Noiva chupando pica de outro cara

1 min 38 seg

Categoria:

Tag: ,

visualizações

1 min 38 seg

Categoria:

Tag: ,

Noiva chupando pica de outro cara

Noiva chupando pica de outro cara

que de repente se levantou e já foi esfregando a cabeçona no cuzinho dela, que gemia muito me chupando e me fazendo delirar.

Ela no começou reclamou que estava doendo, mas depois começou a dizer: Vai gostoso, enfia toda essa piroca gostosa e rasga a minha buceta, que pica gostosa que você tem.

Daniel: humm, não quer desperdiçar nenhuma gota né, safada– Vai? – Ela respondeu, quase sem conseguir falar.

ela se trocava no quarto coma porta aberta, e quando ele passava acabava vendo ela se de sutiã. A Nicoli sabia o que estava fazendo, subiu em cima de mim de camisola, com os peitos pra fora e a bucetinha aparecendo, eu pensei que ela não iria me chupar, que iria sentar direto em cima do meu pau, mas ela começou a rebolar, esfregando a bucetinha dela, aos poucos ela foi me beijando e começou a descer com a boquinha rumo ao caminho da felicidade, chupou meu pescoço deixando uma marca para lembrar no outro dia, lambeu meus peitinhos e desceu até meu pau, foi quando os 30 segundos mais longos da minha vida começaram.

Andressa me pegou pela pica tirou a camisinha e levou até a boca de Mauro e deitou de barriga para cima por baixo dele e ficou lhe chupando a pica e com a buceta na cara de Mauro que chupava minha pica depois chupava a buceta e hora pegava minha pica e enfiava na buceta de Andressa.

ABRIMOS LUGAR E VIMOS UMA FILA DE CARAS QUE ESPERAVAM SUA VEZ PARA SER CHUPADO POR OUTRO GAROTO, MELISSA ESTAVA ENCANTADA COM TUDO QUE VIA. Logo em seguida Fernando jogou-a na cama, subiu em cima dela e começou a beijá-la, primeiro a boca e depois foi descendo até chegar em seus peitos fartos, foi descendo mais ainda dando Beijos em sua barriguinha.

Chupei toda e ele varria a língua na minha xoxota.

"Por volta das 17h minha noiva, a mãe dela e da Julia, disse que voltaria pra casa arrumar as coisas para churrasco a noite, eu e Julia quisemos ficar um pouco mais e voltaríamos depois. Com a outra mão, eu a “puxei” pela cintura, ela demonstrou não se incomodar com o modo como eu a tocava.