Coroa casada chupando pau do amante igual pirulito em Minas Gerais

visualizações

7 min

Categoria:

Tag: , , , , , ,

visualizações

7 min

Categoria:

Tag: , , , , , ,

Coroa casada chupando pau do amante igual pirulito em Minas Gerais

Coroa casada chupando pau do amante igual pirulito em Minas Gerais

"A vantagem de se ter vários amantes com o mesmo nome é que não se erra. De novo? Como? Acabo de chegar! E ela continuou…"Oi eu me chamo Thalia(nome nome fictício) tenho 21 aninhos sou morena tenho 1,60 de altura 70 kilos uma coxa enorme uma bunda bem durinha,peitinhos medios e uma buceta enorme…Esse relato aconteçeu num feriado eu era casada e pedi ao meu marido para sair com minha prima e uma amiga e propus a ele que também saísse com alguns amigos, então me arrumei e fui eu e minha prima que e uma negra linda verdadeira falsa magra ela tem peitinhos durinhos mas uma bunda de deixar qualquer um com um pau latejando de tesão.

Quando ele começou a me chupar a buceta eu quase tive um troço, foi muito bom, pedi ao meu esposo para colocar seu pinto na minha boca para que eu chupasse e assim realizasse minha fantasia completamente, foi sensacional, gozei com muita vontade chupando aquele pinto tão perfeito que até parecia desenhado por um artista. O mais legal de se frequentar a academia, especialmente nos horários em que as coroas frequentam, é que se pode travar amizades e algo mais…Vou lhes contar sobre três que conheci.

Casei a gente foi morar em uma cidade grande em Minas Gerais, eu me formei e hoje trabalho na minha área e ele também se formou e trabalha durante a noite. Tudo começou quando vi meu padrasto nu trocando de roupa em seu quarto, vendo aquela cena senti algo que não havia sentido antes, sentia minha bucetinha a contraindo toda meladinha, o observei até que terminasse completamente e logo corri para o meu quarto, tranquei a me deitei na minha xana com o objetivo de me “acalmar”, mas não adiantou, eu estava completamente molhada. Eu amava ver meu paizão que para mim era enorme nu, com aquele peitoral forte com pelos no meio do peito, seus braços e pernas também torneados pelo esforço do trabalho, lindo, moreno com os pelos negros e um sorriso de garoto com os dentes branquinhos, não via a hora de me tornar um homem igual meu pai. Eu chupava aquele pinto como se fosse um pirulito pois estava muito eufórica com toda aquela adrenalina.