Nosso Ator Dotado Destruiu O Cu Da Mulher Do Corno

visualizações

37 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

visualizações

37 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Nosso Ator Dotado Destruiu O Cu Da Mulher Do Corno

Nosso Ator Dotado Destruiu O Cu Da Mulher Do Corno

""Eu me vesti e mandei ele arrumar a roupa dele pra ir embora.

Ela respondeu com um tá certo, sem muita convicção, deu uma risadinha de lado e falou que se eu mudasse de ideia ela poderia falar com Jonas, segundo ela, um homem lindo, carinhoso, bem dotado e muito bom de cama, que eu iria adorar. T – espera pra ver o do Carlos!G – porque? é grande?"-O corno gosta de ti ver dando puta? É boa essa loira vadia, heim CORNO! A buceta da tua mulher é maravilhosa. Amparando o saco com as duas mãos, abocanhei o bicho, que começava a crescer, pulsando em minha boca. Eram todos bem inexperientes, mas não sei se eram virgens. Escrevemos nossos nomes em papeis e Djalma ficou de pé na cama e jogou os papéis pra cima e pegou um no ar;ele leu efalou:- Hummmm,Anderson prepara a bundinha! E o mesmo ficou puto e gritou uma porraaaa!!!E falei,tem que cumprir,cara!Ferreira foi na nécessaire e pegou um creme hidratante pós barba e mandou Anderson se preparar.

Minha namorada Bárbara, nunca gostou que eu me masturbasse,questionava o porque de fazer já que ela fazia tudo o que eu pedia na hora do sexo para que eu não passasse vontade e eu sempre respondia que era normal,coisa de homem,ela dizia que não conseguia entender pois suas amigas diziam que seus namorados faziam o mesmo,falava:Porque todo homem se masturba mesmo tendo mulher,etc. Ele tirou a mochila das minhas costas e colocou no chão, eu acariciava o corpo gostoso até ele direcionar minha mão para o volume nas calças…. Sem explicar eu estava de Pau duro, totalmente tomado por um tesao incontrolavel. Ai ela começou o sobe e desce bem devagar em quanto o frade a beijava e suas línguas se enrolavam.

Senti-me a puta mais vagal daquela noite. Ela agradeceu e me questionou se ela iria beber sozinha, se eu não iria acompanhá-la. – Olha como você me deixa, Marcio – disse ele, com a voz rouca de tesão.