Nesse porno gostosa muito safadona tocando siririca com paciênte de recife – pe

visualizações

4 min

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , ,

Nesse porno gostosa muito safadona tocando siririca com paciênte de recife – pe

Nesse porno gostosa muito safadona tocando siririca com paciênte de recife – pe

vi a Safira saindo devagarinho com a mão na boca… Safadona entrou no banheiro e eu nem me apercebi, esteve me espiando e eu me esporrei todo pensando nela. Consegui umas férias,já que ficava me dividindo entre o trabalho e os cuidados dele,e bem no início de outubro fizemos uma viagem pra Recife,onde mora minha tia Aline.

Coloquei o pau pra dentro da calça, subi, ele me beijou e falou agora vc pode ir, já tem a porra do seu macho!Entrei no carro e sai, em seguida mandei mensagem “me encontra no motel, que quero no cuzinho, da sua gostosa”.

– “Tarefa? Comigo? Oba, o quê vai ser?”– “Ah, minha amiga… você aprendeu quase tudo nesse final de semana… Mas falta ainda dar esse cuzinho. Estávamos numa espécie de transe, de olhos fechados, e quando os abrimos, Thais também estava em uma maravilhosa siririca, roçando a bucetinha encharcada na quina da mesa.

Aquele seria o único momento em que ficaríamos sozinhos em casa e quando os dois saíram foi espiá-la pelo buraco da fechadura quando tive uma grande surpresa ! Ví minha tia com a calcinha arriada até em baixo e tocando uma gostosa siririca de cócoras na privada.

Sou casada a uns 10 anos, e de um tempo para cá meu casamento foi ficando sem graça acho que caiu na rotina, meu marido foi meu primeiro homem, e com o tempo começamos a nos desentender bastante, principalmente na hora do sexo, pois ele começou a assistir filmes pornô comigo, só que sempre era de vários homens comendo uma só mulher, depois começou a fantasiar nos dois e mais um ou dois homens me comendo junto com ele e acabou que eu me sentia mal com aquilo, pensava um monte de besteira, até que um dia brigamos feio e ele saiu de casa disse que iria passar uns dias no outro apartamento que tínhamos para esfriar a cabeça.

Eu nunca tinha dado o cu mas ele estava me deixando com tanto tesão que me deixou com vontade de dar o cu, então eu pedi pra ele meter devagar no meu cuzinho, e ele atendeu o meu pedido foi enfiando bem divagar enquanto me masturbava, estava sentindo dor mas tbm tava com muito tesão deixei ele colocar tudo, quando ele conseguiu colocar tudo eu já tava acostumada e não sentia mais dor só prazer, então ele começou a meter no meu cuzinho comigo de quatro, puxando meu cabelo e com a outra mão no meu clitóris me masturbando e ele falava: ai amor que cuzinho gostoso, vc tem uma bunda tão grande e um cuzinho tão apertadinho você é muito gostosa, e eu so gemia cada vez mais alto ahhhhhhhhhhhhhh ahhhhhhhhhhhh hummmmmmmmmm, não conseguia falar nada tava tudo tão gostoso que eu n consegui pensar em palavra nenhuma.

– Meu pai não lhe contou que sou gay? – Digo eu impaciente.