Gozei No Cu Da Minha Prima Depois Que Ela Me Deu Uma Surra De Buceta

Gozei No Cu Da Minha Prima Depois Que Ela Me Deu Uma Surra De Buceta

Gozei No Cu Da Minha Prima Depois Que Ela Me Deu Uma Surra De Buceta

E depois de segundos, meu nome, minha historia, o que vivi seria apagado já que ninguém saberia que passei pela vida, porque simplesmente não deixaria rastros, pegadas, legado nenhum.

Perguntei a ela o que significava aquilo? Porque ela tinha feito aquilo comigo? Ela ficou assustada com minha reação e perguntou num era isso que você queria? Falei que eu queria ver ela sendo fudida por outro, e nao que ela tivesse me traindo sem o meu consentimento… ai ela pega o celular e me mostra um video… o video era ela e o seu marcos(ficticio) em um motel o video tinha quase meia hora e confesso a voces que vi todo esse video sem desgrudar um so minuto de tudo que acontecia.

E aí não deu para segurar mais, gozei também, tirei o pau e deixei que o esperma caísse na bundinha dela. "Não, só acho que ele não precisa levar duas surras, uma já basta…Com certeza nosso amigo Caio tem algo em mente…Eu acho que irei para casa,apesar de tudo esclarecido,só de falar nessa merda me deu dor de cabeça. A gente foi para cama novamente e fizemos um 69 muito bom e chupando minha buceta, fico molhada só de relembrar, ele veio e acabou de colocar em mim, nossa nesse dia ele gozou muito e acabei bebendo e ele ficou surpreso.

Eu comecei o serviço limpei algumas mesas depois chegou karla a filha dele ela tinha uns 18 anos morena com uns peitinhos do tamanho de um limãozinho uma bundinha não muito grande magrinha ela disse que o pai dela tinha mandado ela me ajudar eu sorri e disse tudo bem ela perguntou por onde começava eu mandei ela pegar a mangueira e ir lavando o frízer ela acabou se molhando e escorregando np chão eu fui ajudar e minha mao encostou no peitinho dela eu ajudei ela a levantar segurando ela pelas costas e sua bundinha encostou no meu pal que endureceu na hora ela me olhou eu chamei ela na cozinha e abaixei minhas calças ela ficou assustada mas ai eu peguei a mão dela e coloquei no meu pal e fiquei me masturbando com a mao dela depois virei ela de costas ela deixando tudo levantei a sainha dela puxei a calcinha de lado e encostei meu pal na sua bocetinha ela tentou se sair mais ai eu abracei ela com um braço ela disse que ia gritar eu falei que ia mais iria ser de prazer com a outra mao fui guiando meu pal ate a entrada de sua bocetinha coloquei ela sobre a mesa da cozinha e fui botando meu pal devagarzinho quando passei a cabeça ela deu uma gemidinha ai eu fui forçando e ela gemendo mais alto quando coloquei toda virei ela ela estava chorando ai eu nao aguentei acho que sou sadomasoquista comecei a meter rapido e forte ela gemendo e chorando eu via aquela cena e me dava vontade de empurrar mais eu tava metendo ate o ovo quando olhei pro meu pal entrando e saindo da bucetinha melada de sangue foi quando me dei conta da loucura que tinha feito eu tava descabaçando minha prima quer dizer ja tinha descabaçado aquela altura ela ja estava começando a gostar quando eu tava gozando atirando jatos de porra dentro dela que eu tirei meu pal melado de sangue ela pediu por mais ai eu olhei pra ela e disse que agora so da próxima ce que eu voltar me limpei e chamei ela pra terminarmos de lavar o bar mas de vez em quando ela vinha e dava uma chupadinha quando terminamos fechei o bar meu tio chegou.