Corno Manso Chama Marcio, Seu Colega De Trabalho Para Comer Sua Esposa, O Corno Fica Se Masturbando Só Curtindo A Meteção

Corno Manso Chama Marcio, Seu Colega De Trabalho Para Comer Sua Esposa, O Corno Fica Se Masturbando Só Curtindo A Meteção

Corno Manso Chama Marcio, Seu Colega De Trabalho Para Comer Sua Esposa, O Corno Fica Se Masturbando Só Curtindo A Meteção

Sou nordestinho e trabalho em casa com atendimento remoto em segurança da informação em bancos e instituicoes financeiras, em 2002 eu trabalhava em Fortaleza e com o crecimento da empresa decidimos expandir os negócios, vim passar uma semana na casa de minha irma em São Paulo pra encontar um lugar pra me instalar, foi lá que reencontrei alguns anos depois com minha sobrinha, ela tinha crecido e tava mais linda que nunca. Então eu acelerei a meteção, me preparando para gozar. gente que sensaçao fiquei estatico depois que ela me contou tudo isso pois ela disse que nese dia foi so nao rolou pau na buceta coisa que rolaria depois de trinta dias,pedi a ela que a deixa sse fodela e nao aguentei mai que vinte minutos metendo nela de quatro inundei a buceta de minha esposa omaginando tudo que ela me contou ate aproxima gente,,,""-NÃO. minha mãe chupava de uma maestria ora bolas ora cabeça, até ela para e dizer (VOCE NÃO VAI GOZAR NÃE É?) Fabiano olhou para mim e disse (CHAMA TEU PAI ATE AQUI FILHO DA PUTA) ele mandou meu pai contar até 10 meu pai contou e a rola do Fabiano ficava mais inchada quando chegou no dez ele despejou uma grande quantidade de porra na boca e face da vadia que sorria sem parar, era muita gala e ela dizia (QUE GALA GOSTOSA VEM PROVAR SEU CORNO VIADO E MANSO BEIJA O ROSTO DA SUA MULHER, QUE GOSTA DE UM MACHO DE VERDADE) meu pai sem falar nada beijou ela sem parar, Fabiano ria mangando do meu pai eu também ria, Fabiano sempre que pode vem nos visitar, ele já comeu a minha tia de 32 anos, minha prima de 15 anos e minha namorada Laura as três são um tesão, a maioria do meus amigos todos já comeram minha mãe adoro levar amigos lá para casa, voltarei para contar mais sobre Fabiano e minha tia , minha sobrinha e minha namorada.

A Patrícia segurava seu pau, masturbando-o, enquanto ele gozava alucinado.

Algumas vezes ela quase chegou a gozar, mas nessa hora eu retirava o dedo de sue clitoris! Ela ja estava gritando, esperniando de tesao! No meio de seus gemidos, nao aguentando mais, num dado momento, ela falou: “que… que… quero!!!” Isso ja foi o suficiente, na mesma hora me levantei, abri as suas pernas e dei inicio as caricias que mudariam para sempre a vida da Anne!!! Chupei ela todinha, os grandes e pequenos labios, o clitoris(claro que dei uma atencao especial a esta parte), enquanto ela gritava, gemia… quando ela estava com orgasmo eminente algo mudou para ela, acho que naquela hora de intenso prazer ela finalmente se libertou do inferno que ela vivia, pois como se estivesse hipnotizada gritou: “isso Gloria, assim, nao para nao que eu vou GOZAR!!!” Finalmente eu tinha conseguido o que tanto queria… ver aquela criatura pensando nela, no que ela queria, sem se preocupar com mais nada! Ela de santa estava se transformando numa putinha, somente preocupada com a busca pelo prazer! Agora tinha que satisfaze-la completamente… continuei a chupar o seu clitoris bem rapido, e tambem enfiei dois dedos na sua buceta e comecei a dar violentas estocadas, sem a menor pena dela! E porque tinha que ter pena? Ela so gritava e implorava por mais! Entao enfiei o terceiro dedo e foi nessa hora que ela gozou! E gozou intensamente, gritando e se debatendo no sofa de sua casa! Ela jogou em minha cara um jato de secrecao, aquilo me deixou tao excitada que acabei por gozar tambem! A Anne ficou inconsciente e eu deitei-me em cima dela para poder recuperar-me de meu orgasmo, mas me apressei em me levantar logo pois queria ir embora antes que ela acordasse! Segundos depois levantei-me, dei-lhe um beijo na testa, escrevi um bilhete que somente dizia: se voce gostou, me procure!!! E fui embora! Nao deu outra, no dia seguinte adivinhem quem apareceu na minha porta??? Durante algum tempo permanecemos com a nossa pequena relacao, mas nao durou muito, pois logo arrumei uma namorada! Ela sofreu um pouco, mas compreendeu que era melhor assim do que eu continuar com ela sem gostar dela! Mas o que realmente eu queria, eu consegui, pois ate hoje a minha melhor amiga se chama ANNE FANG!!!!!!!cama de barriga para cima e mandou seus colegas me pegarem e me colocaremJá era nove horas da noite quando as visitas decidiram ir embora, assim que elas sairão minha avó já estava doida para dar o rabo para os netinhos, meu irmão que morava com ela estava na cozinha preparando um café, pois seria uma longa noite como já esperava-mos.

