Gordinha Mamando No Meio Da Rua — Veja Mas

2 min

Categoria:

Tag: ,

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: ,

Gordinha Mamando No Meio Da Rua — Veja Mas

Gordinha Mamando No Meio Da Rua — Veja Mas

Gabriel socava sem dó a rola na buceta e enfiava o dedo no cu de Joyce, ela tinha se esquecido de tudo e todos e gemia sem se conter, não aguentei mais e decidi me revelar, eles se assustaram e ela me olhou sem saber o que fazer e onde se esconder e disse então, calma que eu quero participar da festa, então peguei Joyce a coloquei no sofá e comecei a chupar aquela buceta melada com cheiro de rola e disse ao Gabriel faz ela chupar seu pau, ele não perdeu tempo e estocou a rola na boca dela a fazendo babar e muito.

Mal posso esperar pelo próximo mês.

Dei uma folga para que ela respirasse sem, contudo, deixar de manter o foco. Peguei no pau e comecei a punhetar ele pegou o meu e me punhetou e eu gozei antes de novo, só que desta vez ele não conseguia gozar eu estava adorando fazer aquilo mais meu braço começou a cansar e pedi para descansar um pouco e ele gemendo de tesão disse que o pau doía muito e que eu deixasse ele passar a cabeça na minha bunda, eu fiquei aturdido sem saber o que dizer mais ele implorou dizendo que doía muito e vendo que ele estava dizendo a verdade cedi, abaixei minha bermuda e ele veio por trás e começou a passou o pau na minha bunda e quando senti a cabeça encostar no meu rego me arrepiei todo, ele ficou ali batendo e passando o pau no meu rego e foi ficando mais e mais excitado e forçou a parte do meu corpo superior para baixo me fazendo empinar a bunda e fiquei quase de quatro e senti a cabeça do pau roçar no meu cu, e estremeci da cabeça aos pés ele forçou mais e empinei mais ainda e senti ele lambuzar todo meu cu com a cabeça do pau, aquilo me arrepiava muito e senti algo quente e melado no meu cu, Nando estava gozando jatos e jatos de esperma, depois fomos tomar um banho e ele agradeceu e perguntou se eu tinha gostado e eu disse que sim, estávamos nos esfregando e começamos a sorrir um para o outro.

A expectativa dos acontecimentos, associada às cenas de cunho erótico, exerciam seus efeitos também sobre mim e meu pau insistia em não permanecer imperceptível.

Ele pediu mais rola, eu dei fodi com força, a bunda dele balançava quando meu quadril batia nela, me dava mais tesão pq a cada estocada ele levantava a cabeça e fazia uma cara de dor de prazer.

Obviamente isso não iria atrapalhar meu boquete, continuei chupando, mamando fazendo daquele jeito que eu sei que ele gosta.

Tenho o hábito de frequentar salas de bate papo e numa destas salas acabei teclando com uma garota com o nick Gordinha Sapka. Me aproximei dei um beijo em sua testa e perguntei o que tinha acontecido porque ele não tinha ido ao trabalho e que carta era aquela que ele olhava com uma cara estranha.