Eu E Meu Primo Fodendo A Sogra Fogosa Na Casa De Praia

Eu E Meu Primo Fodendo A Sogra Fogosa Na Casa De Praia

Eu E Meu Primo Fodendo A Sogra Fogosa Na Casa De Praia

Após algumas cervejas ela se animou e quando fomos tomar banho de mar ficou pegando no meu pau e falando safadeza no meu ouvido, eu falava para ela parar porque a praia estava cheia mas ela não se importava e continuava me provocando. Vou ferrar vocês todos!Foi quando eu falei,que o que poderíamos fazer para que ninguém da empresa ficasse sabendo do que aprontamos em trazer putas pro hotel?Aí ele falou: _Vai ser as minhas condições ou nada feito;esse filho da puta do Djalma tem que passar essa baba na boca de todos vocês aí ficamos empate. Essa garota, que chamarei de Carla, era muito fogosa na cama e adorava falar de transas que teve com outros homens e pedia que eu falasse de transas que tive com outras mulheres, essas conversas nos deixavam mais excitados, aproveitando a deixa comecei a conversar com ela sobre a possibilidade de envolver uma terceira pessoa nas nossas transas.

Pincelou, localizando o ponto exato e encaixou. Estava com um frio na barriga quando minha mãe abocanhou meu pau enquanto punhetava meu primo, me chupando com perfeição e engolindo todo meu membro.

Mas quando cheguei em casa, eu vi uma cena que já mais queria ver, no sofá da sala eu já vi a saia e a blusa da minha irmã, entrando pelo corredor, encontrei a sua calcinha, na porta do quarto encontrei o seu sutiã a minha irmã estava de quatro em cima da cama, com o pau do meu marido socado no seu cuzinho, me aproximei e fiquei olhando, ele fodendo o cuzinho da minha irmã, quando o meu marido me viu, ele falou oi amor tira a roupa e venha se divertir, minha irmã estava gemendo e rebolando no pau do meu marido, ela olhou pra mim e falou, vem cá maninha deixa eu chupar a sua bucetinha, vem que eu vou fazer você gozar na minha boca. Pela manhã, meu marido e minha cunhada saíam para trabalhar, meu sogro e minha sogra levavam minha filha para a escola, e eu , saía também, só que um pouco mais tarde.