Madura na siririca – amiga do face

1 min 7 seg

Categoria:

Tag:

visualizações

1 min 7 seg

Categoria:

Tag:

Madura na siririca – amiga do face

Madura na siririca  – amiga do face

Ela me pediu sigilo sobre a gravidez e eu vesti minha bermuda e voltei pra casa da vovó, onde não me aguentei e ainda bati mais duas punhetas pensando naquela trepada gostosa com a minha prima.

Já não brincava mais com o pau do Marcos, preocupada apenas em receber prazer e devolvê-lo através da sua boca na boceta da amiga.

É a grande vantagem que vejo nas mulheres maduras: sabem o que querem e não ficam fazendo rodeios, vão direto ao assunto. Ele me chamava de putinha, de cadela e enfiava a rola sem pena. Diante daquela cena a minha bucetinha começou a esquentar, ai eu fui obrigada a tirar a roupa e ajuntar se a eles, minha irmã me puxou e me deu um beijo na boca, sua língua enrolou se na minha e ela sugou com vontade, quando ela me largou, ela começou a rir e falou caralho maninha, você está com gosto de porra na boca, para disfarçar do meu marido eu falei, mas a sua também esta com gosto de porra, ela riu e falou, como você não estava aqui o seu marido gozou na minha boca e quem que gozou na sua, sem me preocupar falei, pois é maninha se você visse o garotão que gozou na minha boca, você também ia querer, meu marido deu uma tapa na bunda dela e falou, chega de conversa e vamos gozar, enquanto eu chupava a sua boceta ela chupava a minha e o meu marido socava o pau no seu cuzinho e assim nós ficamos rebolando, gemendo e gritando, até que gozamos praticamente juntos e nem dava para saber quem de nós três gemia mais alto, depois desse dia a minha irmã veio morar na minha casa e nós três dormimos na mesma cama e passamos a noite fodendo e se divertindo, agora somos um casal de três e de tanto chupar a boceta da minha irmã, hoje eu já estou pratica e experiente, para chupar uma bucetinha gostosa e fazer ela gozar bem gostoso na minha boca….

Depois conto outras histárias"Gritei, gritei muito enquanto ele socava, metia o pau na minha bunda e tocava uma siririca no meu grelinho, com um dedo no meu clitóris e outro invadindo minha bocetinhamolhadinha.

Preparei meu biquíni, minhas roupas, dei Beijo no maridinho e fui “estudar”.

Fiquei cuidando dele durante todo o tempo de recuperação e,mais precisamente em outubro,acabei engravidando.

A bola foi certeira como um foguete, lhe acertando em cheio na cabeça, fazendo ele cair e bater com o crânio na trave, caindo desacordado em seguida.