Negra Brasileira gravou video se masturbando e caiu na Net

714 visualizações

1 min 17 seg

Categoria:

Tag: , , , , ,

714 visualizações

1 min 17 seg

Categoria:

Tag: , , , , ,

Negra Brasileira gravou video se masturbando e caiu na Net

Negra Brasileira gravou video se masturbando e caiu na Net

Lá foram os três e, mal chegaram, elas colocaram os biquínis, ele colocou a sunga e foram para a piscina.

Clarice acordou, sorriu ao ouvir o barulho do chuveiro e resolveu fazer um videotape do que acontecera no dia anterior, só trocando as posições.

Eu já vinha percebendo que quando estávamos na praia com roupas de banho ele estava sempre olhando meu corpo e algumas vezes ficava bem excitado.

O tempo foi passando e dois dias depois lembrei que ela iria voltar e pensei, será que ela conseguiu se soltar? minha secretária ligou avisando que a Ana já estava lá, mandei entrar!Quando ela entrou quase não acreditei! que mudança de uma menina toda coberta a uma menina muito sedutora mesmo que involuntariamente, Ana estava com uma calça de acadêmia preta o que destacava seu quadril e dava pra ver a marca da pequena calcinha e uma camiseta de banda caída no ombro o que dava pra ver o volume do seio.

A garota que estava la no fundo, sozinha se masturbando, também se manifestou, passando por cima das amigas – Da licença, queridinhas, esse pão é meu também! Era a garota do bar, a putinha do inferno, que chegou ja colocando moral em todas elas.

Ela quedou-se no meu rosto e os seus lábios tocaram nos meus e naquele momento em que a senti perto de mim, com ambos os lábios a tocarem-se, electricidade a percorrer o meu corpo, eis que ela começou a descer os dedos pelo meu pauzorro a arder. Andréia foi lá e começou a chupar o cuzinho de Tony que fez milagrosamente um 69 comigo me sem se esquecer de limpar o meu rabinho melado com sua própria porra;Desliguei o telefone, era o marido dela, um oficial de alta patente da marinha brasileira, 3 seguranças pessoais e diversas armas para proteção pessoal, típico militar autoritário ciumento e machista, e além de tudo, corno.

Carlos (em belo negrão de um 1:80 de altura), Claudio e Pedro (obviamente que são nomes fictícios).