Metendo No Cu E Na Buceta Da Casada Raquel

Metendo No Cu E Na Buceta Da Casada Raquel

Metendo No Cu E Na Buceta Da Casada Raquel

Enfiei de uma vez na buceta.

Meu primo estava realizado, parecia até que tinha acertado na loteria. Se estivéssemos pelados, com certeza a penetraria sem dificuldade naquela posição. Lambia as bolas e deixava o pau ainda mais duro. Se acalma, tá?Eu fiz que sim. Coloco minhas mãos em sua cintura. Abocanhei o pau do Ayan, metendo fundo na minha garganta e mamando como uma putinha profissional, deixando aquela rôla toda babada para entrar sem problemas no meu cuzinho.

E ela voltou com um lindo vestido e diz que esta usando a mesma calcinha e falei para ela levantar o vestido e na parte da frente da calcinha tinha a palavra (P) e na parte de trás uma letra (C) e perguntei o que é P e C e ela me explicou se alguém perguntar ela diria que P de puta e C que ela é casada e adora da o cu. Fiquei animada em mudar a rotina, pensei logo na possibilidade de ter algum colega de treinamento interessante pra um happy hour, quem sabe.

Ai fomos embora, com essa cena na mente.

Quando abri a porta, Alê tava no sofá, já meio sonolenta, reclamou com a voz embolada: – Porra, Raquel! Que demora! Tava dando lá dentro, bicha?! Eu sorri e voltamos pra festa.

Como ainda era cedo e ainda estava com sede, resolvi para num shopping perto de casa e caçar outro cara para me satisfazer…"Estávamos fazendo um trenzinho muito gostoso, quando o Tony falou que iria gozar!! Andréia surpresa falou:– já gatinho?? Então goza na minha boquinha, desfazendo-se assim o trenzinho para Tony gozar na boca de Andréia; Ele gozou muito em sua boca, dava para ver que ela quase não conseguia conter toda porra de boca aberta;"– Vai dizer que você não sente mais tesão por mim?"De vez em quando Meg me surpreendia com algumas saídas “estranhas”, sem falar nada.

Eu tenho algumas outras aventuras que não envolvem ela mas esse conto em especifico é sobre o meu fetiche preferido que foi realizado com ela.