Namorada Bate Punheta Pro Amigo Roludo

Namorada Bate Punheta Pro Amigo Roludo

Namorada Bate Punheta Pro Amigo Roludo

Que delícia! Firme, branquinho, com a auréola da mesma cor da pele. estava pulsando de tesao e duro como pedra não resiste e comecei a bater uma punheta para ele enquanto ele chupava meus peitinhos quando estava no auge do tesão me baixei e começei a chupar aquele cacete como nunca chupei ouvia seus gemidos de tesão aquilo foi me dando um tesão absurdo.

Ficamos ali conversando o tempo passando minha namorada disse que iria tomar banho e se deitar. Como demorei alguns dias pra voltar essa cena acabou se repetindo todas as noites daquela semana, sempre o mesmo negão roludo, mas o parceiro dele era um diferente toda a noite, durante o horário de serviço e também fora dele, pelo jeito o quartel inteiro queria fazer festa com minha esposa, e eu muito excitado pude presenciar tudo.

O amigo encapou a pica, me colocou de 4, arrancou minha calcinha, apontou o pau no meu cuzinho e foi enterrando sem pressa (do jeito que eu gosto).

Ele sabia que se olhasse para aqueles peitos mais uma vez iria gozar por isso a virou, cavalgando de costas.

"– Poxa ainda bem que você não queria me atropelar, fico feliz em saber que foi um ato culposo e não doloso! – Essa faceta cretina minha sempre aparece em situações onde não sei como agir, ou falar, mais fácil atacar do que se defender!"Queridos, estou de volta para mais um conto sobre uma das minhas aventuras. Dizia que nao tinha  frescura, que adorava lamber um cú e agora eu  precisava ver se aquilo tudo era real, se a química iria dar certo. gente que sensaçao fiquei estatico depois que ela me contou tudo isso pois ela disse que nese dia foi so nao rolou pau na buceta coisa que rolaria depois de trinta dias,pedi a ela que a deixa sse fodela e nao aguentei mai que vinte minutos metendo nela de quatro inundei a buceta de minha esposa omaginando tudo que ela me contou ate aproxima gente,,,""-NÃO.