Novinha com muito tesão na siririca

visualizações

1 min 0 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , ,

visualizações

1 min 0 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , , ,

Novinha com muito tesão na siririca

Novinha com muito tesão na siririca

-Ah é isso que o negão quer é? Não se contenta só com a loirinha? Precisa da mamãe pra gosar?"Como tinha compromisso de trabalho, deixei-a no Flat que havia reservado e ela com a cara mais safada, disse que iria telefonar para ele e pedir que fosse até lá.

Fez um sinal rápido para ele de que havia gente na casa, ele entendeu e entrou sem fazer nenhuma gracinha. Aos poucos a dor foi transformando-se em um agradável calorzinho, na medida em que fui relaxando ficou gostoso e eu comecei a sentir sensações novas, era a mesma sensação dez vezes maior que minhas solitárias siriricas, assim sem controle dei um longo gemido e papai voltou a carga. No meu trabalho entrou uma novata, novinha, muito bonita e daquelas que quando bem estimulada topa qualquer coisa, nos conhecemos e fomos nos aproximando aos poucos, nunca menti pra ela sempre disse que era casado, mas mesmo assim não conseguíamos ficar longe um do outro, ela sempre me provocando e eu resistindo, um dia ela faltou no trabalho, quando estava na hora de ir pra casa ela me ligou, disse que queria falar comigo com urgência, liguei pra minha casa e avisei que chegaria mais tarde.

junto com a sua calcinha e joguei-as para longe e enfiei meu tronco na sua bucetinha que piscava querendo dar fazendo uma tesoura, enquanto lhe deixava louca de tesão, apertava lhe os enormes seios com muita vontade, ela gemia alto, mas não tão alto quanto os verdadeiros urros que Mr.

Castanho escuro e sempre com barba por fazer, era um homem grande, mas sempre muito respeitoso e dedicado ao trabalho.

– Nnnnãããooo… não é proibido não, pode fazer sim.

Quando ele me passou o endereço fiquei pasmo porque era muito perto de casa e fiquei ate com medo de ser conhecido da minha família mas como ele disse os dois estávamos na mesma situação.

Minha mãe, completamente descontrolada, esfregou o rosto naquele monte, mordeu, lambeu, beijou, até que com os dentes começou a descer a sunga.