Foda amadora morena linda batendo uma siririca para maridão tarado de osasco – sp

3 min

Categoria:

Tag: ,

visualizações

3 min

Categoria:

Tag: ,

Foda amadora morena linda batendo uma siririca para maridão tarado de osasco – sp

Foda amadora morena linda batendo uma siririca para maridão tarado de osasco – sp

Outro dia ela até insinuou que eu teria vontade de va-la transando com outro, dizendo-me que eu gostaria de ser corno, entretanto não retruquei, apenas não confirmei por medo de sua reação, mais na verdade so o fato dela ter feito este comentario, minha pica enrigesseu de forma que nunca havia enrigessido antes, chegava a latejar, e meu pensamento viajou e em minha fantasia eu a via sendo comida de todas as formas, enrabada, penetrada em sua linda vagina, chupada etc…, me via participando, me via apenas olhando, imnaginava ate ela transando longe de mim e depois me contando tudo, todos estes pensamentos me ecitam demais, fico louco, mais minha esposa em momento algum expressa ou deixa transparecer que toparia algo assim, e isso me deixa louco, pois não aguento mais de vontade de realizar minha fantasia, quando saio com minha mulher e ela coloca alguma roupa insinuante ou mais sensual, eu adoro, pois os homens olham para ela com uma tara que parece que vao avançar em cima dela, ela e dona de uma bomdinha maravilhoso, seu corpo e maravilhoso, seu rospo e muito lindo, tem tudo que qualquer homen desejaria ver numa mulher, caso ela aceitasse minha proposta em transar com outro, tenho certeza que o homemn não seria problema pois ela poderia escolher a vontade, pois candidato e o que não faltaria.

Ele me olhava comcara de tarado e falava: “isso amorzinho, seja a putinha dele também.

A esta altura Kelly tocava uma siririca maravilhosa, e, pegando meu caralho lambuzado, o engoliu dizendo que queria sentir o gosto íntimos de minha comadre. Fiquei imaginando a coisa lógica: o maridão não gostava que ela se correspondesse com outros homens, ainda mais com um antigo colega de faculdade.

Me virei e ele gritou do quarto “Ah velho eu não vou aguentar não! Vo acabar batendo uma!” Então disse á ele para vir comigo pra garantir. Segurou em seus seios, deixando-os imediatamente arrepiados, e cochichou em seu ouvido:-“Morena, o que eu mais quero agora é apreciar essa bunda gostosa.

Olá, vou colocar meu nome como Eduardo, moro em Osasco, tenho 26 anos branco 1.