Mae Vai Ajudar Seu Filho Sem Calcinha

visualizações

67 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , ,

Mae Vai Ajudar Seu Filho Sem Calcinha

Mae Vai Ajudar Seu Filho Sem Calcinha

Conhecemos a 02 anos um casal da Paraíba, na faixa dos 40 que mudaram para nossa cidade ficaram nossos amigos.

Ela ficou meio aperriada, mas o padre deu uma solução e disse que ela poderia ficar lá por duas noites. Tentei insistir mais algumas vezes, mas ela ficou brava por eu estar negando ajudar meu primo. Gente… aí sim eu vi estrelas… estrelas não, via via lactea inteira…Voltamos para o quarto, Sergio deitou-se na cama e Pedro me colocou sobre ele… Aquele pau foi entrando bem devagar na minha buceta…. Conversei mais um pouco e não havia abertura, nenhuma oportunidade.

Logo minha esposa tinha novamente gozado e quase não conseguia mais ficar firme em nossa noite de simples prazer. Como eu, mãe de família, poderia pensar em fazer o mesmo que elas? E se eu fizesse algo assim? Como voltaria a olhar para meus filhos? E se algum conhecido me visse fazendo programas na rua? Preferia morrer a passar por aquele dissabor.

Mais do que depressa e antes que o pessoal retornasse eu tirei sua calcinha vermelha e minha sunga, deixando livre o meu pau que já estava como uma rocha de tão duro. Esse terminou o teste …No primeiro dia na casa, acordei e fui para o café da manhã com meus tios.

Foi quando o Rafa (meu cunhado) levantou o meu vestido ajoelhou e veio morder minha xoxota com isso eu estava vibrando de tanto tesao. Ai ela foi de novo, forcando pra pica entrar.

Terminei de lavar a porra que escorreu pelo meu peito e fomos para o quarto, então ele me jogou na cama e veio me beijando, depois desceu chupando meus peitos e foi beijando meu corpo até chegar na minha bucetinha, ele começou lambendo em volta e dando umas linguadinhas no meu clitóris, sem aguentar mais a provocação e cheia de tesão peguei a cabeça dele e enterrei no meio da minha buceta, fazendo ele chupar pra valer… Ele chupou muito gostoso por um bom tempo, até que não aguentei e gozei tremendo todinha. Para Adolfo era a glória.