Gravou A Transa Peludinha Bem Safada Arrombando O Cú Do Negao Goiânia – Goiás

12 min

Categoria:

Tag: , ,

visualizações

12 min

Categoria:

Tag: , ,

Gravou A Transa Peludinha Bem Safada Arrombando O Cú Do Negao Goiânia – Goiás

Gravou A Transa Peludinha Bem Safada Arrombando O Cú Do Negao Goiânia – Goiás

Somos de Goiânia, eu tenho 27 ela 21, se gostarem mande-nos um e-mail,. praticamente como se já tivéssemos transado antes,sabiamos o que cada um gostava …invertemos posição,fiquei por cimae sem falar nada,segurando seu cacete pela cabeça o dirigi a entrada de meu anus,não sem antes deixa-lo bem lubrificado com saliva. Depois de deixar bem limpinho senti sua língua forçando contra meu orifício, tive meu primeiro orgasmo, a sensação de um macho sem frescura arrombando meu anus com sua língua e apertando minhas nadegas com suas fortes mãos me fazia gozar aos litros. Me desculpe eu não queria…"Somos um casal que se ama muito , casal jovem , cheio de sonhos e fantasias realizadas e outras ainda não realizadas , adoramos sair por aí , viajar e conhecer novas pessoas e lugares , adoramos Swing e Ménage feminino e masculino , atualmente a fantasia de ver minha loira com um amigo , é a que mais me realiza , tanto que ela me chama de “Corninho” e eu adoro , nada de humilhação extrema nem sadomazoquismo , etc mas a fantasia de uma terceira pessoa sempre nos faz bem , foi aí que aconteceu o fato que vou narrar pra vocês agora:Minha loira e eu estávamos viajando pra Goiás para participarmos de uma festa com muitos amigos casais e singles , o tesão estava a mil porque desde que falamos nessa festa , começamos a nos preparar com entusiasmo pois a festa prometia um fim de semana muito animado , no caminho paramos várias vezes em postos , restaurantes , etc… ela com um vestidinho branco muito bonito e um pouco curto que mostrava suas deliciosas curvas e seu bumbum gostoso quando se abaixava e um decote que deixava à vista seus deliciosos peitões que eu adoro mamar , hummmmmm , a loira é um tesão mesmo.

Subi as mãos por suas coxas segurando-a pela cintura enquanto sugava seu melzinho lubrificante, pus uma camisinha e enfiei meu pau em sua buceta, ali mesmo, no sofá, meti gostoso por um bom tempo naquela posição, apertando e beijando seus peitos, chupando sua língua e beijando sua boca, sua nuca, olhávamos para nossos sexos, meu pau sumindo e aparecendo em sua bucetinha, carnuda e lisa, decorada com o pequeno “bigodinho”, vi que a visão a deixava mais excitada, então dizia: – olha gostosa, olha meu pau sumindo em você, olha sua buceta me engolindo inteiro, olha safada…. – Eliane!!! – levei um susto ao me deparar com a Eliane parada na porta, olhando fixamente pra minha bucetinha peludinha e brilhante pelo suco que soltava de tanto tesão. Ainda com a boca inundada, soltei seu pau e abocanhei o cacete do negão, derramando o gozo do outro nele.