Flagra amador brasileiro real branquinha excepcional tocando siririca negão dotado da zona sul de são paulo

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: ,

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: ,

Flagra amador brasileiro real branquinha excepcional tocando siririca negão dotado da zona sul de são paulo

Flagra amador brasileiro real branquinha excepcional tocando siririca negão dotado da zona sul de são paulo

ola sou joao carlos tenho 42 anos casado ha 20 anos com uma mulher conservadora nunca tivemos lua de mel entam com os filhos criados resolvemos sair de viagem para uma chacara no interior de sao paulo saimos na sexta feira a noite e chegamos de manha cansados o caseiro e sua esposa nos receberam bem eram um casal de mais ou menos 50 anos a esposa era mais nova uns 40 anos logo ela se enturmou com a minha mulher eu e o sr antonio o caseiro nao somos de muita conversa tambem ficamos bem eu sai com minha esposa a cavalo pelo mato fomos ate uma cachoeira comecei a beijar ela logo estava transando eu sempre tive tesao por ela mais aquele lugar me deixou com mais esquecemos do tempo e veio o sr antonio ver oque aconteceu quase vio a gente sem roupa fomos para a casa dormimos um pouco a noite resolvemos sar e ir ate a casa do caseiro ja que nao tinha ninquem conhecido por perto ao chegar la eles estavam transando com a porta aberta o sr antonio estava comendo o cuzinho da esposa ficamos olhando um pouco e voltamos pra casa minha mulher es tava molhadinha e eu de pau duro comi ela na varanda tentei comer o cu dela mais nao deixou disse que tinha medo de doer nao insisti e dormimos de manha a esposa do caseiro veio buscar minha esposa para nadar no lago eu fiquei descansando depois fui tambem escutei uns gritos e me abaixei e vi minha mulher de quatro e seu antonio comendo ela a esposa dele armou tudo nao tive reacao fiquei olhando de pau duro o cara tem um pau duas vezes maior que o meu ela nunca gritou e gemeu daquele jeito comigo me senti um trapo fiz de conta que nem vi quando voltaram eu disse que iriamos embora no outro dia pois tinha negocios pra resolver ela concordou a noite tentei comer ela mais ela nao quiz sai pra fora e camihei ate o lago sr antonio veio atraz e ficamos conversando sem deixar ele saber que eu vi tudo pois estava humilhado eu senti tesao ao lembrar da cena ele me pediu para ver meu pau estranhei mais ele disse que queria me chupar vi ali a chance de me vingar sem jeito eu neguei mais ele pegou no meu pau e abocanhou tudo dizendo meu gostoso comi sua mulher mais queria era te dar naquele escuro via so o vulto dele me chupando entao senti meu pau endurecer ele lambia eu ja nao aguentava mais nunca tinha feito isso com homem ele se virou e eu comi o cuzinho dele ele senou em cima de mim e com a mao acariciava meus graos e passaca o dedo no meu cu eu estava gostando ele tentou me comer mais nunca dei e ele era pauzudo demais depois de um tempo resolvi experimentar ele cuspiu no pau e veio empurrando quando entrou a cabeca senti tanto tesao que me abri e ele pois tudo doeu muito mais ele nao parou ate colocar tudo eu estava quase gozando ele tirou e pediu pra chupar ele me chupava e esfregava o pau duro na minha cara entao eu bati uma pra ele e gozamos depois como se nada tivesse acontecido voltei pra casa abracei mimha esposa no outro dia despedimos deles e fomos embora nois nunca haviamos trido um au outro la fizemos tudo eu sabia dela e ela nao sabe do que eu fiz ate hoje nunca esqueci a cena dela com outro e me mastuebo de lembrar a transa minha e aquele cara que alem de comer minha esposa me comeu tambem.

