Flagra vagabunda gostosinha demais tocando siririca em publico com vizinho de minas gerais

visualizações

42 seg

Categoria:

Tag: ,

visualizações

42 seg

Categoria:

Tag: ,

Flagra vagabunda gostosinha demais tocando siririca em publico com vizinho de minas gerais

Flagra vagabunda gostosinha demais tocando siririca em publico com vizinho de minas gerais

Aos poucos a dor foi transformando-se em um agradável calorzinho, na medida em que fui relaxando ficou gostoso e eu comecei a sentir sensações novas, era a mesma sensação dez vezes maior que minhas solitárias siriricas, assim sem controle dei um longo gemido e papai voltou a carga.

público, a nossa grana ficou curta pra morarmos na capital,planejamos nos mudar pra cidadezinha em que os avós e tios dela moravam, e rapidamente financiamos um lar. após esse episodio tinha vergonha então acabei me retirando um pouco da casa da minha avó, então o tempo passou também casei e foi nesse ano que o melhor aconteceu, através de redes sociais minha tia acabou solicitando minha amizade, aceitei e começamos conversar, nada demais o assunto era sempre família e assuntos rotineiros, foi então em que um dia ele pediu se poderia fazer uma pergunta indelicada, sem imaginar oque poderia ser respondi que sim, foi então que ela me pediu: Você achava a tia bonita quando era mais novinho? Respondi que sim que era uma mulher muito linda, por sinal muito atraente, foi então que ela pediu se era esse o motivo que fazia eu revirar suas calcinhas quando garoto, pois além da vez em que me pegou no flagra varias vezes me viu remexendo em sua gaveta e mexendo em suas calcinhas, fiquei sem saber oque falar, mas em seguida ela disse ficou mudo é, não se preocupa achava excitante quando via você mexendo…após isso trocamos o rumo da conversa e como um pedido de desculpa por me deixar constrangido tia Janeide me convidou para ir tomar um café qualquer dia em sua casa, pois ja não mora mais com minha avó.

Conheci meu vizinho quando criança, mas como ele já era adulto não tínhamos muito contato.

Fui procura-lo, ele estava tocando a boiada para o curral, fiquei olhando-o de longe, e ele me fitando sempre.

Peguei o leite condensado e passei naquela pica gigante e chupei todinha as bolas sugava com gosto e ele gemendo, não conseguia colocar tudo na boca pois sua rola era enorme, por fim ele gozou na minha boca, tomei tudinho então ele se deitou no chão da cozinha e fui por cima cavalgar na tora dele, aí sentava igual uma louca e ele me chamando de puta, vagabunda, falando que ficava louco como eu rebolava no pau dele. Moro no interior de Minas Gerais mas fui criada na capital, BH.

"Posso tirar a roupa? Já chega por hoje né…Todo ainda estava desenvolvendo mas ela ja era bem gostosinhaContinuaprimeira masturbação de uma meninarnrnLembro-me como se fosse hoje… Tinha apenas 19 anos e nada sabia da vida, do corpo… Mal havia tido a minha primeira menstruação…rnComo muitas meninas nessa idade, eu era franzina… Não havia nada em mim que pudesse atrair um garoto, e nem eu pensava nisso também.

Quando o interfone tocou eu imediatamente liberei, eu estava de férias esqueci de contar…então quando o moço subiu e tocou abri a porta e confesso que me assustei, ele era bem simpático, bem arrumado muito diferente dos outros que já tinham ido…eu pedi que entrasse e perguntei se ele poderia trocar pois meu esposo não estava em casa e eu não sabia e não sei rs…quando pedi que me seguisse foi que percebi a roupa que eu estava fiquei tensa mas disse há já era e sorri na mente rsrs…ele parou em frente a pia tirou o lacre do botijão e pediu licença eu a concedi e disse que ficasse a vontade, ai ele disse que só não poderia ficar a vontade igual a mim rs, ai eu disse besteira rs, ele sorriu e disse que eu era uma mulher linda…me perguntou pq eu morava só, eu respondi que meu esposo estava trabalhando, ai ele disse que sorte a dele ( cantada velha mas que eu gostei rsrs ) começamos a conversar, perguntei do trabalho dele e conversa vai e vem ele me pediu uma esponja, ele estava em frente a pia então fui e peguei só que nesse momento passei meu bumbum nele quando passei pra pegar ai ele pediu desculpas, eu disse sem problema…então ele trocou e ficamos conversando um pouco mais, ele pediu água eu me abaixei pra pegar na geladeira, ai ele disse nossa você é demais rsrs, eu rir e disse obrigada…depois fui assinar o cheque na mesa e percebi ele olhando meus seios por causa da blusinha folgada, após isso levei ele até a porta e no tchal ele apertou meu bumbum e disse gostosa com todo respeito rs…eu adorei a provocação, mas depois fiquei com vontade de dar muito a ele, quem sabe de uma próxima. Moro na cidade de Uberlândia, Minas Gerais, hoje com 20 anos, meu nome é SuziSempre gostei de esporte e tenho 1,72m bumbum que dá um destaque especial no meu corpo, pois é bem volumoso e firme, rsrsr seios médios.