Minha esposa metelona socando na rola do amante

visualizações

3 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , ,

visualizações

3 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , ,

Minha esposa metelona socando na rola do amante

Minha esposa metelona socando na rola do amante

""Minha irmã é completamente linda possui seios fartos e uma bunda de dar água na boca, sempre batia uma em sua homenagem, o que vou contar a vocês aconteceu a 6 meses atrás quando minha mãe arrumou um emprego e passava o dia todo fora, minha irmã estudava na parte da manhã e eu fazia faculdade a noite, portanto a parte da tarde ficávamos à sozinhos em casa,Não sei porque mas tudo foi mudando de repente minha irmã passou a usar roupas mais curtas e eu a olha-la de um modo diferente louco de tesão, passei a reparar também suas conversas no telefone ela conversava muito com uma amiga e de tanto criar descobri que o assunto era sexo, sempre escutava as conversas e isso me dava mais tesão, em uma dessas conversas minha irmã disse que estava com um filme pornô escondido no quarto e que a primeira oportunidade que estivesse sozinha iria assistir, foi ai que me veio a ideia e a chance de comer aquela gostosa da minha irmã, um dia fingi que ia sair mas na verdade me escondi, logo minha irmã trancou toda a casa e começou a ver o filme ela deitada no sofá explodindo de tanto tesão com a buceta toda encharcada e eu escondido vendo tudo escondido, e num ato de loucura apareci de repente na frente dela no início ela ficou meio envergonhada mas pedi que ela continuasse o tesão era tão grande que ela continuou e quando eu vi já estava com a língua dentro daquela buceta toda molhada ela ficou toda nua e eu chupava sua buceta com muita força ela gozou na minha boca e ela gritava…não para, vai, vai meu irmão me chupa… e com a outra mão eu apertava seus seios com vontade chupei todo o seu corpo lambi com vontade seu cuzinho que tinha um gosto adorável dei lhe um beijo de língua molhado e sussurrei no seu ouvido dizendo que era a vez dela, ela me beijou e foi chupando meu peito até chegar no meu pau que estava duro e enorme quase explodindo, ela abocanhou tudo com vontade chupava sem parar deixou ele todo molhado eu disse que ia gozar e eu gozei tudo na sua boca ela tomou toda minha porra sem deixar uma gota sequer, ela me dizia que queria mais e mais, então deitei ela no sofá e enfiei pau pau na sua buceta e comecei a estocar com força gozamos várias vezes, até que ela me pediu pra eu fuder o seu rabo e que ninguém nunca tinha feito isso e que era pra mim ir devagar, ela me chupou pra dar uma lubrificada e eu enfiei o meu pau todinho no cu dela e ela gemia e gritava alto, eu enchi o cú dela de porra, depois fomos tomar um banho e ela me chupou mais uma vez ai falei pra ela sobre tudo o que tinha acontecido e das conversas que eu escutava dela com a amiga, e eu fiquei mais surpreso e com tesão quando ela me disse que as duas transavam deis de os 13 anos as duas tem a mesma idade, e que elas tinha vontade de transarem com um homem observando elas, eu logo me ofereci e minha irmã claro não me negou, bom depois eu relato como foi está transa mas adianto a vocês que não fiquei só de espectador, fizemos de tudo… até a próxima!!!"Até que chegou nele,beijou,lambeu,chupou,dançou com a língua nele,eu gemia de prazer, uivava.

Após alguns dias separados eu e o meu amante reatamos e decidimos matar a saudade ele me levou á uma casa de praia e enquanto ele dirigia eu chupava seu pau, chegando na casa coloquei o biquíni e ficamos na beira da piscina tomando um vinho e conversando sobre algumas fantasias que um dia iremos realizar, entre uma conversa e outra minha buceta ja estava toda babada e ele pegou uma pedra de gelo colocou na boca e começou a me chupar, ahh! Foi uma sensação maravilhosa a combinação da língua quente com a pedra gelada, e não sei o que me deixava mais excitada se era aquela deliciosa chupada com mistura quente e fria ou se era o medo de ser vista pelo segurança que passava á todo instante em frente a casa. Eu agradeci e entreguei o copo de água onde ele pegou juntamente com a minha mão e perguntou da minha esposa, falei que ela só iria voltar a tardinha ou talvez nem voltasse naquele dia.

Mesmo depois daquela gozada maravilhosa, eu ainda fiquei sentada no seu pau, me deitei sobre o seu peito e beijando a sua boca senti o seu pau que foi amolecendo aos poucos dentro da minha boceta, depois de descansarmos um pouco, eu me levantei e novamente comecei a chupar o seu pau com volúpia e com muito carinho, aos poucos ele foi ficando duro novamente, quando eu senti que seu pau estava duro como uma pedra, eu fiquei de quatro e disse já que você me chantageou pra me comer, então você vai ter que me comer inteirinha, vem logo seu safadinho e come o meu cuzinho, que eu estou louca de vontade de sentir o seu pau dentro do meu cu, meu cunhado se posicionou atrás de mim, molhou o meu cuzinho com a sua saliva e depois foi socando o pau bem de vagar.