Corno Manso Filma Esposa Vadia Tomando Porra Do Macho Em Porto Alegre

2 min

Categoria:

Tag: , ,

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , ,

Corno Manso Filma Esposa Vadia Tomando Porra Do Macho Em Porto Alegre

Corno Manso Filma Esposa Vadia Tomando Porra Do Macho Em Porto Alegre

A Marlene, esposa do Rafael, dono da festa, havia se mostrado ser uma pessoa alegre e envolvente. Até que um certo dia, ela não se controlou, caiu de boca, chupando e lambendo, estava muito bom, mas veio na cabeça o pensamento que ela estava como uma puta profissional, pra quem nunca tinha feito, estava muito estranho, mas mesmo assim, eu resolvi curtir o momento, ela sempre quis passar o lado santinha dela, mas eu sempre soube q ela era uma bela safada, depois desse dia, não queria parar de chupar, mas nunca deixou eu gozar nela, tinha um certo receioAté que então depois de tantas mãos bobas, de tanto chupar meu pau, e eu passar a mão na buceta dela, ela não se controlou e falou que queria me dar, veio na minha casa, e não perdeu tempo, logo se despiu, ficou peladinha, e pediu pra mim chupar ela, ela gemeu como uma cachorra no cio, nem se importou se estava sem camisinha, mas quando enfiei o pau, ela não aguentou, pediu pra parar, decidimos então tentar outra vez, aí conseguimos, depois daí, ela só queria darTodos os finais de semana queria ir pra minha casa, entrava no quarto, já fechava as portas pós minha mãe estava em casa, e já caia chupando. Chupava e olhava fixamente para a camera como se estivesse olhando pra mim e pedia goza na minha boca lambuza minha cara para meu maridinho vê? Aquilo me fez gozar sem nem ao menos pegar no meu pau… com o rosto todo melado(coisa que ela nuna deixou eu fazer) ela vai ate marcos e dar-lhe um beijo daqueles bem apaixonado… seu marcos no auge dos seus 55 ficou novamente de pau duro e foi posicionando minha esposinha para se acomodar no seu cacete que tambem num era essa descomunal nao… era bem grosso e eu via que minha esposa estava apreciando cada centimetro que invadia sua bucetinha… depois de um certo tempo nessa posica, ela se levanta e fica de quatro para seu marcos que de imediato se encaixa atras dela, e nao demora muito e ele enche a buceta da minha esposa de gozo. O Lucas estava bebendobastante, tomando Vodka enquanto me ajudava.

Falou que era o maior desejo fazer uma festa com um grande amigo e um bom viadinho macho… Minhas pernas tremeram.

…meu cuzinho já estava todo melado com a baba dele e aquela língua não parava de invadir meu rabo, até que senti uma pressão enorme e uma dor que nunca tinha sentido antes, não sabia o que era então tentei me virar pra ver e ele não deixou, continuou forçando e meu cu tava rasgando literalmente até que levei a minha mão para ver o que era e sabe o que eu peguei na entrada do meu cu? Peguei o punho dele, pq a mão tava toda dentro do meu rabo e ele forçando, delirei de tesao quando senti aquilo que a dor passou, comecei a rebolar na mão dele e meu pai começou a balançar, logo saiu muita baba dele e como eu tava de bruços no carro eu pude ver escorrendo aquele semen do meu pai, não cheguei a gozar mas tava quase, então ele tirou a mão de dentro e começou a bater na minha bunda, me chamar de gostoso, de cadelinha, de safado, me mordeu nas costas e orelha e meteu sem camisinha mesmo, com força e tesão, estava tomado pelo prazer, arranhava minhas costas, passava a mão, apertava minha bunda e eu pra provocar empinava bem e forçava contra o pau dele, ele gemia e uivava de tesão até que disse que ia gozar e perguntou onde eu queria, então eu pedi na boca, ele tirou de dentro e antes de eu começar a chupar peguei meu celular e liguei o flash pois estava noite e coloquei filmar e alcancei pra ele enquanto comecei a chupar aquele pau gostoso, lambi as bolas e passei a língua no cuzinho, ele gritou e disse que ia gozar, então eu chupei com vontade enquanto ele me filmava, jorrou porra na minha garganta que cheguei engasgar, tirei da boca e deixei derramar aquele leite grosso e cheiroso na minha barba e cara enquanto eu olhava pro celular com cara de safado, bati o pau na minha cara ate sair tudinho, muita porra, entrou ate no meu nariz. Eu adorei levar chifre de café da manhã, fui conferir o estado que ficou a buceta dela, e chupei bastante estava bem molinha, pois havia acabado de ser comida, transamos e ela me chamava de corno manso, que era assim que ela me queria, bem mansinho, eu adoro ser corno dela, adoro chupar a buceta dela depois dela fudendo com outroAproveitei e fiquei atrás de Gabriel, roçando meu pau na sua bundinha redonda e lisinha arrancando arrepios dele que fazia movimentos de encontro ao meu pau. Agora entrei pro clube dos cornos. E comecei a rebolar, nao havia mais dor era tesao que nunca havia sentido uma delicia, rebolava gostoso feito uma putinha em seguida ela me ergue ficando apenas com a parte superios das costas e a cabeça na cama pernas pro alto e começa a meter em mim, aquela cena dela em pe na cama e eu totalmente submisso me levou ao extase falei p ela que iria gozar e ela me diz, quero que goze bem assim quero ver a tua porra cair na tua bokinha. Saudações meu povo, meu nome é Guilherme, tenho 25 anos, moro no Rio de Janeiro e vou contar para vocês como foi o dia em que minha esposa na praia ficou me provocando, me deixando excitado e com vontade de foder ela.