Chegando lá disse a ele que não tinha certeza se queria fazer mesmo aquilo, pois amo muito meu noivo e não queria traí-lo. Fui saindo mas ao mesmo tempo ele foi me puxando, beijando, me convencendo a ficar.

Sandra foi sentando em minha pica bem devagar curtindo aquele cacete duríssimo, Júlio se posiciona atrás e a penetra em seu cuzinho, ela deu um gritinho e se recompôs mexendo o quadril para frente e para trás, gemendo e dizendo para o marido que estava uma delícia aquelas duas picas dentro dela. Comecei a beber e dançando conforme a musica tocava depois de um tempo bebendo esqueci ate q estava de saia rebolava ate o chao um colega ficava me olhando naoo tirava os olhos da minha calcinha,quando percebi fiquei meio sem graça e parei de dançar e como já era tarde da noite ele me ofereceu uma carona pois morava na rua em baixo da minha só ia deixar a prima dele em casa q estava bêbeda.

engole… e eu como disse nos outros contos, adoro engolir o pau inteiro até o talo, e nao fiz diferente, sentia aquela geba enorme entrar fundo na minha garganta, trancando até minha respiraçao, tirei um pouco e falei… deixa de ser frouxo e fode com força a minha boca, o luiz ficou louco com isso e começou a foder minha boca com força agarrando meus cabelos, socando tudo até o talo, nisso já percebo outro pau mais grosso no lado da minha cara, era o marico ali parado de pau duro dando risada,…comecei a chupar os dois paus alterdanamente… que delícia dois negros de pau descomunal ali sá pra mim, era bom demais pra ser verdade…entao falei, marcio vc tem o pau mais grosso, quero que me foda primeiro… eles se olharam deram risada e falara… mas é melhor que qualquer puta essa bicha… luiz sentou em uma cadeira, eu tirei a roupa e fiquei de quatro chupando o luiz e esperando o pau de marcio enterrar dentro me mim, de repente sinto uma cabeça de pau roçando a portinha de meu cuzinho que estava prestes a se tornar cuzão… e ele foi forçãondo foi entrando ahhhhh….

"meu nome é David, sou moreno cor de jambo, tenho 25 anos, não sou magro nem gordo tenho 1,80 de altura 80 quilos,tudo começo quando começou quando um dia minha chefe pediu pra que eu levasse ela no banco, pois o carro dela estava na oficina, no caminho ela recebeu uma ligação de seu marido, que pelo que deu pra entender ele a tratou mal, e pelo que parecia não tinha sido a primeira vez, depois que ela desligou ficou se lamentando dele, dizendo que ele merecia ser traído e mais umas coisa, dai pensei é a hora de atacar, pois sempre fui tarado nela, uma morena de 1,70 de altura peitos médios, bunda tamanho GG linda e uma bucetinha pequenininha e apertada…logo comecei a consolar minha chefe e percebi que ela estava decidida a ir fundo na traição, não me deixei perde tempo, mesmo dirigindo comecei a passar a mão na perna dela e consolando ela sempre me dizendo que eu era gentil e que eu deveria ser um ótimo homem, depois de muita conversa chegamos ao banco ela resolveu o problema e decidimos sair pra almoça, leve ela a um restaurante bacana, la conversamos e ela começou a se insinuar pra mim e perguntou se eu teria coragem de ficar com ela, eu disse que sim que ela era muito bonita nova charmosa, só restaurante sem muitas conversa ela já mandou eu ir pra um motel próximo disse que o marido iria ter o que ele queria, fiquei sem palavra e apena obedecia levei o carro ate um motel, ela já bem soltinha acariciava meu pau por fora da calça mesmo, quando entramos no motel ela me deu um beijo e disse que estava doida pra dá, disse que o marido dela não a comia ela e quando ele comia era só uma transa rápida, ela falou que queria um homem de verdade, e eu a mostrei que sou um homem de verdade, já fui abrindo o zíper da calça e ela se surpreendeu com o tamanho do cacete já duro ele mede 19 cm, ela falou nossa é o dobro do corno do meu marido, eu apenas sorrir e a puxei pra que ela a mamasse, e sem frescura ela caiu de boa nele, chupava deliciosamente, mas meu intuito era outro era aquele rabo delicioso, sem demoras coloquei-a de 4 e metir forte naquela boceta que era apertada ela gemia gostoso rebolava como se meu pau fosse o melhor, depois de uns minutos ela gritou mais rápido seu tarado, vai me fodeee porraaaa eu vou gozaaa, sentir que a buceta dela ficou mais lubrificada e mais quente, era o gozo da minha chefinha que delicia eu fiquei loco com aquela cena eu comendo aquela buceta olhando aquele cuzinho piscar pra mim não deu outra gozei dentro dela quando tirei o pau dela ela olhou e falou quero mais,vou contar no próximo pra não ficar cansativo, mas foi uma foda maravilhosa comer minha chefinha!!!"Sentados, saboreamos uma deliciosa cerveja. Depois de 14 anos de casados, ele veio com aquele papo (que nós já conhecemos como o papo da vontade de ser corno…) de que precisavam incrementar o casamento, que estavam caindo na rotina… quem sabe se ela transasse com um outro não iria melhorar as coisas…Como quase toda esposa, quando ele começou a jogar essa conversa mole pra cima dela, ficou revoltada, achou que o marido não gostava mais dela, que estava procurando safadezas… mas ele insistia. Ele estava tarado em comer o cuzinho da Gabi, e não sossegaria enquanto não conseguisse.