Novinha safadinha tocando siririca

57 seg

Categoria:

Tag: ,

visualizações

57 seg

Categoria:

Tag: ,

Novinha safadinha tocando siririca

Novinha safadinha tocando siririca

Começamos a nos divertirela me aranhando mordendo e as vezes uns tapas na caraate que um dia eu decidi que ia agarrar elae no meio disso descobri que ela tinha namoradomas ele nao importa ele e um corninho mansodepois disso eu ia com ela ate a esquina da casa dela que ficava perto da minha e um dia eu fui abrasala e cheguei beijando ela assegurou meu rosto e empurrou me para tras e arranhou meu queixoe ai agente se foi para casa eu para minha e ela para a delae quando cheguei em casa vi que tinha uma chamada perdida em meu celular era dela mesmo eu nao tendo o numero dela eu sabia pois ninguem me ligava naquela epoca sem ser minha maeai eu liguei para ela e ela atendeu nos comversamos ate mais ou menos as 4 e meia pois ela tinha que buscar o irmãozinho dela na escola e eu de brincadeira pedi para ela vir em minha casa que ficava na ida para a escola e ela falou que viriadepois disso ela veio eu abri a porta dei um abraço e ela fechou a porta com força e me agarrou com tudo e depois me jogou no sofáeu fiquei excitado so de ver ela daquele jeito muito deliciaela com um shortinho jeans bem coladinho e uma blusinha brancaela sentou em meu colo e começou a me beijarpeguei e comecei a massagear os seios dela ela ficou exitada , comecei a lamber aqueles peitos com vontade dando umas mordidinhas de leve nos mamilhos e ouvindo ela gemer de tesãoela começou a me arranhar nas costas pois eu estava sem camisalevei ela para meu quarto no colo arranhando cada vez mais fortedeitei ela na minha cama tirei a blusa dela e o shortinho jeanse tirei a calcinha de oncinha que ela estava ,comecei a chupar aquela pepekinha deliciosaela começou a gemere me puxou pelos meus cabelos que nessa epoca erao pelo pescoçome deu uma mordida forte no pescoço e me colocando deitado na camae subindo em cima de minai ela tirou minha calça e começou a lamber dez do meu pescoço ate meu umbigo pegou meu monstro do jeito que ela chamava e falou me arromba seu gostosoe pegou e foi sentando de vagarzinho nele foi fazendo uma carinha de tesão e arranhando todo meu abdômen foi quando tirei um chicote de baixo do meu travesseiro ela ficou com mais uma cara de safadinhame olhando e quase nao aguentando de tanto tesao com a minha rola quase toda dentro da bucetinha dela. Na cama ele só faz sexo na posição de papai e mamãe e quando eu começava a me esquentar, ele já tinha gozado e sempre me deixava na mão, quando eu pedia pra chupar o seu pau, ele ficava bravo e não deixava, mesmo quando eu oferecia o meu cuzinho pra ele comer, ele brigava comigo e falava, que isso era coisa de puta, que mulher direita não fazia isso, eu morria de vontade de dar uma boa gozada e era obrigada a me masturbar sozinha o tempo foi passando e a cada dia que passava, eu ficava mais carente e angustiada, as siriricas que eu batia, já não estavam mais fazendo efeito. Um dia, rolando um clima já no corredor, passa a novinha do nosso lado enfurecida. Eu estava em êxtase com tudo e a noite estava apenas começando, dançamos e bebemos e voltamos para o labirinto, entramos numa sala grande com sofás em todas as paredes e um Puff alto no meio dela, Charles me sentou no Puff e foi logo caindo de boca em mim, aquela língua passando no meu grelinho em movimentos circulares, forçando a entrada, como estava gostoso, se tem uma coisa que ele faz com vontade é me chupar, eu estava aproveitando muito tudo aquilo, logo começou a chegar gente e ficou ainda mais gostoso, varias mãos me acariciando, varias bocas me tocando, nossa como tudo era gostoso e já estava chegando lá Charles parou e veio me beijar com o rosto coberto pelo meu mel, eu implorei para ele terminar ou me fuder, queria muito gozar de novo e ele foi puxando um cara q estava perto e disse; – Você já chupou ele, agora deixe ele aproveitar sua bucetinha deliciosa.