Novinha Safada na Siririca

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , , ,

visualizações

2 min

Categoria:

Tag: , , ,

Novinha Safada na Siririca

Novinha Safada na Siririca

A esta altura Kelly tocava uma siririca maravilhosa, e, pegando meu caralho lambuzado, o engoliu dizendo que queria sentir o gosto íntimos de minha comadre.

No que ele prontamente afirmou que estava com a geladeira repleta de bud gelada, e perguntou se aceitaria tomar com ele. Logo min deu uma ideia vou ficar falando que quero que ela faça um boquete pra minEu Adalgisa tu quem fazer uma coisa pra minCom a carinha de safada ela disse o que e abiesonAdalgisa faz um boquete pra minEla onde vamos fazer logo tinha uma casa abandonada numa rua na nossa frete da gente eu vamos La que eu vou te mostra o presentinho que tenho pra você prima.

Aproveitei e comprei também um creme lubrificante a base de água, práprio para lubrificaçao anal, quando entrei no quarto minha mulher estava se divertindo chupando uma pica deliciosa e sendo chupada na bucetinha, não me contive e pedi pro travesti enfiar na buceta dela(depois minha muher me ontou que já havia gozado no cacete do travesti antes de minha chegada), minha mulher ficou de quatro e o travesti enfiou tudo na bucetinha dela enquanto eu lubrifiquei seu cuzinho e meti tudo nele.

– Sabe como é… seu avô é teimoso… por que não ficou aqui na rede da varanda lendo? Tudo aqui é silêncio! Ninguém o perturbaria! Mas não, tinha de ser lá longe! Se ele passar mal, eu não vou poder acudir, não consigo mais andar depressa nessa distância grande.

No meu trabalho entrou uma novata, novinha, muito bonita e daquelas que quando bem estimulada topa qualquer coisa, nos conhecemos e fomos nos aproximando aos poucos, nunca menti pra ela sempre disse que era casado, mas mesmo assim não conseguíamos ficar longe um do outro, ela sempre me provocando e eu resistindo, um dia ela faltou no trabalho, quando estava na hora de ir pra casa ela me ligou, disse que queria falar comigo com urgência, liguei pra minha casa e avisei que chegaria mais tarde. Putas realmente conseguem ter olhares apaixonados? Pouco me importa, eu queria era o olhar apaixonado daquele garoto, queria tocar o liso cabelo castanho como uma madeira velha, joga-lo atrás da orelha e pegar naquela nuca e joga-la violentamente contra mim, para boca encontrar boca.