Corno Ensinando O Garoto Chupar A Buceta De Sua Esposa

visualizações

90 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , ,

visualizações

90 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , ,

Corno Ensinando O Garoto Chupar A Buceta De Sua Esposa

Corno Ensinando O Garoto Chupar A Buceta De Sua Esposa

Ela sorriu pra mim e disse que queria descansar um pouco pra gente continuar.

AAAAAAAAAAAAAHHHHHHHH CORNO, DEIXA EU DAR PRA ESSE PRETO TODOS DIAS, DEIXA?"Me chamo Jorge, sou moreno claro 1,79 m 76 kg, 19 CM de rola que deixa as mulheres malucas só de ver, imagina quando sentem, toca nele. Voltei a chupar seu cuzinho e sua buceta, virei-a de costas na cama com as pernas abertas, chupei sua buceta e enfiei o dedo médio da mão esquerda no canal vaginal ensopado, lubrificando-o, então introduzi esse mesmo dedo lubrificado em seu cuzinho, enquanto chupava seu grelinho, e sua buceta, ela estremecia de tesão, gemia alto e suspirava, mordiscava a boca e apertava os peitos com as mãos. Na hora eu senti o pau dele me arrombando e mesmo assim a sensação era deliciosa; ele começou a meter e eu gemia sem parar.

Daqui a pouco voltou para minha mesa com um papel com o seguinte escrito: chupar os seios da garçonete – R$ 100,00; chupar a buceta da garçonete – R$ 200.

Era uma calcinha preta, e minúscula é claro. Pois bem me casei com 29 anos e então parei com minhas aventuras ate uns 4 anos atrás quando encontrei o Francisco, apesar de econtra-lo em um chat de bate papo, ele morava perto de casa e depois de varias conversas trocamos telefone e resolvemos nos encontrar, ele era casado também e sua esposa trabalhava todos os dias e ele ficava em casa pois os filhos estudavam durante o dia e ele trabalhava a noite.

Dessa vez eu fui ensinando, dizendo pra ela lamber as bolas também, passar a língua na base e tudo mais. Enquanto eu passava começaram a assobiar e falar um monte de besteiras, na hora fiquei com raiva. O medo do meu pai chegar parecia que fazia deixar aquilo tudo mais gostoso. Não deu outra, ele conseguiu me levar pro quarto e me beijar, eu queria resistir, mas quando percebi já estava abrindo as pernas lentamente e deixando ele tirar a minha calcinha, quando pegou na minha buceta que já estava muito molhada. No grupo, tinha um garoto mais novo, ainda no colegial, mas que vivia querendo ficar comigo.