Esposa se exibe para o marido tocando uma siririca na varanda

1304 visualizações

1 min 43 seg

Categoria:

Tag:

1304 visualizações

1 min 43 seg

Categoria:

Tag:

Esposa se exibe para o marido tocando uma siririca na varanda

Esposa se exibe para o marido tocando uma siririca na varanda

e Mt perdem 100 pontos cada uma e já exibem suas coxas para nós, eu também perco 50 e fico só de cueca. Quando não estou perto dele,preciso de algo pra me satisfazer,e de uns tempos pra cá…Bem,de uns tempos pra cá as siriricas e os vibradores não dão mais conta do recado. Como o colega estava demorando, o policial que estava na viatura resolveu averiguar a situação, encontrou a porta aberta da casa aberta e com certeza escutou os gemidos vindo do quarto, ele entrou no quarto e flagrou minha esposa sendo devorada por aquele negão, o casal animado percebeu a presença do terceiro elemento na cena, ficaram se olhando por um momento, minha esposa saiu de cima do negro e foi em direção ao outro policial, ele estava imóvel, ela tirou a roupa dele e começou a mamar com gosto, ela o puxou pela mão e o levou pra cama, voltou a posição em que estava cavalgando sobre o negro e pediu que o outro policial colocasse no rabo dela, eu não acreditei no que estava vendo, pois ela sempre fazia doce pra fazer anal comigo, e agora ela estava querendo uma dupla penetração, e foi assim que aconteceu, ele colocou por trás e os três quase quebraram a cama de tanto pular, parecia que iriam rasgá-la ao meio de tanta força que metiam nela, quando trocaram de posição o negão pegou-a de quatro, mesmo já tendo sido enrrabada naquela noite ela teve dificuldade para receber toda a ferramenta do negão o rabo, era muito grande, bem maior que a minha e que a do seu colega, mas ele não teve dó, colocou com força tudo dentro daquele rabo enquanto ela tentava mamar o outro policial, e foi assim que eles terminaram a noite, ela gozando muito, o negão enchendo o rabo dela de porra e o policial dando leite quente pra ela na boca, os três cairam sobre a cama, e eu pela internet pude assistir ao vivo minha mulher ser violada por vontade própria por um negão policial que se dizia meu amigo e por seu colega, eu também já tinha gozado várias vezes me masturbando com aquela cena.

Eu perguntei o motivo de ele dizer isso, e ele disse que ele tava louquinho por mim, que queria foder comigo, que desde a primeira vez que me viu ele não consegue esquecer o meu jeitinho e nem o meu perfume, eu argumentei com ele dizendo que não podia rolar nada até porque ele era casado tinha até filhos, e ele me pegou nos braços fortes e quentes dele e perguntou se eu não queria nada nada com ele, ele me prometeu que se eu jurasse que não desejava foder com ele ele me soltaria, e eu não poderia mentir pra ele nem pra eu mesma, então fiquei quietinha enquanto sentia a respiração daquele negro, do sorriso envolvente e do olhar que deixa qualquer mulher com o psicológico abalado, então ele me pôs contra a parede, e me beijou a boca, eu fechei os olhos e me entreguei totalmente, não poderia nem me dar o desfrute de pedir pra parar de interromper por medo de meu papai ou minha mamãe nos pegarem no flagra, estava tão bom aquele clima de escondido é mais gostoso, logo ele parou o beijo e foi descendo a mão, pela minha barriguinha até chegar ao meu capozinho de fusca, que estava repartido no meio pela calça leggin, ele começou a esfregar o dedo do meio da mão dele no vão que a calça fazia na minha xaninha, começou a me masturbar por cima da calça e logo deu pra ele sentir o tecido úmido, ele cheirou o dedo e sorriu, eu fiquei constrangida por ele ver que eu estava molhadinha, mas como não ficar se eu morria de tesão por ele e ele tava tocando uma siririca gostosinha pra mim. POREM FICAVA DIFICIL J[A QUE ELA GOSTAVA DE MOSTRAR PRINCIPALMENTE OS PEQUENOS SEIOS, POR QUALQUER MOTIVO OU SEM NENHUM SE ABAIXAVA NA MINHA FRENTE E EU VIA AT[E SEU UMBIGO, CERTO DIA EU ME ENCONTRAVA SOZINHO NA CIDADE POIS MINHA MULHER VIAJARA E ELES ME CONVIDARAM PARA FICAR EM SUA CASA, NÁO HOUVE MANEIRA DE ACEITAREM UMA RECUSA E EU TIVE QUE FICAR L[A MINHA MULHER FICARIA 15 DIAS FORA, COMO NO MOMENTO EU NÁO ESTAVA TRABALHANDO O MARIDO SAIA PARA O TRABALHO E EU AINDA FICAVA DORMINDO, DEPOIS PASSAVA O DIA LENDO JORNAL E ASSISTINDO TV E CONVERSANDO COM RAISA ELA SEMPRE SE EXIBINDO, E EU NUNCA FUI NADA DISCRETO, PRINCIPALMENTE QUANDO NOTO QUE NÁO [E POR ACASO, CERTO DIA O VENACIO TELEFONOU DIZENDO QUE NÁO VOLTARIA PARA CASA, POIS TERIA UM SERVI;O EXTRA QUE TERMINARIA MUITO TARDE E FICARIA NO TRABALHO MESMO, COMO NO OUTRO DIA ERA SABADO E ELE NÁO TRABALHAVA VHEGARIA CEDO, FALEI PARA A RAISA QUE IRIA DORMIR EM CASA, POREM ELA ALEGANDO QUE NAÁO FICARIA SOZINHA DE JEITO NENHUM COM MEDO DE ASSALTO MAS UMA VEZ TIVE QUE FICAR, O DIA TRANSCORREU SEM NOVIDADES MAS EU PRESSENTI QUE NÁO TERIA COMO NÁO COMER AQUELA MULHER, A NOITINHA AP[OS O JANTAR EU FALEI PRA ELA QUE IRIA DAR UMA SAIDINHA, E AI EU TIVE CERTEZA DE QUE ELA QUERIA REALMENTE UMA SACANAGEM, NÁO MESMO, LOGO HOJE QUE AQUELE PATIFE INVENTOU ESTE SERVI;O, PENSA QUE NÁO SEI QUE TIPO DE SERVI;O [E, NÁO NASCI ONTEM. Ficamos na varanda e o chamei para o quarto, ele entendeu e disse que iria descansar.