Marido Deixou O Sobrinho Comer A Propria Tia

visualizações

3 min

Categoria:

Tag:

visualizações

3 min

Categoria:

Tag:

Marido Deixou O Sobrinho Comer A Propria Tia

Marido Deixou O Sobrinho Comer A Propria Tia

– Por favor, volte mais vezes!"Angela tirou o cu do pau do sobrinho e o abocanhou direto, começou a sugar forte, mamava com pressão virando o rabo para o marido.

Acabou que a massagem erótica terminou em um sexo selvagem com minha própria tia. Sou branco, cabelos negros, olhos castanhos e faço academia. Fui, mesmo sem conhecer ninguém do rol de amigos deles, mas me diverti.

Marido: – Com quem?Eu- O vizinho vai trazer um amiguinho de 18 anos que ainda é virgem, pediu para dar um jeito no garoto que sempre broxa nas tentativas. Estou louca para voltar e vou acabar com você!!!Beto ficava enlouquecido com mensagens desse tipo que recebia dela.

Chupou bastante, sabia que ele gostava muito e sempre era um prazer para os dois. Acho que o menino era um pouco tímido e a cerveja (felizmente) o liberou um pouco mais porque nessa hora ele começou a me beijar e enquanto uma mão segurava o meu cabelo, puxando bem de leve, a outra começou (finalmente!) a entrar por dentro do meu vestido, fazendo carinho na minha coxa, entrando mais… eu comecei a ficar excitada e aumentei a velocidade do beijo; ele parou de me beijar e ainda com a mão por dentro do meu vestido pediu a conta.

A festa estava ótima, música boa rolando, churrasco e pessoas interessantes até que chegou um negão de parar o trânsito, meu marido ria e brincava comigo pois percebeu que fiquei vidrada e meu marido desconfiou que esse fosse o negão surpresa.

Disse que tinha muita vontade de comer minha bundinha com o dedo, e que tinha um tesão enorme na minha bunda. Agradeceu por ela ter feito a vontade dele e deixou que ela o chupasse mais uma vez, a fim de deixar o pau bem duro de novo.

Então me virei pra ela e dei um beijo longo e pude sentir meu gosto em sua boca, isso me deixou mais excitada ainda, quase louca ao sentir nosso gozo, que engoli tudo sem deixar nada.