Ninfeta gozando na siririca – www.xvideosnovinhas.club

visualizações

1 min 14 seg

Categoria:

Tag: , , , , ,

visualizações

1 min 14 seg

Categoria:

Tag: , , , , ,

Ninfeta gozando na siririca – www.xvideosnovinhas.club

Ninfeta gozando na siririca – www.xvideosnovinhas.club

Antes que Nina gozasse, Julieta fez questão de cavalgar o belo pau do genro.

muito tirei sua camiseta e sutiã e cai de boca naquele lindo seios que delícia se bicos que ficaram furinhos na minha boca fazendo ela gemer gostoso, logo ela arrancou toda minha roupa fazendo uma Linda chupeta no meu pau que deixou ele todo babado, nesse momento ela já estava só de calcinha, tirei sua calcinha e coloquei minha língua só no seu grelinho que fazia ela or aos céus gemendo nesse momento meu pau estava latejando não aguento subi em cima e no papai e mamãe metemos gostoso eu chamava ela de minnha delícia safada e ela gemia até gozar gemendo e rindo como não tinha gozado pedi para ficar de 4, que delícia que imagem gostosa ver aquele bundão pro alto, coloquei meu pau dentro socava gostoso e batia no seu bundão chamando de gostosa, ela gemia e pedia vem vem goza para mim, não tive dúvida gritei que tava gozando e gozei como muito não fazia, caímos deitado lado a lado nos beijando e trocando carinhos, passou uns 10 minutos tomamos banhos e fomos embora.

E deu umas chupadas no grelo dela. Enquanto um era massageado, outro mamilo ela lambido e chupado sem dó nem piedade. Ela gemia e me mandava meter mais. Lamentei o desperdício daquela porra, que nem pude sentir no meu rabinho carente.

VG ficou frustrada e com um objeto fino empurrou a chave que tampava a fechadura, para saber o que acontecia:– CHILNG, CHLINGVG estava encrencada.

Minha ousadia aumentava na mesam medida do meu tesão por ela. Tomei então o controle da situação e fiz o que quis.

Chupei o cu dele por um bom tempo até que ele virou e me beijou outra vez, pedindo pra sentir o gosto do cu dele. ai eu comecei a me acariciar, sem saber que isso era se masturbar, eu era muito inocente ainda. – “Ah, safadinha…”, brincou Marcos, satisfeito por fazer a ninfeta entrar no assunto.

Eu não resistia e acabava batendo um siririca.