Gozando tudo na boca da novinha

visualizações

47 seg

Categoria:

Tag: , , , ,

visualizações

47 seg

Categoria:

Tag: , , , ,

Gozando tudo na boca da novinha

Gozando tudo na boca da novinha

Senti-me confiante e ele foi logo passando o creme e enfiando com seu dedo cuzinho a dentro, colocou a camisinha só até um pouco mais da metade do pau de tão grande e começou a roçar na portinha, confesso que meu pau amoleceu na hora de medo, ai meso que eu tava parecendo uma bichinha, coma bundinha empinadinha, meu pau ficou mole e pequeno e ele entrando devagarzinho, me rasgando com carinho e me beijando meu pescoço e orelha e perguntado se eu tava gostando, que ele seria bem carinhoso, sussurrando coisas no meu ouvido e me tranqüilizando, ai foi entrando e ele me puxando cada vez mais contra ele, tava ardendo e eu suando mesmo com o ar-condicionado ligado, até que ele perguntou se eu queria que ele parasse e que iria entender, fiquei de certa forma com dó dele ter sido tão carinhoso e eu estragaria tudo se pedisse para ele parar, então virei pra ele, ele aproveitou e me roubou um selinho e eu disse pra ele continuar que queria sentir ele gozar muito dentro de mim, ele ficou muito feliz e foi metendo mais e mais, ai ele perguntou mais umas vez e eu com muita dor gritei com ele – Mete… mete tudo meu macho gostoooooooso, me arromba, come essa puta que vai ser só suaaaa, aie ele criou coragem e mandou ver, enterrou de vez tudo que tinha direito, me senti desfalecer mas eu tinha mandado, agüentei no osso, e senti ele entrando e saindo e foi de uma forma tão gostoza que logo ele tava acelerando e cavalgando em cima de mim, me puxando com força contra seu pau enterrando tudo de vez, meu pau voltou a endurecer e só sei que depois de uns 5 minutos nesse torpor ele urrou forte e parecia que seu pau tava inchando mais ainda dentro de mim até deu um urro alto e gozou e socava a cada golfada ele socava mais uma vez fundo no meu cuzinho batendo seus bagos nos meus, eu gozei como nunca tinha gozado antes, parecia que ia ter um ataque de tanto que gozei com aquela macho encima de mim colado que parecia que não queria mais me soltar.

Ela tinha acabado de sair do banho toda cheirosa ela me abracou e me beijou eu aproveitei a situação já fui colocando as mãos na bunda dela já me levou pro quarto dela. Não era possível, ela estava no 806, era ao lado!– Que coincidência! Somos vizinhos de quarto aqui no hotel!– Nada acontece por acaso, minha querida… não acredito em coincidências!Ela interpretou a seu favor o que ele falou. CHEGANDO LÁ, JÁ INSTALADA NO HOTEL, LEMBREI DE LIGAR PARA O MEU PRIMO BAIANO.

Falei que nunca tinha experimentado , mas tambem tinha vontade e ai começamos a nos excitar.

Seus braços me apertavam a tal ponto que chegava a doer. Tirei do cu dela olhei para a rola suja por aquele cu e falei – vem chupar essaa rola pra eu gozar"– AAAAIIII!!! Gritei quando sua língua começou a se mover contra meu grelinho,minhas mãos não sabiam o que fa*er, torcia o lençol, gemia e erguia os quadris, pedindoque ele continuasse.

Quanto mais ele socava e falava sacanagens no meu ouvido eu mais queria pica na minha buceta. Então, não se preocupou em colocar alguma roupa, foi com o que estava vestindo, uma camisolinha que, que fazia jus ao diminutivo: era tão curta que a calcinha podia ser vista sem qualquer dificuldade.

Desde quando eu era bem novinha, que comecei a me tocar, nas minhas partes intimas descobrir o que era sentir prazer, ai eu comecei a usar roupas curtas, para me exibir e mostrar todo o meu potencial feminino, deixando os meninos loucos de tesão por mim e foi num final de semana com feriado prolongado, que os meus pais foram viajar e para não ficar sozinha, eu fiquei na casa da minha irmã Mara, que era a irmã do meio, como eu só usava roupas curtas, acabei provocando o seu marido ao ponto de deixa ló doidinho por mim. Ele ficou parado, gozando, segurando ela pela cintura, que sentia os jatos de porra dentro de si.