Gatinha levando gozada na cara e na boca

visualizações

49 seg

Categoria:

Tag:

visualizações

49 seg

Categoria:

Tag:

Gatinha levando gozada na cara e na boca

Gatinha levando gozada na cara e na boca

O padre ficou vidrado nos peitões e na beleza dela.

EU NÃO ESPERAVA ME DEPARAR COM UM VISUAL TÃO LINDO: CÉU POUCO ESTRELADO, PORÉM COM UMA LUA FANTÁSTICA FLUTUANDO BRANCA NO FIRMAMENTO! O AMIGO COMEÇA A TOCAR E D.

Mudamos de posição e peguei ela de 4, ai foi o fim, ela com aquele rabão pra cima louca pra levar rola e eu não perdi tempo, mandei ver até o talo e ela gritava e pedia pra eu foder com força, eu soquei sem dó e ela gozou de novo no meu pau.

Abri a geladeira, vi 3 garrafas de vinho doce Jurupinga delas e abri uma lata. Afastou me e atirou me na cama. – “Ah, agora sim… Isso sim é um traje certo para uma gatinha dormir, não aquele saco que você estava usando.

No dia seguinte, era sábado e eu fui até o apto deles, chegando lá o Marcelo me apreesentou ao Afonso e aí começamos a bater papo. Foi uma cena muito excitante ver a minha mulher sendo acariciado por aquele cara tão bonito.

(escrito por Kaplan)"Olá meus amigos, como já havia dito nos outros contos nunca tive coragem de experimentar uma gozada na minha boca, eu achava estranho.

bem mas só que era só para mostrar. Quando estávamos no banho ele começou a lavar as minhas costas, e a mão dele passando pelo meu corpo estava me enchendo de tesão até que ele me abraçou por trás e começou a beijar meu pescoço e uma com uma mãe ele acariciava o meu peito e com a outra acariciava o meu clitóris, eu já estava em êxtase de tanto tesão, ele me viro de frente envolveu o braço pela minha cintura e me puxo me deixando bem colada nele colocou a outra mão na minha nuca olhou nos meus olho e disse: você é a mulher perfeita pra mim, então ele deu um beijo maravilho devagar mas de tirar o fôlego que me deixou toda arrepiada e até com frio na barriga, então ele me pegou no colo e começou a meter em mim bem fundo e rápido acho que foi 20 minutos de socação direta nessa posição, até que começou a me dar caimbra e pedi pra trocar de posição, dai eu fiquei de quatro no chão e ele se ajoelhou e começou a chupar o meu grelinho e o meu cuzinho. Um filho de amiga, talvez?Tentei pensar em alguém que se encaixasse nesse perfil. muito com a ousadia de seu amigo me segurou com extrema força me deixandoAmarraram com algemas os pulsos de Marina e colocaram sua calcinha na sua boca para que não gritasse.

Era a deixa tirei meu cacete da buceta e meti, devagar, no seu cu. Eu enfiava um ou dois dedos no seu cu.

E o avô safado já foi levando a mão até os seios dela, que riu e fingiu que não queria.