Morena Vadia Pedindo Pra Socar No Cuzinho

visualizações

71 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , ,

Morena Vadia Pedindo Pra Socar No Cuzinho

Morena Vadia Pedindo Pra Socar No Cuzinho

Depois que aquela pica grossa já estava tudo dentro do meu cu, ele socava inteirinho e tirar até a portinha e depois socava de novo, apesar daquela dor horrível, eu comecei a sentir prazer a cada socada que ele dava ai eu pedi pra ele socar mais rápido e com mais força, meu sogro dava tapas na minha bunda, me chamava de gostosa e falava que o meu cu era uma delicia, de tanto ouvir pavões e sacanagens, eu entrei em transe e gozei como nunca havia gozado na vida, rapidamente ele tirou o pau do meu cuzinho e gozou na minha boca, fazendo com que eu bebesse toda a sua porra, depois nós tomamos um banho bem gostoso e ele me deu uma carona até a minha casa e durante quinze dias seguido, depois do banho, eu ganhava uma carona ……. Meu marido pegou um vidrinho de gel e melou meu cuzinho. "como relatei aqui pra vocês no primeiro conto, eu fodi minha chefe;-Depois de um banho maravilhoso conversamos um pouco e ela me elogiava muito dizia que jamais acha que eu iria faze ela se achar mulher de novo, eu também a elogiei bastante e fiz algumas caricias nela que logo despertou meu pau deixando ele durinho, ela falou que queria da pra mim mais uma vez eu apena a deitei na cama e já comei a chupa-la que delicia aquela buceta bem raspadinha pequenininha,lábia, enfiava um dedo depois enfiei dois ela gemia feita uma louca, depois diz um 6X9 ela mamando meu cacete e eu aproveitei pra dar umas dedadinha naquele cuzinho, ela não reclamou e eu pensei agora vou concretizar meu sonho vou comer esse cuzinho que parece que nunca foi fudido, mais uma vez a coloquei de quatro e comecei a bobar naquela buceta, dessa vez eu a xingava de vadia gostosa, putinha, safada, depois de muito xingamento e tapas naquele rabo, eu com o pau dentro dela fui no ouvido dela e falei sabe o que eu quero agora chefinha?-ela falou pede meu safado, hoje eu sou sua seu filha da puta, o que você, fala?-eu falei eu quero foder seu cuzinho quero ele pra mim!-ele falou come seu cachorro, eu adoro da ele, aquele corno do meu marido não gosta de foder ele…– eu sem pestanejar dei uma cuspida na entrada do cuzinho dela, e continuei metendo o pau na buceta dela, ela rebolava muito e gritava fode tarado, come sua chefinha come, eu sei que você sempre quis me comer, sua cara não nega, eu falei sempre mesmo, e dai tirei o pau da buceta dela e coloquei na entrada do cuzinho dela, ela se ajeitou melhor e foi se curvando pra traz, ela mesma fez questão de deixa o pau entrar devagar nela, e me perguntado se eu estava gostando eu apenas gemia e fala safada, cachorra, quando entrou tudo eu comecei a bombar forte, ela falou vai seu safado filha da puta eu vou goza vai, mete, come, vai, arregaça tudo, sentir ele tremer, foi quando ela falou gozei… dei mais uns tapas naquela bunda e socava forte já não aguentava mais e queria gozar dai não aquentei e acelerei as estocada quando apertei aquela bunda bem forte e explodi todo gozo dentro daquele cuzinho…foi maravilhoso comer minha chefe, não estou na mesma sessão que ela mas direto saímos pra almoça e dar umas trepada, já tem 4 meses que como ela e ela sempre maravilhosa, disse pra mim que ate o casamento dela melhorou depois que começamos a sair r o que mais admiro nela é que ela é do tipo de mulher que é uma dama na sociedade e uma verdadeira puta na cama!!!"Ela parou de exitar e voltou a ficar de 4 abrindo a bunda -Entao coloquei a rola novamente no seu cu e começei a ir e vir naquele cu novamente"Eu: vai devagar…Daniel: ok, só dessa vez"Marcela, Marlene e Marta, trancadas no seu cativeiro, presas com correntes à cama, há cinco dias, sem sofrerem novas agressões, davam graças ao Senhor, mas por outro lado, estavam sem se alimentar todo este tempo.

"Oi meu nome é Hemilly! Tenho 20 anos, sou morena, seios fartos e uma bunda grande (como muitos dizem da inveja em todos).

ENQUANTO A TOCAVA EU A BEIJEI E ELA GEMEU ME PEDINDO PRA EU FAZER ELA GOZAR DESCI SUGUEI SEU SEIO E FUI ATE A SUA BUCETA MOLHADA LAMBENDO E SUGANDO AQUELE DOCE SUCO QUE DESCIA DELA PRA MINHA BOCA QUE SABOR MARAVILHOSO ELA TINHA.