Flagra Tarado Filma Jovem Apertadinha Faz Sexo Anal Nível Hard Sortudo Da Barra Da Tijuca – Rj

13 seg

Categoria:

Tag: ,

visualizações

13 seg

Categoria:

Tag: ,

Flagra Tarado Filma Jovem Apertadinha Faz Sexo Anal Nível Hard Sortudo Da Barra Da Tijuca – Rj

Flagra Tarado Filma Jovem Apertadinha Faz Sexo Anal Nível Hard Sortudo Da Barra Da Tijuca – Rj

E assim foi acontecendo pegamos ela na quinta feira ela estava radiante, fizemos uma programação para sair com ela todos os dias, fomos na lapa, nas prais da Zona Sul, no Sabado levamos ela para conhecer a regiao dos lagos, ela ficou maravilhada, Num destes dias que saimos sabado a noite, fomos a um barzinho na tijuca com música ao Vivo, neste dia ela estava linda, com um vestido relativamente curto porem não estava indecente toda maquiada cheirosa demais, fiquei impressionado, podia contar de um em um minuto chegava alguém em cima dela, e estavamos bebendo cerveja e eu ofereci uma caipirinha para ela, que ela aceitou na hora,minha esposa falou para ela ficar tranquila e se divertir que nos estaríamos ali com ela sem problemas, lá pelas três da manhã ela e minha esposa já estavam pra lá de bagda, tomaram todos, eu que não sou bobo fiquei no sapatinho sá observando, em um momento quando minha esposa foi ao banheiro, ofereci mais uma caipirinha para ela e ela já meio alta falourn que não sabia que já estava tonta e estava com medo, eu falei para ela que poderia ficar tranquila que eu estava ali e ia cuidar dela, neste momento ela chegou e falou que gostaría que seu namorado fosse igual a mim, que ela seria muito feliz, que minha esposa tinha falado muito bem de mim e que ela tinha sorte. Ele chegou faltando uns 40 minutos pra eu sair, mas confesso que queria ir embora rápido, ele pediu para eu apresentar o escritório pra ele, fui mostrando, a sala da contabilidade, a do fiscal, a do meu chefe, quando voltamos a minha mesa ele me agarrou e começou a me beijar, feito um louco, um tarado.

No carnaval, marcamos para irmos para nosso sitio que fica proximo a praia, a Fran disse que iria também que levaria seu namorado, que por sinal é bem mais jovem que ela, tem uns 28 anos enquanto nós estamos na faixa dos 40, e um casal amigo deles, Marcela concordou, no sabado fomos pela manhã eu, Marcela, nossa filha, junto com a filha da Fran que já estava lá em casa, e a empregada, a Fran foi no carro do namorado e seu amigo, como a casa é ampla dá pra acomodar todos, chegando lá foi aquela festa, todos animados, foram pros quartos e posteriormente fazer churrasco na piscina.

Tatiana não pensou duas vezes e lá fomos nós tomar uma dose na barraquinha do tiozinho.

Toda Sexta-feira depois do expediente, meu pai fazia reunião com as vendedoras, e nesse dia ele não pode ir pois viajou a trabalho, e quem fez a reunião foi a supervisora de vendas…, quando a reunião acabou todo mundo foi embora, menos a Juliana, que ficou conversando comigo ate seu marido chegar…, eu já era louco por ela, ela devia Ter uns 32 anos mas estava em plena forma, tinha um belo par de seios de dar inveja a qualquer menininha de 20 anos, e para minha sorte começou a chover forte, e como nós estávamos do lado de fora do escritório tivemos que entrar para não nos molhar, foi quando seu marido ligou dizendo que não poderia ir buscala pois devido a chuva seu carro estragou…, foi quando eu pensei e agora ou nunca, ai ela começou a ler uma revista de peças intimas femininas…,foi quando eu comecei a provocala dizendo que se ela tivesse aquele corpo da revista ela teria chance comigo…, ai nesses “brincadeirinhas” ela disse que era muito mais gostosa que a mulher da revista…, foi quando eu falei pra ela, que só ia acreditar se ela me provasse, foi quando ela para minha surpresa levantou a saia e ficou só de calcinha na minha frente e eu pude constatar que realmente ela era muito mais gostosa… ai eu comecei a passar a mão pelas suas coxas para ver se tudo aquilo era verdade…, e para minha surpresa ela começou a gostar… e ai eu fui subindo a mão até chegar nos seus lindos seios, tirei seu soutien e comecei a chupar seus seios, tirando dela alguns gemidos de prazer, foi quando eu a levei para a sala de reunião e a coloquei deitada em cima da mesa, ai foi só festa… comecei a lambe-la todinha do pescoço ate a ponta do dedão do pé, ai fui tirando a calcinha dela com os dentes deixando ela louca de tesão, e comecei a chupar aquela bucetinha toda melada…, foi quando ela se levantou e começou a me retribuir…, tirou minha calça e me fez sentar na mesa…, ai ela veio e colocou uma cadeira na minha frente e começou a chupar meu pau, que já estava latejando para fuder aquela bucetinha apertadinha que estava implorando para ser penetrada…, foi quando ela se levantou e deitou na mesa e abriu as pernas, eu rapidamente comecei a chupar sua bucetinha novamente, pois tinha um gosto maravilhoso, foi quando ela me pediu para ser penetrada, ai fui colocando devagarinho para ela poder sentir meu pau todinho dentro dela, e com o passar do tempo fui dando estocadas mais fortes ate sentir que ela estava tendo seu primeiro orgasmo…, ela parecia estar fora de si, pois começou a xingar seu marido de corno, chifrudo, e dizia que ele merecia isto, pois ele era um frouxo, foi quando eu não agüentei mais e gozei dentro daquela bucetinha que eu tanto sonhava fuder.

Ouça o primeiro conto narrado pela Marisa em:""Coloquei duas mini filmadoras no quarto e não disse nada.

Ela começou a gemer alto e a soltar uns gritinhos,o primeiro orgasmo com o titio veio fácil, não dei mole, abri bem suas pernas e levei seus joelhos ao nível dos seios, Flavinha em posição de frango assado aceitou minha pica em sua bucetinha aos poucos, apesar de toda molhadinha a buceta carnuda e com grandes lábios era ainda fechadinha, bem apertadinha.

Já Victor, foi o mais sortudo do grupo. Depois disso saiu apressado dizendo q não sabia se ia conseguir dar outra escapada para voltar""– Sem essa Didi! Você não é santo, já foi até pego pagando uma chupeta para aquele ruivo daquela turma, assim como Caio que já foi pego flagrado fazendo o rabo de um companheiro nosso em uma “rodada de fogo”.