Gozando gostoso na Siririca

48 seg

Categoria:

Tag:

visualizações

48 seg

Categoria:

Tag:

Gozando gostoso na Siririca

Gozando gostoso na Siririca

Semana que vem, na quarta-feira a noite, posto outra historia. Então, aproveite!Ela aproveitou mesmo e quando estava gozando, sentiu o dedo dele entrando em seu cuzinho.

Fiquei um bom tempo com aquela piroca na boca, Mauro segurava meus cabelos, e empurrava minha cabeça contra seu corpo.

Na cama ele só faz sexo na posição de papai e mamãe e quando eu começava a me esquentar, ele já tinha gozado e sempre me deixava na mão, quando eu pedia pra chupar o seu pau, ele ficava bravo e não deixava, mesmo quando eu oferecia o meu cuzinho pra ele comer, ele brigava comigo e falava, que isso era coisa de puta, que mulher direita não fazia isso, eu morria de vontade de dar uma boa gozada e era obrigada a me masturbar sozinha o tempo foi passando e a cada dia que passava, eu ficava mais carente e angustiada, as siriricas que eu batia, já não estavam mais fazendo efeito. O Gabriel começou a gemer e meu pau subiu de novo com aquilo.

Nos nossos intervalos a gente ficava sempre juntas e fazíamos algumas brincadeiras no trabalho, tipo uma jogar bolinhas de papel uma na outra só pra descontrair e dar risadas.

Nisso ele me jogou na cama, tirou meu vestido, meu sutiã, e começou a mamar muito gostoso nos meus peitos. Naquela noite motivada pelo clima anterior, nossa transa foi muito gostosa.

Fiz o seguinte, sabia que minha Tia Josefa toda terça-feira ia fuder com meu pai na cachoeira do sitio, com o pretexto de ir fazer uma limpeza de corpo coisa de espiritismo, mentira da porra dizia que precisava ficar só para purificar corpo e alma nua na cachoeira, ninguém tinha coragem de ir lá ver, meu pai vinha por dentro da fazenda que ele administrava por trás da cachoeira amarrava o cavalo e socava pica adoidado na minha tia que ficava alucinada falava cada loucura que as vezes eu achava que tava encorporada de algum encosto bravo, descobrir porque fui da meu cuzinho lá uma vez a um vaqueiro de quase 80 anos procurando uma vaca desgarrada entrou nas terras de pai, encontrei o velho e cobrei pedágio, ou seja em pica só saia com ou sem vaca se me comesse o velhinho disse olha gente e eu que achei que nunca mais ia comer ninguem eu nessa idade me aparece um franguinho deste venha cá meu filho e fomos montei e indiquei a cachoeira era tardizinha o sol pra se pôr quando lá chegamos pra minha surpresa peguei meu pai enfiado todo no rabo de minha tia eu cheguei a sentir as bolas batendo na minha bunda do jeito que ele a fodia, o coroa falou: deu merda vamos vazar daqui.