Esposa Exibicionista De Belém Com Calcinha Na Buceta

88 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , ,

visualizações

88 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , ,

Esposa Exibicionista De Belém Com Calcinha Na Buceta

Esposa Exibicionista De Belém Com Calcinha Na Buceta

Era uma criança tímida, nunca fui de ter muitos amigos. Quando estava saindo, deixou,”sem querer”, cair uma folha de papel que se abaixou para pegar, mostrando seu reguinho sem calcinha.

– Então você acha que eu tenho algo com Caio? Que ele está fazendo o meu lombo escondido? Pelo amor de deus Ewerton… Você por acaso já viu as gatas que ele pega? A namorada dele?! E só porque ele foi me buscar em um lugar, você então chega a idéia de que por isso,tenho algo com ele?– Você por acaso já ouviu uma palavra chamada “dívida” na sua vida?!Ele deve dinheiro a mim, eu dispensei uma parte caso ele fosse me buscar, nada mais… Coisa de amigo…Até com você faria isso caso fosse a mesma situação.

"Sábado de março 2015, chamei um amigo meu para tomarmos cerveja, ficamos ali nos dois bebendo e fumando um , estávamos sozinhos pois minha esposa estava trabalhando e a mulher dele estava com amigas. Minha mãe concordou, falou que era só esperarmos que as meninas fossem dormir e, trocássemos de quarto. O Bruno parou de me fuder, e chupou meu cuzinho, quando ele estava todo babado ele botou aquele pau enorme pra dentro e eu gritava loucamente.

E como ela pulou… parecia que estava cavalgando um cavalo. “Eu vou ficar louco Anamara, passando um tempo desse com uma mulher como voce no carro, qualquer hora dessas minha pressao pode me matar. Sou Henrique, paraense de Belém do Pará, 21 anos, universitário, branco de olhos castanhos, magro, cabelos pretos e curtos, 1,82m. que estava possuido tamanha era a violência que ele metia aquele pau emAMIGA EXIBICIONISTAem mim e completamente nua me jogou no chão, me apoiou com o peito na camaQuando já tínhamos jantado e estávamos indo para a putaria o interfone tocou, era minha mãe que veio fazer uma visita, ficamos todos revoltados e ela não ia embora nem por reza brava, e de repente o tempo virou, e caiu uma baita de uma chuva, ela então ligou para minha casa e avisou que iria dormir por lá. Entreguei o cartão que abre a porta do quarto pra ele,como sempre faço e saí pra balada.

Como meu cu já estava entregue e arrombado, ele socou com força. – Você está com a buceta molhadinha pra mim Giulia ? Abri essas perninhas pra mim minha putinha.