Novinha Rabuda Dando Gostoso

17 min

Categoria:

Tag: , , ,

visualizações

17 min

Categoria:

Tag: , , ,

Novinha Rabuda Dando Gostoso

Novinha Rabuda Dando Gostoso

"Eu sou a Vera e sou filha de japoneses, tenho os olhos puxados, uma pele linda e um corpo maravilhoso, sempre fui muito assediada e já recebi varias cantadas de amigos e até de parentes, eu sei que o que mais chama a atenção dos homens é a minha bunda, que é bem redondinha e arrebitada, todos dizem que sou muito gostosa, eu já tive vários namorados e hoje eu sou casada, com um rapaz bem novinho de apenas vinte e um anos, eu também sou muito novinha, mas apesar dele ser um homem novinho, ele é muito inexperiente em relação a sexo.

Isso porque, nas noites encaroladas, a gente tomando muita cerveja na cobertura, ficávamos sempre muito à vontade, Meg com shortinhos e camisetas transparentes, ou então dando lances maravilhosos dos seios, eu e ele só de bermudas, e, invariavelmente, o assunto sexo chegava. Eu e a minha irmã, estávamos fantasiadas de colegiais, que era uma sainha xadrez bem curtinha, uma mini blusa branca, desabotoada e só amarrada na cintura, meu marido estava fantasiado de marinheiro, ele não largava da cinturinha da minha irmã e como os homens dizem, ela estava um verdadeiro tesão, tinha muita gente no bloco e estava muito apertado, todo mundo pulando, cantando e bebendo, aquilo estava uma maravilha, mas eu sentia muitas mãos pegando na minha bunda e apertando os meus seios, então reclamei com o meu marido e falei vamos sair daqui, ele começou a rir e me disse, calma amor hoje é carnaval, hoje vale tudo. Pegou na bolsa e começou a passar nos meus pés. Sentei naquele pau até cansar, depois o gostoso me colocou de quatro e me fodeu de forma selvagem até que nós gozamos juntos em uma sintonia inexplicável. -Ahhhhhh – Foi tudo o que ele conseguiu dizer no momento, e assim que recuperou o fôlego me chamou novamente de puta e repetia sem parar :– Aí que delícia, vai rebola mais, sua puta rabuda, vai, vai, isso, rebola essa buceta no meu pau vai.

Começou a enfiar o dedo na buceta dela.