– Isso vai acontecer de novo?No dia seguinte quando cheguei da escola fui na internet para ver pornografia, eu via aqueles garotos levando cada pica enorme no cu sem reclamar e ainda pedindo mais, então eu pensei, (é que até agora eu não transei com ninguém dotado e o meu cu não esta acostumado), mais ai eu pensei (o que posso fazer) e a resposta veio na minha cabeça, vou comprar um vibrador para me acostumar, fui então a um site de um sexshop e escolhi um vibrador de 20 cm, liguei e perguntei se eles entregaram na minha cidade e a atendente disse que sim, então comprei no nome da minha mãe, peguei um dinheiro que eu tinha e paguei o boleto, então foi me dito que seria entregue pelo Sedex na tarde do dia seguinte, fiquei ansioso, dormi e fui na escola, voltei correndo, cheguei em casa e fiquei esperando, lá penas 2 tocou a campainha, o entregador disse que tinha uma entrega no nome de minha mãe, eu disse que ela tinha saído e me avisou para receber a encomenda, o entregador apenas me pediu para assinar um papel e deixou o pacote … peguei o pacote e fui direto para o meu quarto, abri e era exatamente como que queria, um vibrador rosa liso, li as instruções de uso, como veio sem bateria fui correndo ao mercado próximo a minha casa para comprar as baterias, voltei correndo, tranquei o portão e as portas e fui direto para o meu quarto, ai eu vi que não tinha lubrificante, como estava ansioso fui até a cozinha e peguei margarina para usar como lubrificante, coloquei as baterias e passei a margarina no vibrador, tirei a roupa e fiquei de lado para poder enfiar o vibrador no meu rabo, ele entrou com uma certa dificuldade, doeu sim mais aos poucos fui me acostumando com ele, eu enfiava um pouco e esperava, aos poucos foi indo até que entrou tudo, ai então liguei o vibro, era uma sensação incrível, aumentei o vibro até eu gozar, gozei feito um cavalo, nunca tinha gozado tanto, depois de gozar não tirei o vibrador do meu cu, apenas desliguei o vibro e deixei ele no meu cu para eu poder acostumar, fiquei assim por mais o menos 2 horas, quando vi que meu pau já estava duro novamente, ai liguei o vibro e comecei a bater uma punheta, fiquei assim por algum tempo até gozar novamente, já estava quase na hora de minha mãe chegar, então tirei o vibrador do meu cu e limpei a bagunça toda, quando fui tomar banho olhei para o meu rabo e vi que ele estava meio aberto, fiquei satisfeito … a partir deste dia passei a usar o vibrador todos os dias de tarde por mais de duas horas, isso foi alargando o meu cu até que eu decidi comprar um vibrador ainda maior, era um big vibrador enorme e muito grosso, quando fui usar quase morri, mais isso eu conto na próxima história.

Em seguida a mão dele entrando por baixo da saia e tocando ela. Lídia passava o protetor naquele corpo delicioso e eu acabei flagrando ela massageando a xana com a outra mão enquanto passa o protetor. Um dia estava aqui louca de tesao e resolvi mandar algumas fotos da minha bucetinha pra ele enquanto batia uma siririca gostosa. Ele queria que fizesse um filme erótico amador, onde ele seria o diretor e câmera, e eu seria sua atriz principal. Como serão?Fiz toda a correria e cheguei ao sitio 45 minutos depois delas, chegando elas estavam na piscina a Claudia de biquíni e a Marcelinha, danadinha de calcinha e sutiã, bem alegrinhas, algumas latinhas vazias, eu levei umas brejas, mais três garrafas de vodka, pensando que teria que embebedar elas para rolar algo, a Claudia que me buscou na frente da casa, quando fui para trás, na piscina, estava Marcelinha paradinha, com bunda branquinha, aquela calcinha branca, enterrada no rabo branquinho dela, ela ao me ver levanta e vem até a mim e me beija na boca, e diz:Fiz uma conversão irregular mesmo, mas quando cheguei por lá havia um carro que estava se aproximando também pelo lado oposto dela; Cheguei junto para impor a minha prioridade de chegada sobre ela;"Puxou a calcinha de lado e socou seu caralho em mim devagar e rápido. Como o colega estava demorando, o policial que estava na viatura resolveu averiguar a situação, encontrou a porta aberta da casa aberta e com certeza escutou os gemidos vindo do quarto, ele entrou no quarto e flagrou minha esposa sendo devorada por aquele negão, o casal animado percebeu a presença do terceiro elemento na cena, ficaram se olhando por um momento, minha esposa saiu de cima do negro e foi em direção ao outro policial, ele estava imóvel, ela tirou a roupa dele e começou a mamar com gosto, ela o puxou pela mão e o levou pra cama, voltou a posição em que estava cavalgando sobre o negro e pediu que o outro policial colocasse no rabo dela, eu não acreditei no que estava vendo, pois ela sempre fazia doce pra fazer anal comigo, e agora ela estava querendo uma dupla penetração, e foi assim que aconteceu, ele colocou por trás e os três quase quebraram a cama de tanto pular, parecia que iriam rasgá-la ao meio de tanta força que metiam nela, quando trocaram de posição o negão pegou-a de quatro, mesmo já tendo sido enrrabada naquela noite ela teve dificuldade para receber toda a ferramenta do negão o rabo, era muito grande, bem maior que a minha e que a do seu colega, mas ele não teve dó, colocou com força tudo dentro daquele rabo enquanto ela tentava mamar o outro policial, e foi assim que eles terminaram a noite, ela gozando muito, o negão enchendo o rabo dela de porra e o policial dando leite quente pra ela na boca, os três cairam sobre a cama, e eu pela internet pude assistir ao vivo minha mulher ser violada por vontade própria por um negão policial que se dizia meu amigo e por seu colega, eu também já tinha gozado várias vezes me masturbando com aquela cena. Ele tinha cara de bom moço mesmo, parecia interessado em mim…Ele sentado do meu lado, o cheiro dele me deixando louca…toda hora ele mexia no cabelo e eu só queria pular em cima dele!!!Ele começou a me perguntar sobre brasileiros, como eles agem quando querem ficar com alguém e tal…porque ele não conhecia nenhum.