra trás e pediu pra meter na sua bunda, pedido atendido, meti no cuzinho gostoso da minha gata e o dedo no cuzinho da Marcia, algum tempo depois anunciei o gozo, minha gata virou o corpo e começou a me punhetar ate que gozei em seus seios, a Marcia veio e começou a roçar seus seios nos seios da minha gata se lambuzando também da minha porra e lambeu meu pau pra sugar as ultimas gotas de porra, exaustos fomos tomar banho os três e finalizamos a noite com cerveja e bate papo, acho que provavelmente ainda veremos a Marcia outras vezes.

Luísa e Carol arranhavam suas coxas enquanto Bruna, como dona da casa, tocava uma siririca furiosamente na prima menor, enfiando os dedos, vibrando o grelo.

– Posso vir me afogar aqui outras tardes, Osvaldo?– Claro que pode, venha se afogar sempre que quiser!"– Ocê num sabe, uai!!? Era rapaiz muito safado e cumia as escrava tudim da fazenda!!"Mesmo depois de toda a putaria que havia rolado, Debora, a namorada de Fernando parecia ainda estar com fogo na buceta. Gozando e enlouquecendo nossos ouvidos e pênis. Eu chamei meu marido a principio ele não quis ir estava conversando com os amigos falou para eu ir sozinha, na mesma hora fui para casa da minha irmã chegando lá na mesma hora me pôs pra cozinha ela adorava minha comida além de não saber cozinhar muito rs, abriu uma garrafa de vinho e uma garrafa de caipirinha perguntou sobre o cunhado q não foi comigo, expliquei a ela e ficamos ali fazendo tira gosto e rindo das coisas da vida dela e das minhas e bebendo nosso vinho e a caipirinha ela me contava da relação dela com seu boy e eu a vida de casada, dávamos altas gargalhadas acabamos a primeira garrafa de vinho fomos pra segunda quando derrepente chamaram no portão ela foi atender era meu marido na hora pulei no seu colo já alterada e falei só faltava vc pra ajudar acabar com esse vinho, minha irmã só ria ele estranhou pq não somos de beber muito, indagou estamos comemorando algo rimos da cara dele e falamos não bobo ficamos bebendo sozinhas deu nisso, ele prontamente pegou seu copo e nos acompanhou estávamos na sala ouvindo musica não tinha maldade nenhuma no ar a tv ligada sem áudio fui passando os canais quando caiu no sex hot nos olhamos na hora e gargalhamos denovo, minha irmã se levantou trancou a porta disse está perigoso para vocês irem dormem ai, eu já estava esparramada no chão mesmo nem liguei ela não trabalhava no dia seguinte mesmo já estávamos todos pra lá de baguida.

Dormimos pois estávamos cansados, pela manhã por volta das 09 hs, acordamos para o café, chamamos a baba no apto ao lado, Marcela já estava arrumada de fio dental e entrada de banho, não preciso dizer que Marcela é uma morena muito gostosa, peitos e bunda grande, pernas grossas e adora se exibir, depois do café resolvemos ir a praia dar uma volta de carro com nossa filha, voltamos pro almoço, a baba foi dar o almoço dela depois foi coloca-la pra dormir, chamei Marcela para irmos a praia tomar cerveja, o garçom do hotel nos acomodou em uma barraca, sentamos pedimos cerveja e caipirinha para Marcela, na tenda ao lado tinha 2 casais de São Paulo, logo puxaram conversa, nos entrosamos, Marcela foi tomar banho, os homens ficaram olhando pra sua bunda toda a mostra, quando voltou como o biquini era branco, molhado, mostrou transparencia e dava pra ver todo o contorno de sua buceta peladinha, pois ela usa depilação total, notei que tinha um que não tirava os olhos, continuamos conversando, deu 16 hs, então eles dizeram que iriam a um forro que tem na cidade e nos convidaram, combinamos e subimos pro apto ver como estava nossa filha, nos deitamos pra descansar pois o sol estava escaldante a baba foi dar o jantar de nossa filha, lá pelas 21 hs nos arrumamos e encontramos os casais na recepção, Marcela estava de vestidinho de algodão branco meio transparente mostrando sua calcinha fio dental preta sem sutiã, chegando no forro procuramos uma mesa, era bastante escuro e lotado, pedimos caipirinha e cervejas, o forro tava tocando, muita gente dançando, fomos dançar, voltando eles queriam dançar mais nao sabiam, em Marcela se ofereceu para ensinar, dançou com um depois com o outro, o mais novo tinha uns 30 anos e era todo gaiato, ja tinhamos tomados umas,vez por outra ele chamava ela para dançar, num determinado momento se perderam na multidão, quando voltaram notei meio desconfiados e ele tentando esconder sua ereção, sentaram então chamei Marcela pra dançar, ela notou que eu estava de pau duro, beijou minha orelha que adoro, então eu disse o rapaz chegou na mesa de pau duro, ele tá a fim de ti amor, ela disse ele quase me come amor, me virou de costa e ficou roçando em minha bunda, ela disse amor fiz de conta que não tava entendendo e fiquei rebolando no pau dele, ele me beijou no pescoço mordeu minha orelha, mais pedi pra sair pois poderiam notar, você achou ruim amor, eu disse não adorei essa situação amor, é muito tesuda, ela disse gostei também mais só faço se você concordar, eu disse tá livre amor se você tá com tesão nele, nos beijamos e voltamos pra mesa.