Minha priminha Siririca gostosa gozando muito na

Minha priminha Siririca gostosa gozando muito na

Minha priminha Siririca gostosa gozando muito na

Bruna não dava nem sinal de vida então decidi descer, cheguei no andar debaixo la estava ela, sentada na cama só estava de pijaminha, um shorts preto bem curto e uma regatinha azul sem sutian, olhando com aquele rostinho lindo e angelical para mim, não me contive e dei um beijo bem gostoso nela, ela pediu que parasse pois bruna poderia acordar eu já estava louco de tesão e com o pau doendo dentro da calça, ela me deixava louco de tesão ela é uma menina linda… dei mas uns beijos nela e comecei a passar a mão no seu corpo, beijar seus pescoço e levantei a regata dela, aqueles peitos eram lindos grandes redondos, comecei a chupar eles e passava a mão em sua bucetinha por cima do shorts, ela estava louca de tesão apertando meu pau…ela tirou meu pau pra fora e começou a chuvar que mamada gostosaaa, estava louco de tesão quase gozando so com ela me chupando a sensação do medo com o tesão é maravilhosa fizemos tudo em silencio pois bruna poderia descer.

Ele tirou a camiseta e pude ver seus músculos por completo e uma tatuagem no peito muito linda.

A sensação era magnífica, jamais imaginária que minha prima era assim tão gostosa.

e novamente me agarrou, não demorou muito para que tirase toda sua roupa, ela estava deslumbrante, com um fio dental branco atolado em sua bundinha gostosa, cai de boca e comecei chupara aquela bucetinha gostosa que ja estava toda molhadinha, ela se retorcia toda de tesão, soltava suspiros de prazer e apenas dizia chupa a titia vai…não demorou para que ela caise de boca no meu pau, tia neide tava muito faminta por pica, chupava com força, parecia engolir meu pau, a coloquei de quatro e comei socar, não demorou para que a vadia se retorcese de tesão e gozase, fui no embalo e gozei na sua bunda também… acabamos nos deitando como se fosse um casalzinho apaixonado, tia Neide parecia estar carente, ficamos um tempo abraçados mas nao demorupara que Nedide caise de boca na minha pica novamente, coloquei em posição e fizemos um 69 maravilhoso,a bucetinha da tia Neide é uma delicia, ficamos um bom tempo nessa posição até que novamente comecei a penetrar, parecia que titia não fazia sexo a um bom tempo, pois não demorou a gozar, mas continuei socando foi uma foda sem limites, tentei penetrar em seu cuzinho rosado, mas naquele momento ela pediu que fodese apenas sua xotinha…prestes a gozar Neide caiu de boca fazendo gozar em sua bela boquinha, aquilo me deixou louco gozei como um touro, no momento o tesão tomou conta de mim e acabei a beijando toda suja da minha própria porra foi uma experiencia muito louca, após isso ja estava no horário próximo de minha priminha chegar, tomamos uma ducha rápida nos despedindo com um belo beijo e fui para minha casa…. Eu perguntei o motivo de ele dizer isso, e ele disse que ele tava louquinho por mim, que queria foder comigo, que desde a primeira vez que me viu ele não consegue esquecer o meu jeitinho e nem o meu perfume, eu argumentei com ele dizendo que não podia rolar nada até porque ele era casado tinha até filhos, e ele me pegou nos braços fortes e quentes dele e perguntou se eu não queria nada nada com ele, ele me prometeu que se eu jurasse que não desejava foder com ele ele me soltaria, e eu não poderia mentir pra ele nem pra eu mesma, então fiquei quietinha enquanto sentia a respiração daquele negro, do sorriso envolvente e do olhar que deixa qualquer mulher com o psicológico abalado, então ele me pôs contra a parede, e me beijou a boca, eu fechei os olhos e me entreguei totalmente, não poderia nem me dar o desfrute de pedir pra parar de interromper por medo de meu papai ou minha mamãe nos pegarem no flagra, estava tão bom aquele clima de escondido é mais gostoso, logo ele parou o beijo e foi descendo a mão, pela minha barriguinha até chegar ao meu capozinho de fusca, que estava repartido no meio pela calça leggin, ele começou a esfregar o dedo do meio da mão dele no vão que a calça fazia na minha xaninha, começou a me masturbar por cima da calça e logo deu pra ele sentir o tecido úmido, ele cheirou o dedo e sorriu, eu fiquei constrangida por ele ver que eu estava molhadinha, mas como não ficar se eu morria de tesão por ele e ele tava tocando uma siririca gostosinha pra mim. De repente, toda a minha excitação e a idéia de transar com ele voltaram à minha mente, me deixando completamente baratinada.