Devagar Pra Não Machucar

Devagar Pra Não Machucar

Devagar Pra Não Machucar

Numa das vezes em que ela entrou, ao regressar, assustou-se. Eu deixei fluir, até que chegou meu ponto, assim que descemos ele me pegou pela mão e me puxou até um bar, estava fechado e o toldo estava aberto, ele me grudou na parede abaixo do toldo e me agarrou, me beijava como se nunca tivesse feito aquilo antes, eu deixava ele me dominar porque sou submissa, e estava gostando daquilo, a adrenalina de passar algum carro ou mesmo pessoas, apesar de ser tarde e de o toldo proporcionar um escurinho…. Eu rebolava cada vez mais devagar, tentando puxar todo o gozo de dentro do pau dele. como ela chupa bem nossa mãe,cheguei a gritar com o orgasmo q/ senti… ninguém iria escultar mesmo,depois fui chupa-la…comecei por suas cixas maravilhosas por sinal,mordia…chupava…fui bem devagar p/ sua xotona (ó mulher da xota grandeee),deliciosa comecei a chupa-la ela se debatia sobre o carro de tanto prazer senti seu liguido jorar em minha boca,sônia havia gozado ela goza bem rapido. Antes de ir embora ele falou:– Quer amanhã de novo!?Fiz que sim com a cabeça. -boa tarde! Vc mora no apartamento de cima neh!?"e respondo no ouvido delaEu já estava acostumada a dar o cuzinho, mas nunca com um pau daquele tamanho, mesmo assim me posicionei afinal eu ia dar o cuzinho pro meu irmãozinho querido, ele lambeu o meu cuzinho até deixar ele bem molhadinho, quando o seu pau começou a entrar no meu cuzinho a dor era insuportável, mas depois de varias socadas, veio aquela sensação de alivio e eu já estava rebolando a bundinha naquele pau enorme, era uma sensação tão gostosa, era um prazer anunciado e acabamos gozando juntinhos, parecia que o meu cuzinho estava rindo de alegria e satisfação.

Peguei sua mão e pus no meu pau para que ela conduzisse a penetração, tendo mais confiança de que não iria se machucar.

Quando ela falou aquilo meu pau ficou duro instantaneamente, eu não pensei duas vezes e fui para cima da safada, dei um beijo forte e depois levei ela para cama de casal da minha mãe.