Minha esposa gozando gostoso na siririca

1583 visualizações

42 seg

Categoria:

Tag: , , ,

1583 visualizações

42 seg

Categoria:

Tag: , , ,

Minha esposa gozando gostoso na siririca

Minha esposa gozando gostoso na siririca

Nao pensei duas vezes e comecei a chupa-los! No meio de minhas caricias, eu percebia que o seu grilinho cada vez mais inchava e crescia… procurava por minha lingua, ja implorava por ela! Foi ai que eu pensei… tenho que dar a ela prazer a tal ponto que ela ira se arrepender de nao ter me conhecido antes e por isso nao vai me rejeitar quando souber quem eu sou! Foi ai que dei inicio ao meu trabalho… primeiro estimulei o precioso grelinho, com muito carinho com o meus dentes, depois, de leve, encostei a ponta da minha lingua nele dando inicia ao ciclo das caricias! Primeiro lambia o seu clitoris bem devagar… mas a medida que aumentava o seu tesao e com ele os seus gemidos e suspiros, minha lingua ficava mais rapida se transformando num nervoso chicotinho! Minha lingua, com movimentos bem rapidos, atingia com forca e carinho os mais secretou pontos do prazer feminino! Estava mesmo disposta em satisfaze-la por isso mantive por mais algum tempo aquele cansativo ritmo! Quando percebi que aquele anjo estava com orgasmo eminente retirei a lingua de seu clitoris! Foi nessa hora que aquela bucetinha maravilhosa procurou por minha lingua! Voltei a chupa-la… mais uma vez quando ela ia gozar tirei a lingua, mais uma vez a sua grutinha me procurou! Continuei fazendo a mesma coisa por mais um tempo! Era uma loucura, eu nao deixava o meu anjo gozar! Tomei aquela atitude pois sei que desse geito quando o orgasmo finalmente chega… Pretendia manter o ritmo por mais algum tempo, porem em uma de minhas investidas meu anjinho nao aguentou e no meio de suspiros e gemidos, bem baixinho e com a voz amedrontada ela falou: “por favor, desta vez nao para, pelo amor de Deus!!! Vai ate o final, por favor!!! Meu corpo, que ja estava cheio de tesao, se incendiou mais ainda! Percebendo a tortuta que estava fazendo com ela, resolvi que aquela era a hora… e fui fundo!! Continuei a chupa-la, senti aquela buceta vibrante em minha boca me implorando por mais! Meu anjo gritava: AAAAIIII… NAO PARA,, NAO PARA…EU VOU… Claro que ela nao disse, mas eu nao parei e senti cada contracao de seu gozo, ali em minha boca! Seu gozo veio em ondas, ondas de prazer como eu havia planejado!!! E quanto mais ela gozava, mais eu a estimulava fazendo com que o seu prazer nao acabasse! Ela respondia aos meus carinhos gritando, se contorcendo, gemendo, chorando de prazer! Aquela cena, daquele anjo se debatendo em gozo, me deixou tao alucinada de desejo que acabei gozando tambem, junto com ela! Foi nessa hora que eu parei de estimula-la, pois nao consegui manter o ritmo por causa do meu gozo… mas foi bem na hora, pois ela ja estava esgotada de tanto gozar! Depois comecei a chupar cada gotinha de seu gozo! Depois dei-lhe um beijo na boca para dividir com ela o seu proprio gostinho, ela estava tao esgotada que nem sei como conseguiu me beijar! Passamos um tempo deitadas, abracadas, para que as nossas respitacoes e pulsacoes pudessem voltar ao normal. Ele disse que na hora que entrou parecia que ia rasgar mas depois foi gostoso, que sentiu meu leite dentro dele. Senti meu pau começar a pulsar e ela também, então ela deixou apoio do braço esquerdo e se jogou na cama, apenas com a bunda arrebitada, continuava a siririca para ela e parei as estocadas para não gozar logo, excitei-a por um tempo com a mão em seu grelinho que estava bem estava rijo, sua xoxota, ela estava encaixada em meu corpo pelo cuzinho, com as suas coxas apoiadas na minhas, os braços esticados e os cabelos longos espalhados pela cama, o rosto afundado no travesseiro, então comecei a movimentar de novo, admirando a visão dela em mim e massageava o clitóris dela enquanto metia em seu cuzinho, então ela soltou um grito e gozou loucamente com meu pau no seu cuzinho e senti sua bucetinha encharcar minha mão de novo. estava pingando de tesão, minha esposa gemia e se contorcia e falava,entre suas coxas, abaixou e começou um maravilhoso boquete, chupava comeu e minha irmã estudamos das 7:00hs ás 12:00hs, um dia quando chegavámosDepois do café começamos de novo nossa meterola, ela se ajoelhou diante de mim, devagar foi tirando minha cueca, logo em seguida abocanhou meu pau e começou a chupar, enquanto meu irmão lhe comia o Cu.

Meu pau estava quase estourando de tão duro que estava com toda aquela situação e foi quando minha tia fechou os olhos, abriu bem a sua boquinha pequenininha e foi engolindo aquela tora.